21.4 C
Belo Horizonte
dom, 25 fevereiro 24

No Dia Nacional da Patagônia, indicação de cinco passeios

Experiências na natureza incluem paisagens das cordilheiras, observação de baleias, passeio de barco e trilhas

A indicaçao de cinco atividades com paisagens inspiradoras na Patagônia argentina, em comemoração ao Dia Nacional da Patagônia, celebrado em 11 de outubro. Nessa data, em 1878, a região foi transformada em província, status legal que vigorou até 1884, quando seu território foi dividido entre várias outras províncias.

“Como empresa líder em viagens, estimulamos os viajantes a conhecerem lugares como a Patagônia argentina, onde a natureza é protagonista. Consideramos fundamental incentivar o turismo responsável para que cada visita seja feita respeitando e cuidando do ecossistema”, destaca Josefina Schaer, head de Assuntos Corporativos e Sustentabilidade da Decolar.

Confira a indicação de passeios e atividades na Patagônia:

  • Rota dos 7 lagos (San Martín de Los Andes)

É um percurso de 107 km que liga as cidades de Villa La Angostura e San Martín de los Andes, conhecido por suas montanhas, lagos, rios cristalinos e florestas que compõem uma paisagem imperdível para quem visita o sul do país. Na Decolar, o viajante encontra um passeio guiado para San Martín de los Andres pela Rota dos 7 Lagos a partir de R$ 357 reais por pessoa, que tem uma duração de 10 horas e inclui transporte de ida e volta.

  • Península Valdés e observação de baleias (Puerto Madryn)

Nesta excursão, os viajantes poderão visitar a Península Valdés, declarada Patrimônio da Humanidade, que abriga diversas espécies únicas. Estas têm ali condições ideais para viver e se reproduzir. A experiência inclui a observação de baleias em seu habitat natural, além de um almoço em Puerto Pirámides ou Caleta Valdés. Na Decolar, a atividade custa a partir de R$ 702 reais por pessoa e tem uma duração de 10 horas, com reserva flexível.

  • Passeio de barco a Ilha Victoria e Floresta de Arrayanes (Bariloche)

Com paisagens cinematográficas, a viagem à Ilha Victoria consiste em um passeio por águas cristalinas, que termina na Floresta de Arrayanes, local ideal para quem gosta de caminhar por trilhas com árvores centenárias. Além disso, há paradas para conhecer o viveiro de coníferas, desfrutar dos mirantes e visitar a Playa del Toro, onde podem ser vistas pinturas rupestres. A Decolar oferece essa experiência com guia e transporte de ida e volta, com duração de aproximadamente 5 horas e custo a partir de R$ 521 reais por pessoa.

  • Excursão ao Vulcão Lanín e Lago Huechulafquen (San Martín de los Andes)

Ao longo deste caminho, os turistas percorrerão a cidade de San Martín de los Andes para conhecer a cultura mapuche, as oficinas de artesanato e o Lago Huechulafquen, considerado o maior do Parque Nacional, onde também poderão admirar o imponente vulcão Lanín. Também há paradas em mirantes que permitem apreciar a cordilheira e as geleiras.

  • Tour à Geleira Perito Moreno (El Calafate)

Esta aventura convida os viajantes a conhecer a geleira mais famosa da Patagônia Argentina. Em cenário exuberante, com enormes blocos de gelo, a experiência comprova porque a atração, com área de 195 km2, foi declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Na Decolar, a atividade está disponível com guia opcional, dura 9 horas e custa a partir de R$ 621 reais por pessoa.

Posts Relacionados

Aulas de Cozinha Interativa do Senac neste sábado

A Faculdade de Gastronomia do Senac em Belo Horizonte,...

Para o Dia da Ressaca, receita de Mocotó do Divino

A receita leva ingredientes de baixo custo que ainda...

Portugal recebe Fartura Brasil, primeira edição do ano

Desde 2017, o Fartura – Gastronomia do Brasil passou...

Vila Galé participa de roadshow na Espanha

A Vila Galé iniciou nesta segunda-feira (19) um roadshow...

Elba Ramalho e Geraldo Azevedo em show gratuito

O Sesc Mesa Brasil Musical, projeto que une música...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui