21.4 C
Belo Horizonte
sex, 19 julho 24

Aprenda a explorar Harmonização de vinhos com fondue

Seja de queijo ou chocolate, com carne ou frutas, todos os tipos de fondue têm um vinho ideal para harmonizar

Como já dizia Jorge Ben Jor, o Brasil é um país tropical (e bonito por natureza!), mas o brasileiro, principalmente do sul e sudeste, adora um friozinho.

Quando o inverno chega, as buscas por vinho e fondue aumentam drasticamente na internet, o que prova a necessidade das pessoas de encontrar elementos aconchegantes para encarar as baixas temperaturas.

O vinho tinto é escuro e servido em temperatura ambiente, o que traz uma associação maior em relação a esta época do ano. Já o fondue é uma comida servida bem quente, com receita criada no frio intenso da Suíça.

Além disso, o corpo aumenta a circulação sanguínea para manter a temperatura nos dias mais gelados, o que faz com que a fome aumente e tenhamos mais vontade de comer alimentos quentinhos e com mais sustança,  que auxilia na produção de energia.

Ainda é um pouco cedo para determinar com precisão o comportamento do inverno de 2023. No entanto, levando em consideração que os últimos três anos bateram recordes de frio, é de se esperar que o mesmo aconteça em breve.

Desta forma, nada mais gostoso do que encarar os termômetros lá embaixo com muito vinho e fondue. Afinal, ninguém é de ferro! Mas para deixar a experiência ainda melhor, a harmonização é um fator chave indispensável. Por isso, fique de olho nestas dicas, garanta os seus vinhos online, mesmo que aí te ajuda a otimizar tempo na hora de montar um momento especial.

Vinho branco: fondue de queijo com legumes, carne branca e frutos do mar

Os queijos usados nesse tipo de fondue geralmente são o Emmental, Gouda e Gruyère, todos de sabor marcante. Na receita também vão lâminas de alho e vinho branco.

É justamente esse vinho que vai muito bem com o fondue de queijo, especialmente quando é saboreado com legumes (batata, brócolis, couve-flor, cenoura, vagem, aspargos…), carne branca (frango e carne de porco) e frutos do mar (camarão, vieira, salmão, peixe branco, polvo…).

Os vinhos brancos Chardonnay harmonizam muito bem com essas combinações de fondue, porque são encorpados, de textura cremosa e boas opções para limpar o paladar, o que deixa cada mordida ainda mais saborosa.

Rótulos que valem a pena: D.V. Catena Chardonnay, Woodbridge Chardonnay e Angelica Zapata Chardonnay

Vinho tinto: fondue de queijo com carne vermelha

Como brasileiro não dispensa uma carninha, o fondue salgado mais popular por aqui é o com carne vermelha. Não é à toa: o sabor fica muito mais intenso e irresistível quando combinado com um bom molho de queijo.

Carnes vermelhas ficam ótimas com vinho tinto, ainda mais quando falamos dos pedaços mergulhados no fondue, que geralmente são preparados na chapa ou na grelha. A harmonização é perfeita porque esse vinho realça o sabor da carne e ainda ajuda a limpar o paladar.

Os Merlots são muito recomendados porque têm estrutura encorpada e sabores frutados e ácidos.

Rótulos que valem a pena: Rutini Merlot, Chateau Ste Michelle Merlot e La Joya Gran Reserva Merlot

Vinhos suaves: fondue de queijo com pão italiano

Esse fondue pode levar os queijos mais tradicionais comentados anteriormente, mas quem quiser uma refeição mais leve pode optar por queijo brie e camembert. Para trazer mais cremosidade e dar aquela abrasileirada, é bacana adicionar um pouco de creme de leite ou requeijão.

A receita é ótima para fazer em casa porque é simples e rápida. O pão italiano também contribui no quesito praticidade, já que o ingrediente não exige nenhum tipo de preparo. Ainda assim, é recomendado comprar um pão fresco e de boa qualidade para potencializar a experiência.

A leveza do fondue harmoniza muito bem com vinhos igualmente suaves, como brancos e rosés. Isso vai garantir que os sabores não briguem entre si, trazendo muito mais equilíbrio na hora de comer.

Rótulos que valem a pena: Naturelle Branco Suave, Rosé Piscine e De Loach Rosé

Vinhos doces: fondue de chocolate

Clássico dos clássicos, o fondue de chocolate é o mais amado pelos brasileiros. Ninguém resiste a uma panela cheia de chocolate derretido para mergulhar pedaços de frutas, como morango, banana, kiwi e uva verde (sem semente).

Claro que não poderia faltar uma boa taça de vinho para completar a sobremesa de inverno mais amada do mundo. Os mais indicados são os vinhos doces, que apresentam açúcar em sua composição ou são feitos com uvas em estado avançado de maturação, o que faz com que sejam naturalmente mais adocicadas.

Também conhecido como vinho de sobremesa, essa variação da bebida também se sustenta muito bem de maneira independente e pode ser saboreada sozinha. A única ressalva é que não caem muito bem com comidas salgadas porque diminuem o sal e as notas ácidas e amargas.

Os fondues costumam ser feitos com chocolate amargo ou meio-amargo, o que significa que são mais ricos e menos doces do que o chocolate ao leite, por exemplo. Assim, a harmonização com o vinho de sobremesa fica perfeitamente balanceada e coesa.

Rótulos que valem a pena: Batasiolo Moscato D’Asti Branco, Royal Tokaji 5 Puttonyos e Vinho do Porto (sugestões: Ramos Pinto Tawny, Dom José Tawny Tinto e Adriano Ramos Pinto Reserva Tinto).

Posts Relacionados

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui