24.7 C
Belo Horizonte
ter, 18 junho 24

Conheça ranking das rodovias federais mais perigosas do Brasil

PRF elenca as vias com maior número de sinistros e com maior número de mortes em 2023

Quatro das cinco rodovias federais brasileiras com maior número de sinistros de trânsito passam por Minas Gerais. Segundo ranking da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a campeã de acidentes é a BR-101, com 8.536 ocorrências registradas entre janeiro e setembro deste ano. Na segunda posição aparece a BR-116, com 7.979 ocorrências, seguida pelas BR-381 (2.414); BR-040 (2.316) e BR-153 (1.869).

O ranking das rodovias mais letais é liderado pela BR-116, com 559 mortes registradas entre janeiro e setembro de 2023. Na segunda posição aparece a BR-101, com 487 óbitos, seguida pela BR-163, que registrou 204 mortes.

Policiais fiscalizam a BR-116, a rodovia federal mais letal do Brasil em 2023

Nova alta
De janeiro a outubro de 2023, 4.633 pessoas morreram em 55.464 sinistros nas rodovias federais. No mesmo período do ano passado foram registradas 4.552 mortes em 53.503 sinistros. “O número de mortes e sinistros em 2023 vai superar o de 2022 e isso é inaceitável, estamos caminhando na direção contrária à meta estipulada pela ONU de redução de, pelo menos, 50% de lesões e mortes no trânsito, até 2030. A segurança viária precisa ser encarada como uma política pública que salva vidas, reduz o uso dos já escassos recursos do SUS e que diminui os custos do governo com a previdência. Cada vida perdida no trânsito impacta diretamente a economia do país”, comenta o diretor científico da Associação Mineira de Medicina do Tráfego (Ammetra), Alysson Coimbra.

Vias sucateadas
Sinistros de trânsito são causados, majoritariamente, por fatores humanos como a desatenção e a imprudência, mas as condições estruturais da malha viária potencializam essas ocorrências. A mais recente pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT) revelou que a conservação de 67,5% da malha viária é classificada como regular, ruim ou péssima.

“O sucateamento das rodovias vai muito além dos buracos e da péssima qualidade do asfalto. Falta sinalização adequada, um controle sequencial de velocidade nos pontos com maior número de sinistros e uma normatização para o tráfego de veículos pesados, que são os que causam os sinistros mais letais. 65% da carga do país é transportada pelas rodovias, é preciso considerar esse número na elaboração de ações para garantir a segurança nas rodovias, como a construção de áreas de escape em trechos críticos, a criação de corredores exclusivos e a limitação de horário para o tráfego de cargas especiais”, avalia o especialista.


BR-101 é a campeã de acidentes de trânsito

Tragédias constantes
Minas Gerais tem a maior malha rodoviária do Brasil e tem sido palco, nos últimos meses, de graves sinistros de trânsito, como o que deixou 6 mortos na BR-381, em 27 de novembro, e o que matou 7 torcedores do Corinthians, em agosto, no mesmo trecho da rodovia. No último dia 5, o cantor Zé Neto, ficou ferido em um sinistro ocorrido na BR-153, em Minas.

A série de sinistros revela a urgência em adotar medidas para garantir a segurança dos usuários das vias. “No caso de Minas, a BR-040 tem um problema grave que é tráfego intenso de veículos pesados que transportam minério. Na Fernão Dias há uma falha da concessionária em adotar medidas para mitigar esses acidentes relacionados também a falhas mecânicas em veículos de grande porte”, pontua Coimbra.

Rodovias que perdoam

O especialista destaca que a gestão pública do trânsito precisa contar com a previsibilidade do erro. “Já sabemos que o fator humano está relacionado a 90% dos sinistros, então temos que adotar medidas para que as rodovias perdoem essas falhas humanas. Esse conceito de rodovia que perdoa engloba ações como a sinalização adequada, tanto horizontal quanto vertical; qualidade do asfalto; instalação de defensas metálicas adequadas; modificações no traçado da via e outras ações que possam minimizar a gravidade dos ferimentos e o risco de mortes, como áreas de escape”, completa.

 

Ranking das rodovias com o maior número de acidentes em 2023
1. BR-101: 8.536
2. BR-116: 7.979
3. BR-381: 2.414
4. BR-040: 2.316
5. BR-153: 1.869
Fonte: Polícia Rodoviária Federal (PRF)

Ranking das rodovias com o maior número de mortes em 2023
1. BR-116: 559
2. BR-101: 487
3. BR-163: 204
4. BR-153: 177
5. BR-040: 151
Fonte: Polícia Rodoviária Federal (PRF)

 

Posts Relacionados

Betim abrirá nova unidade da Mundo Animal Lanchonete Temática

Uma nova unidade da franquia Mundo Animal Lanchonete Temática...

“Paco Pigalle: La Fiesta” chega à sua terceira edição em BH

“Paco Pigalle: La Fiesta” ganha sua terceira edição em...

Projeto social impulsiona futebol feminino e transforma vidas

Um projeto em Minas Gerais vem se destacando por...

João Ventura em Belo Horizonte no Clube de Jazs

O pianista, cantor e compositor João Ventura se apresentará...

Começa o Festival do Queijo Artesanal de Minas

Teve início nesta quinta-feira (13/6), a 6ª edição do...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui