Medalhista olímpico fará palestra de abertura na Expo Consulting BH 2022

0
25

Fernando Scheffer, nadador olímpico, fará palestra de abertura na Expo Consulting BH, principal evento sobre serviços empresariais e consultorias de negócios do Brasil. O tema central é “Construindo Oportunidades e Expandindo Negócios”. O evento acontecerá no dia 09 de agosto na ExpoMinas em Belo Horizonte.

Fernando foi o primeiro atleta brasileiro a conquistar a primeira medalha para o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio. O gaúcho conquistou o bronze nos 200m livre na madrugada do dia 27 de julho e entrou para o time dos medalhistas da modalidade no País com a 14ª conquista na história.

“O sentimento que me preenche agora é gratidão. Teve muita gente que esteve comigo todo esse tempo. Todos os treinadores, os preparadores, fisioterapeutas, médicos, amigos de treino, adversários, família, amigos. A galera ficou acordada até tarde para torcer. Hoje todo mundo nadou comigo, essa medalha é de todo mundo. Muita gente acreditou em mim, não tinha como eu não acreditar”, afirmou o atleta após a cerimônia de premiação ao COB.

Fernando conta que lembrou das dificuldades nos treinamentos imposta pela pandemia. O nadador treinou em açude com os outros atletas. Para os exercícios fora da piscina, Scheffer montou uma academia na garagem de casa.

“Nunca fui o mais rápido, o mais resistente, o mais versátil, mas sempre pensei em ser o mais esforçado. E levo essa mentalidade até hoje e isso é um diferencial importante para trabalhar todos os dias. Dá confiança para chegar aqui e saber que a gente pode fazer algo a mais. A atmosfera que a gente traz define muita coisa”, disse o atleta.

Carreira

Fernando chegou a competir em 2016 no Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta, em Windsor, no Canadá. O atleta disputou entre os dias 6 a 11 de dezembro e terminou em 25º lugar nos 200m livres, 33º nos 400m livres e 40º nos 100m livres.

Com participação no Troféu Maria Lenk, em 27 de abril de 2018, no Rio de Janeiro, Scheffer quebrou o recorde sul-americano nos 200m livre em 1m46s08. Três dias depois, o atleta quebrou outro recorde sul-americano, 400 metros em 3m49s06.

Em 2018, nos Jogos Sul-Americanos em Cochamba, Fernando garantiu duas medalhas de ouro nos 200m e nos 4x200m livres, e uma medalha de prata nos 4x100m livres. Após as vitórias no Campeonato Pan-Pacífico de Natação de 2018 em Tóquio (Japão), Scheffer marcou presença no torneio internacional em 4º lugar nos 200 metros livres, 4º no revezamento 4x200m livre e 6º nos 400 metros livres.

Scheffer logo surpreendeu mundialmente ao conquistar a medalha de ouro no Campeonato Mundial de Piscina Curta de 2018 em Hangzhou, China, juntamente com Luiz Altamir Melo, Leonardo Coelho Santos e Breno Correia.

Em 2019, no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2019, em Gwangju, Coréia do Sul, a equipe brasileira baixou o recorde sul-americano em quase 3 segundos. A equipe finalizou a prova em 7º lugar com um tempo de 7m07s64.

Nos Jogos Olímpicos de Verão de 2020 em Tóquio, Scheffer quebrou o recorde sul-americano nas eliminatórias dos 200 metros livres, passando em 2º lugar para as semifinais.

Depois de se classificar na última colocação nas semifinais, o atleta se superou na final, batendo novamente o recorde sul-americano por ampla margem, com o tempo de 1m44s66, obtendo a medalha de bronze, repetindo o feito de Gustavo Borges, o último brasileiro a obter uma medalha olímpica nesta prova.

“Eu me preparei para vir pra cá e criar o melhor ambiente para mim, o mais descontraído, não jogar uma carga que não precisava. Não coloquei pressão que precisava fazer final, pegar uma medalha, só queria vir aqui e nadar o meu melhor, o que eu treinei pra fazer”, afirmou o medalhista.

Fonte: Redação Portal ERP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here