19.8 C
Belo Horizonte
seg, 27 maio 24

O que fazer em BH e região em maio? Veja programação

O principal destaque é o famoso Churrasco do Cruzeiro, que reúne pagode, open bar e ainda uma resenha com o mestre Zeca Pagodinho

Reunimos inúmeras opções do que está acontecendo em BH e região em maio, para que você possa explorar a programação cultural mineira. Disponível para todos os gostos e estilos, confira qual combina mais com sua personalidade e já se programe para não perder nada.

Churrascão do Cruzeiro – O lendário Churrascão do Cruzeiro voltou. A 36ª edição do Churrasco do Cruzeiro, considerado o mais famoso de Minas Gerais, acontecerá dia 18 de maio, a partir das 20h, no Cruzeiro Esporte Clube. O evento reunirá muito pagode, open bar, carne, resenha com o mestre Zeca Pagodinho e muito mais. Os ingressos podem ser adquiridos por meio da plataforma Sympla neste link.

Show Pé de Sonho – O Pé de Sonho realiza seu 1º show em 2024, recheado de novidades. Com a temática “Canções que te tocam (e que a gente não toca)”, o grupo apresenta, além dos seus sucessos, canções de seus três CDs que não são tocadas nos shows. O público ainda poderá escolher algumas dessas canções pelas redes sociais. Dessa forma, junto a Bicho de Bocão e Rock da Barata, poderão estar músicas como África, Mistérios da Floresta e Peixe, Peixinho. Haverá também dois lançamentos, são eles: uma canção inédita e uma animação. A diversão acontecerá no dia 01 de maio, a partir das 16h, no Sesc Palladium. Os ingressos podem ser adquiridos via Sympla neste link.

ABBA – Um dos maiores fenômenos da música pop mundial, ABBA THE SHOW, chega em Belo Horizonte no dia 03 de maio de 2024 (sexta-feira), com a tour comemorativa dos 50 anos de “Waterloo” pelo Brasil e participação de membros da Orquestra Sinfônica Nacional de Londres. Os ingressos podem ser adquiridos via Sympla neste link.

Alcione 50 anos – Ao completar 50 anos de uma vitoriosa trajetória, Alcione preparou uma série de eventos comemorativos com o propósito, exclusivo, de celebrar esse antológico meio século de dedicação e amor à Música.  Além das turnês, pelo Brasil e exterior que são um revival da carreira, a artista gravou um audiovisual, com seus principais hits, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. O show será realizado no dia 04 de maio, na Arena Hall, a partir das 21h. Confira mais informações por meio da plataforma Sympla neste link.

Alceu Valença – Alceu Dispor, o novo show de Alceu Valença, coloca à disposição do público uma avalanche de sucessos, consagrados por todos os cantos do país, com números de acesso maiúsculos nas plataformas de streaming. Ao lado de sua banda, o cantor interpreta músicas como Anunciação, Tropicana, Coração Bobo, Táxi Lunar, Pelas Ruas que Andei, Girassol, Como Dois Animais, Belle de Jour, entre outros. Marcado para 11 de maio, às 21h, no Minascentro, o espetáculo musical ainda reforçará as digitais do agreste e do sertão na identidade do artista.Os ingressos podem ser adquiridos via Sympla ou na bilheteria física do Minascentro. Para mais informações, acesse aqui.

NO PALCO CIDADE – Órfãs de Dinheiro – Monólogo escrito e encenado por Inês Peixoto, conta a história de três mulheres em situações diferentes de vulnerabilidade, decorrentes da impossibilidade de autossustentação. Uma mulher vendida para exploração sexual ainda criança, uma refugiada que luta pela própria sobrevivência e de seu bebê e uma empregada sonhadora – um pequeno recorte das tantas realidades de vulnerabilidade vividas por mulheres do Brasil e do mundo. Os relatos convidam o público a iniciar reflexão sobre a necessidade de emancipação econômica da mulher e da importância do direito à escolaridade como requisitos básicos na luta contra a desigualdade de gênero. Lembrando que o projeto “NO PALCO CIDADE” recebe artistas e companhias teatrais para apresentações no Teatro da Cidade. Ao todo, são seis espetáculos que compõem a programação.

Arte Conecta tem o prazer de apresentar: Seres do Som

Uma jornada sonora profunda que toca a alma. O grupo musical Seres do Som, se dedica a compartilhar música e cultivar conexões por meio de uma experiência sonora singular e terapêutica. O show está agendado para o dia 04 de maio na Quinta Arte, localizada na Av. Sinfrônio Brochado, 1053, Barreiro de Baixo, em Belo Horizonte.

Caminhos para a Transcendência

Inspirados na música medicinal, em mantras e preces, o trio busca criar uma experiência sensorial e espiritual única, onde suas canções são mais do que simples notas; são caminhos para a transcendência, levando os ouvintes a um estado de conexão consigo mesmos e com o universo ao redor.

A Cura Através da Música

Composto por Gedeon Antunes (composição, voz e violão), Walkitor Rocha (percussão) e Luiz Dias (composição, baixo e backing vocals), o trio acredita no poder transformador da música. Suas composições proporcionam uma viagem harmoniosa, capaz de tocar corações e mentes de maneira reconfortante e profunda. Os singles “São Miguel”, “Kalki” e “Pôr do Sol” estão disponíveis nas plataformas de música e também na página no YouTube.

Participe dessa Experiência

Com uma programação diversificada que abrange desde casas de terapias e estúdios de yoga até ambientes relaxantes, centros de recuperação, lares de idosos, cerimônias especiais, vivências, retiros e uma variedade de eventos, a banda dedica-se a promover o potencial transformador e curativo da música.

Não perca essa oportunidade de participar de uma experiência musical e terapêutica única com o Seres do Som.

https://www.youtube.com/channel/UCFQjVcmPXWt6qI9_CbGeNiQ

Arte Conecta apresenta Seres do Som

04 de maio – 19h

Quinta Arte – Av. Sinfrônio Brochado, 1053 – Barreiro de Baixo – BH

Ingressos gratuitoshttps://www.sympla.com.br/evento/arte-conecta-seres-do-som/2403749?referrer=www.google.com

Detonautas celebra vinte anos de carreira 

Celebrando 20 anos de carreira, Detonautas apresenta sua turnê inédita, “Detonautas Tour 20 anos – Acústico”, neste sábado, 04 de maio, no Palácio das Artes.

O repertório de Detonautas Tour 20 anos – acústico vai percorrer diferentes fases do conjunto, incluindo músicas menos conhecidas e outras que ainda não ganharam uma versão oficial acústica. “Queremos oferecer aos nossos fãs um momento único. Vai ser uma experiência atemporal, quase como uma máquina do tempo, no sentido de transportar as pessoas para os diferentes sentimentos e fases que viveram”, finaliza Tico.

SERVIÇOS 

Detonautas Tour 20 anos – acústico

Dia: 04 de maio (sábado)

Local: Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1.537 – Belo Horizonte – MG)

Horário: 21h

Valor dos ingressos

Plateia 1

Meia R$ 160,00

*Família & Amigos R$ 180,00

Inteira R$ 320,00

Plateia 2

Meia R$ 140,00

*Família & Amigos R$ 160,00

Inteira R$ 280,00

Superior

Meia R$ 100,00

*Família & Amigos R$ 110,00

Inteira R$ 200,00

*Promoção Exclusiva Família e/ou Amigos, na compra de a partir de 2 ingressos, com desconto especial. (Promoções válidas para os valores do ingresso de valor inteiro. Promoções e descontos não são acumulativos com outros valores e outras promoções).

Ingressos: Bilheteria do teatro Palácio das Artes e pelo site  www.eventim.com.br

Classificação Livre.

Mais informações: (31) 97222-2424 ou no site do Palácio das Artes.

Realização: Ímpar Shows

Programação infantil da 2ª edição da “Mostra Mulheres Mágicas

A 2ª edição da “Mostra Mulheres Mágicas: Reinvenções da Bruxa no Cinema” realizada pelo Centro Cultural Banco do Brasil Belo Horizonte, até 20 de maio, promove três sessões voltadas para o público infantil, todas gratuitas. Com as sessões, a curadoria pretende  desconstruir esse imaginário coletivo e desmistificar a ideia equivocada de que a bruxa é má.

“O primeiro ponto é discutir com as crianças, a partir do filme apresentando, o termo bruxa, que historicamente foi usado para acusar mulheres sábias de perversas ou más por natureza.  O segundo ponto é falar das bruxas que fogem desse estereótipo, elas são mais humanizadas, protetoras das florestas e da natureza, como acontece no filme Malévola (2014), releitura do conto de fadas “A Bela Adormecida””, explica a curadora Tatiana Mitre.

No sábado, 4 de maio, às 14h, acontece a primeira sessão infantil. Serão exibidos os filmes  A Fada do Repolho, de Alice Guy (1896/1900), e o clássico Branca de Neve e os Sete Anões (1937), de David Hand, Perce Pearce, William Cottrell, Larry Morey, Wilfred Jackson e Ben Sharpsteen.

Programado para ser exibido todas as sessões infantis da edição, o filme “A Fada do Repolho”, de um minuto, é considerado o primeiro filme dirigido por uma mulher e um dos primeiros de ficção narrativa na história do cinema. A narrativa apresenta um conto fantástico sobre uma fada que colhe bebês que brotam de pés de repolho. Já o clássico Branca de Neve e os Sete Anões, que também compõe a última sessão, é considerado o primeiro longa-metragem de animação produzido nos Estados Unidos. Transformou a história do cinema ao utilizar, pioneiramente, a técnica de desenho à mão. Branca de Neve é uma princesa órfã, que vive com sua malvada e vaidosa madrasta, que a obriga a trabalhar como criada no castelo. Quando seu Espelho Mágico diz que Branca de Neve havia lhe superado em beleza, a Rainha Má ordena que seu Caçador leve a princesa à floresta para matá-la, e exige, como prova, que ele lhe traga o seu coração. O Caçador, porém, não tem coragem de completar a tarefa, e implora que Branca de Neve fuja sem jamais olhar para trás. Depois de uma noite assustadora, a princesa consegue encontrar, com a ajuda de bondosos animais, uma casa de campo, onde ela não sabe que vivem sete anões.

Para Tatiana, a representação da figura da bruxa na tradição literária e, consequentemente, no cinema, especialmente nos contos de fadas infantis sempre contribuíram para a construção do imaginário infantil da bruxa como maldosa, velha, feia, trajadas com roupas escuras, verrugas no rosto e nariz pontudo. “Escolher o filme A Branca de Neve e os Sete Anões é trazer o repertório da bruxa má dos contos clássicos da literatura infantil. Já A Fada do Repolho, trazemos para a mostra pela importância histórica. Este é considerado o primeiro filme dirigido por uma mulher e um dos primeiros de ficção narrativa. Além disso, ele trás a fada, personagem considerada como a antítese positiva da bruxa “, explica.

Na sequência da programação para os pequenos, no sábado, 11 de maio, “A Fada do Repolho”, que antecede a exibição Malévola, de Robert Stromberg. Interpretada por Angelina Jolie, Malévola é uma releitura do conto de fadas da Bela Adormecida do ponto de vista da vilã: a bruxa Malévola. Desde pequena, a garota com chifres e asas mantém a paz entre os dois reinos, até se apaixonar pelo garoto Stefan, que eventualmente a abandona. A garota torna-se então uma mulher vingativa e amarga que decide amaldiçoar a filha recém-nascida de Stefan, Aurora (Elle Fanning). Aos poucos, no entanto, Malévola começa a desenvolver sentimentos de amizade em relação à jovem e pura Aurora.

Já na sessão, do sábado, 17 de maio, o público terá um bate-papo com a curadora Tatiana Mitre após a exibição de “A Fada do Repolho” e “Branca de Neve e os Sete Anões”.

“Tem sido uma troca muito linda e rica com as crianças e de forma lúdica, trazemos reflexões importantes sobre a figura da bruxa. As crianças falam dos medos, mas também dos encantamentos que sentem”, finaliza.

Além das sessões gratuitas destinadas às crianças, outras sessões a preço popular apresentam programação livre como os filmes Rami Rami Kirani, de Lira Mawapai HuniKuin e Luciana Tira HuniKuin, e O Serviço de Entregas da Kiki. Há também sessões organizadas para crianças acima de 12 anos podem participar. Entre eles Yaaba, de Idrissa Ouédraogo; A paixão de Joana D’arc, de Carl Theodor Dreyer; Casei-me com uma feiticeira, de René Clair.

Sobre a Mostra

A Mostra, inédita em BH, acontece até o dia 20 de maio e leva ao público as diferentes formas de representação dos corpos e saberes femininos através de um conjunto de 28 obras de várias épocas, países e modos de realização. Ainda haverá debates com especialistas, catálogo e oficina gratuitos. Os ingressos das sessões serão vendidos a preços populares (R$10 inteira e R$5 meia) pelo site ccbb.com.br/bh e na bilheteria do CCBB BH. Para mais informações, acesse: www.mulheresmagicas.com e ccbb.com.br/bh.

Com curadoria de Carla Italiano, Juliana Gusman e Tatiana Mitre, a programação percorre a iconografia clássica das mulheres “más”, passando pelas histórias de perseguição no período medieval e no alvorecer da idade moderna, até o resgate da bruxa como símbolo de empoderamento feminino na passagem para o século XXI. A programação traz filmes de diferentes gêneros, transitando entre ficção, documentário, experimental e performance, e de diferentes países, como Alemanha, França, México, Nigéria, Reino Unido, Rússia, Estados Unidos, Brasil e outros.

Bruxas chegam a BH – A primeira edição da mostra aconteceu em 2022 nos CCBBs Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro. A 2ª edição já passou, neste ano, por Brasília e São Paulo. Juliana Gusman fala sobre a expectativa da chegada da mostra pela primeira vez ao CCBB Belo Horizonte, cidade das curadoras. “Estamos bastante animadas que as bruxas estão chegando também em BH, que é, enfim, a nossa cidade. A programação busca trazer a complexidade e a riqueza da figura da bruxa, pensando em suas imagens mais clássicas, mas também naquelas que provocam noções consolidadas do que são as mulheres mágicas. A ideia é desafiar o próprio conceito de bruxa (e também de mulher), então a gente espera que o público belo-horizontino possa aproveitar as reflexões que serão provocadas”, explica.

Segundo a curadora Carla Italiano, os filmes se dividem em dois eixos temáticos: “o primeiro revisita o imaginário clássico das bruxas, enquanto o segundo apresenta suas reinvenções contemporâneas, com destaque para obras de cineastas mulheres e perspectivas feministas”.

O primeiro eixo da programação, intitulado Lado A – “A bruxa através dos tempos: imagens clássicas”, conta com títulos como Casei-me com uma Feiticeira (1942), do renomado diretor René Clair, e A Bruxa (2015), que se destacou em várias premiações independentes. Tatiana Mitre pontua que “a intenção desse segmento é mostrar os tropos que formaram o arquétipo da bruxa no cinema”. Por sua vez, o segundo eixo, o Lado B – “Bruxas contemporâneas: corpos indomáveis saberes ancestrais”, busca reunir filmes que expandem a ideia de mulheres mágicas e apresentam perspectivas críticas. Entre eles estão os longas Retrato de uma Jovem em Chamas (2019), vencedor do prêmio de Melhor Roteiro no Festival de Cannes e Orlando, Minha Biografia Política, adaptação de uma das obras mais conceituadas da escritora inglesa Virginia Woolf. Durante as quatro semanas, haverá ainda sessões de filmes infantis, como o clássico Branca de Neve e os Sete Anões (1937), O Serviço de Entregas da Kiki (1989), e Malévola (2014).

Oficina gratuita- No dia 18 de maio, sábado, às 14h, a professora e pesquisadora Roberta Veiga conduzirá a oficina gratuita “Como o feminismo e a bruxaria se enlaçam: por um inventário cinematográfico de feitiços e feiticeiras”. No curso será traçada uma história das bruxas no cinema, que será a todo tempo atravessada e perturbada por uma perspectiva feminista. A ideia é construir um inventário com cenas, performances e imagens, desses filmes-arquivos da mostra, assim como de outras obras da primeira mostra Mulheres Mágicas e para além do cinema, de modo a estabelecer um diagrama tipológico dessa figura. Pessoas acima de 12 anos poderão se inscrever através de formulário no site e redes sociais da mostra.

On-line para todo o Brasil – A 2ª edição da “Mostra Mulheres Mágicas: Reinvenções da Bruxa no Cinema” também contará com uma programação on-line entre os dias 26 de abril e 05 de maio. Os filmes Rami Rami Kirani, de Lira Mawapai HuniKuin e Luciana Tira HuniKuin (2024), e Para Sempre Condenadas, de Su Friedrich (1987), estarão disponíveis gratuitamente para todo Brasil no site http://www.mulheresmagicas.com.

SERVIÇO

Mostra Mulheres Mágicas: Reinvenções da Bruxa no Cinema

Data: Até  20 de maio – De quarta a segunda. Horários de acordo com a programação.

Local: Teatro II Centro Cultural Banco do Brasil Belo Horizonte (Praça da Liberdade, 450 – Funcionários, Belo Horizonte – MG, 30140-010)

Classificação indicativa: de Livre a 16 anos. Consultar programação.

Ingressos: R$10 inteira / R$5 meia, disponíveis no site ccbb.com.br/bh e na bilheteria do CCBB BH

 

SITE E REDES

Site: www.mulheresmagicas.com

Canal Youtube Mostra Mulheres Mágicas: https://www.youtube.com/channel/UCLyLzFaBcGSLHC-p8FAV1rg

Instagram: @mostramulheresmagicas/ https://www.instagram.com/mostramulheresmagicas/

Facebook: @mostramulheresmagicas / https://www.facebook.com/mostramulheresmagicas

Twitter: @mostramulheresmagicas

Padre Fábio de Melo – Especial Dia das Mães

Data: 11 de maio, sábado

Abertura dos portões: 18:00

Show: 20:00

Classificação etária: 16 anos (menores poderão ingressar e permanecer no local somente acompanhados dos pais)

Ingressos: Na bilheteria do Arena Hall e pelo site sympla.com.br

 

Il Divo – XX

Data: 19 de maio, domingo

Abertura dos portões: 18:00

Show: 20:00

Classificação etária: 16 anos (menores de 16 anos só poderão entrar acompanhados de um responsável legal – pai, mãe ou guardião legal)

Ingressos: Na bilheteria do Arena Hall e pelo site sympla.com.br

 

BN Conference

Data: 31 de maio e 1º de junho, sexta e sábado

Abertura dos portões: 08:00

Show: 09:00

Classificação etária: 16 anos (menores poderão ingressar e permanecer no local somente acompanhados dos pais)

Ingressos: Na bilheteria do Arena Hall e pelo site sympla.com.br

Feira de Malhas de Tricô do Sul de Minas

Data: 1º a 11 de maio

Horário: Segundas às sextas, das 13h às 20h; feriado, sábados e domingos, das 12h às 20h

Espaço: Pavilhão de Exposições – 2º piso

Ingresso: Gratuito, por meio de cadastro no site do evento. Aqueles que optarem pela aquisição do ingresso físico, poderão obtê-lo diretamente no local.

 

X Congresso URBX

Data: 8 de maio

Horário: A partir das 8h30

Espaço: Auditório C

Ingresso: Vendas online no link

 

Leandro Karnal – Prazer, Karnal: O Show

Data: 10 de maio

Horário: 21h

Espaço: Grande Teatro

Ingressos: Vendas online no link

 

Alceu Valença – Alceu Dispor

Data: 11 de maio

Horário: 21h

Espaço: Grande Teatro

Ingresso: Vendas online no link

 

FIQ – Feira Internacional de Quadrinhos

Data: 22 a 26 de maio

Horário: A partir das 8h

Espaço: Pavilhão de Exposições – 2º piso

Ingresso: Inscrições no site do evento

Afonso Padilha – Ninguém Se Importa

Data: 25 e 26 de maio

Horário: sábado, 19 e 22h; domingo, 18h

Espaço: Grande Teatro

Ingresso: Vendas online no link

 

Encontro G20

Data: 27 a 29 de maio

Horário: a partir das 8h

Espaço: Todo o Minascentro

Ingresso: Inscrições no site do evento

Foto: Agência i7

 

Posts Relacionados

Francisco, el Hombre saúda a latinidade no single em BH

Celebração é uma palavra constante na história da Francisco, el...

Confira o que fazer em BH neste final de semana

reuniu inúmeras opções do que está acontecendo em BH...

Mineiro conquista medalha Olimpíada Internacional de Filosofia

O estudante Bernardo Guimarães Ferreira, do Colégio Santo Agostinho...

CCBB BH mergulha na arte afro-brasileira

Ao longo de séculos é a visão do branco...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui