22 C
Belo Horizonte
sáb, 20 abril 24

Projeto Nossa Batida chega em Contagem com show na Páscoa

Evento inédito será no dia 31 de março, domingo, às 11h, no Parque Fernão Dias

Encontro musical marcado por quatro artistas com estilos e vozes diferenciadas e cuja missão é apresentar a Música Popular Brasileira (MPB) sob nova ótica e repaginada por meio de múltiplas interpretações, ritmos e arranjos. Este é o diferencial do Projeto Nossa Batida que estreia em Contagem no dia 31 de março, domingo de Páscoa, às 11h, no Parque Fernão Dias. O evento é gratuito. Projeto Contemplado no Edital Movimenta Multilinguagens.

O show, ao ar livre e em meio à natureza é um projeto idealizado e dirigido pelo pianista e arranjador, Gustavo Figueiredo, e as participações de Glaw Nader, Daniel Lima, Júlia Ribas e Patrick Blancos. Com vozes marcantes e timbres únicos, o quarteto interpretará releituras de clássicos da MPB. No repertório estão: Beto Guedes, Rita Lee, João Donato, Djavan, Milton Nascimento, Cazuza, Gilberto Gil e mais.

O quarteto subirá ao palco acompanhado pelos músicos: Gustavo Figueiredo (teclados), André Limão Queiroz (bateria) e Adriano Campagnani (baixo). “É um projeto muito interessante. Uma proposta nova de mostrar a MPB de forma diferenciada. E os artistas, que se destacam na cena musical com seus estilos próprios, aprovaram a proposta e prometem surpreender o público. Espero que todos gostem,” diz Gustavo Figueiredo.

Com cerca de uma hora e vinte minutos, o show propicia um clima alto-astral, envolvente e elegante a base da sonoridade jazzística.

Sobre Glaw Nader

Glaw Nader é uma artista múltipla que atua como pianista, compositora, arranjadora e cantora. Sua atuação profissional se estende para produtora musical, professora e pesquisadora de música na UFMG. Como artista, já dividiu o palco com grandes artistas como Toninho Horta, Túlio Mourão, Sérgio Pererê e Iza Sabino. Tem se apresentado em importantes festivais como Festival da Arte Negra (FAN), Savassi Festival, Tudo é Jazz, Sons do Brasil, entre outros. Em 2023, lançou o álbum “Tempo de Amor”, seu tributo a Baden Powell, ano que também venceu o primeiro lugar na categoria circulação no edital BH Instrumental. Atualmente, integra a equipe do rapper Djonga como backing vocal.

Sobre Patrick Blancos

Patrick Blancos é compositor, cantor, multi-instrumentista e produtor, nascido em Jardim (MS). Em 2006, se mudou para BH, onde começou sua trajetória musical como freelancer e depois como instrutor no maior site de música Cifra Club. Em 2015, o artista se mudou para Croácia e teve uma participação no cenário musical do leste europeu, na Banda Croata KGS (2015/2016). Em 2019 lançou seu primeiro EP ‘No interior”. Já em 2021, lançou o segundo EP ‘Antigo”. Já tocou e fez parcerias com artistas como Roberta Campos, Alana Sinkey (Madrid/Espanha), Richard Neves (Pato Fu), KGS (Croácia) Casaquatro, Camilla Leonel, Gustavo Fofão, Roberta Brasileiro, Nico Bataglia (Itália) Duo Magnólia. Atualmente reside na cidade de Curitiba.

Sobre Júlia Ribas

Júlia Ribas, cantora, compositora e educadora, teve grande reconhecimento nacional e internacional, sobretudo após o lançamento do primeiro disco “Brasiliando”, gravado pela 1° edição do “Natura Musical” (2005). Após turnê musical na Alemanha e Áustria, viagens à África e Haiti, cultivadas parcerias sociais e culturais, lançou o disco “Voz, violão, essência” (2013). Mais consciente e madura, remarca e pontua um tempo de reorganização do repertório musical ainda mais forte e latente, com revisitação às obras do pai Marku Ribas idealizando o “Festival Minas Canta Marku” e também lança o EP “De Volta Pra Casa” (2019). Em 2021, lançou o EP “Tempo”. A artista tem participado de grandes projetos, como Tranquilo BH, INSPIRE Veredas Produções, Live Toninho Horta, Saberes e Sabores Araxá, Savassi Festival, Mostra Manas, dentre outros.

Sobre Daniel Lima

Tendo recentemente cruzado caminhos com Greta Van Fleet, Oswaldo Montenegro, Beto Guedes e Luiza Possi, Daniel Lima vem sendo notado por novas audiências no Brasil e no mundo. Seu atual EP em lançamento, gravado e mixado no Sunset Sound em Los Angeles por Joe Chiccarelli, traz Donavon Frankenreiter como artista convidado e músicos icônicos como Leland Sklar, Jim Cox, Dean Parks, Luis Conte and Rodrigo Rios, o último sendo também o produtor do projeto. Tendo iniciado sua trajetória musical em BH nos anos 90, Daniel Lima pegou as estradas de Minas Gerais para fazer shows, chegando a se apresentar pelo Brasil e também na França, Portugal e Estados Unidos.  Com seus projetos e discos lançados, participou de programas de TV nacionais como Jô Soares e Programa Livre, emplacou música em novela da Rede Globo, também compôs trilhas instrumentais para outras emissoras. Depois de residir e se formar em produção musical em Nova York, Daniel Lima se tornou artista solo, passando a se dedicar às suas composições e projetos especiais.

Posts Relacionados

Ambientes Instagramáveis: A tendência que está bombando

Fotógrafa explica mais sobre esse conceito que está chamando...

Raquel Mello convida WIllian Nascimento para dueto inédito

“A caminhada com Jesus exige comprometimento e ânimo”, ressalta...

A Chave do Tempo e os Segredos da Magia

Ramon Bertasi é professor de Física e natural da...

Arícia Ferigato, lança “Pequenas Voltas”

Sou Arícia Ferigato, harpista, improvisadora e compositora, nascida em...

Programa Vai leva para parques e praças o divertido espetáculo

“Sem condições Futebol Circo” é um espetáculo circense recheado...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui