24.7 C
Belo Horizonte
ter, 18 junho 24

Aniversário de Belo Horizonte: capital completa 126 anos

É mais de um século de história da capital mineira. Saiba o que descobrimos sobre a data e sobre a história da cidade com uma professora da UFMG

Comemorado em 12 de dezembro, o aniversário da capital mineira é marcado por programação gratuita, com oficinas, shows e intervenções urbanas.

Um pouco de história

Com a Proclamação da República, em 1889, e a descentralização federal, as capitais tiveram maior relevo e ganhou vigor a ideia de mudança da sede do governo mineiro. A antiga Ouro Preto era limitada pela topografia. O governador Augusto de Lima encaminhou a questão ao Congresso Mineiro, que, reunido em Barbacena, em sessão de 17 de dezembro de 1893, indicou a disposição de que a mudança da capital ocorresse para local que reunisse as condições ideais. Cinco localidades foram sugeridas: Juiz de Fora, Barbacena, Paraúna, Várzea do Marçal e Belo Horizonte. A comissão técnica, chefiada pelo engenheiro Aarão Reis, julgou em igualdade de condições Belo Horizonte e Várzea do Marçal, decidindo-se ao final pela última localidade. Voltou o Congresso a se pronunciar, e depois de novos e extensivos debates, instituiu-se que a capital fosse construída nas terras do arraial de Belo Horizonte.

O local escolhido oferecia as citadas condições ideais: estava no centro da unidade federativa, a 100 km de Ouro Preto, o que muito facilitava a mudança; acessível por todos os lados, ainda que circundado de montanhas; rico em cursos d’água; possuidor de um clima ameno, numa altitude de 800 metros. A área destinada à nova capital parecia um grande anfiteatro entre as Serras do Curral e de Contagem, contando com excelentes condições climatológicas, protegida dos ventos frios e úmidos do sul e dos ventos quentes do norte, e arejada pelas correntes amenas do oriente que vinham da serra da Piedade ou das brisas férteis do oeste que vinham do vale do Rio Paraopeba.

Em 1893, o arraial foi elevado à categoria de município e capital de Minas Gerais, sob a denominação de Cidade de Minas. Em 1894, foi desmembrado do município de Sabará. No mesmo ano, os trabalhos de construção foram iniciados pela Comissão Construtora da Nova Capital, chefiada por Aarão Reis, com o prazo de cinco anos para o término dos trabalhos. Em maio de 1895, Aarão Reis foi substituído pelo engenheiro Francisco de Paula Bicalho. Ao 12 de dezembro de 1897, em ato público solene, o então presidente de Minas, Crispim Jacques Bias Fortes, inaugurou a nova capital. Em 1901, a Cidade de Minas teve seu nome modificado para o atual, em virtude da dualidade de nomes, já que o distrito e a comarca se chamavam Belo Horizonte.

Como nasceu Belo Horizonte?

Belo Horizonte surgiu em um contexto de desenvolvimento urbano em 1893, projetada a partir da necessidade de substituir Ouro Preto como capital mineira.

O local foi escolhido entre outras quatro opções: Barbacena, Juiz de Fora, Paraúna e Várzea do Marçal.

Por ter uma ótima localização (apenas 100 km da antiga capital Ouro Preto) e oferecer boas condições estruturais e climáticas, Belo Horizonte foi a escolhida.

A construção começou em 1894, sob o comando do engenheiro Aarão Reis, mais tarde substituído por Francisco de Paula Bicalho.

Quando Belo Horizonte se tornou capital mineira?

Aniversario de Belo Horizonte 2023

Três anos após o início da construção, no dia 12 de dezembro de 1897, a mudança de sede federativa ocorreu oficialmente e Belo Horizonte tornou-se a capital de Minas Gerais.

Essa alteração aconteceu principalmente com o objetivo de facilitar o acesso a diferentes áreas do estado mineiro, uma vez que a topografia de Ouro Preto era mais limitada e a economia da região sofreu com o final da exploração do ouro.

Além disso, a mudança de capital também possibilitou uma centralização da administração pública em uma localização mais estratégica.

Quando é o aniversário de Belo Horizonte?

O aniversário de Belo Horizonte é dia 12 de dezembro, data em que a cidade tornou-se capital mineira, substituindo Ouro Preto.

Apesar da cidade ganhar o título de capital em 1897, foi apenas em 1906 que o nome Belo Horizonte ficou oficializado. Antes disso, o local era conhecido como “Cidade de Minas”.

Hoje, a região metropolitana de Belo Horizonte tem 34 municípios e o número de habitantes ultrapassou os dois milhões, conforme dados do último censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgado em 2022.

Aniversário de Belo Horizonte, quais lugares conhecer na capital?

O aniversário da capital mineira marca um acontecimento muito importante na trajetória histórica de Belo Horizonte e nada melhor para celebrar a data do que passear pelos principais pontos da cidade, não é mesmo?

Pensando nisso, listamos cinco locais imperdíveis para conhecer em Belo Horizonte. Confira a lista a seguir e escolha onde comemorar o 126º aniversário da cidade.

Lagoa da Pampulha

Um dos principais pontos turísticos de Belo Horizonte, a lagoa da Pampulha reúne natureza, arte e arquitetura em um incrível espaço ao ar livre para curtir com familiares e amigos.

Projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, o local abriga o Complexo Arquitetônico da Pampulha, com construções e paisagens famosas como:

  • igreja de São Francisco de Assis;
  • espelho d’água e orla da lagoa;
  • Museu de Arte;
  • Casa do Baile.

Mercado Central

Com mais de 400 lojas, o Mercado Central é uma verdadeira experiência cultural, gastronômica e histórica em Belo Horizonte, localizado na região central da cidade.

Perfeito para celebrar a culinária local no aniversário de Belo Horizonte, o Mercado é uma ótima opção para quem deseja degustar queijos, cachaças e artesanatos.

Também na região central, é possível encontrar o Mercado Novo, que nasceu como um complemento ao Mercado Central e segue a proposta gastronômica, mas apresenta uma proposta mais descontraída.

Por lá, você vai encontrar lojas de arte, design e opções de comida para todos os gostos.

Mirante das Mangabeiras

Com charmosos decks de madeira e lunetas instaladas para apreciação terrestre, o Mirante das Mangabeiras é o lugar perfeito para aproveitar um passeio ao ar livre e ter um visual único da capital mineira.

O local oferece uma visão privilegiada da cidade e de um dos principais parques de Belo Horizonte, o Parque Mangabeiras – que é também uma das maiores reservas ambientais da capital.

É possível visitar o mirante de terça-feira a domingo, das 9h às 18h, mas é importante destacar que a entrada no local só é permitida até às 17h.

Praça da Estação

” alt=”” aria-hidden=”true” />Aniversário de BH praça da estação

Outro lugar repleto de história e perfeito para celebrar o aniversário de Belo Horizonte é a praça Rui Barbosa, mais conhecida como praça da Estação.

No local, é possível encontrar o circuito cultural praça da Estação, que conta com diferentes pontos para celebrar a arte e a cultura, como:

  • Casa do Conde;
  • Viaduto de Santa Tereza;
  • Museu de Artes e Ofícios;
  • Centro Cultural da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais).

Praça do Papa

Conhecida pela visão privilegiada de Belo Horizonte, a praça do Papa recebeu esse nome como uma homenagem à visita do papa João Paulo II – o nome original é praça Israel Pinheiro.

O local fica a mais de 1.100 metros de altitude e está próximo ao parque das Mangabeiras, sendo um dos principais pontos da cidade indicados para quem gosta de apreciar um belo pôr do sol.

Posts Relacionados

Betim abrirá nova unidade da Mundo Animal Lanchonete Temática

Uma nova unidade da franquia Mundo Animal Lanchonete Temática...

“Paco Pigalle: La Fiesta” chega à sua terceira edição em BH

“Paco Pigalle: La Fiesta” ganha sua terceira edição em...

Projeto social impulsiona futebol feminino e transforma vidas

Um projeto em Minas Gerais vem se destacando por...

João Ventura em Belo Horizonte no Clube de Jazs

O pianista, cantor e compositor João Ventura se apresentará...

Começa o Festival do Queijo Artesanal de Minas

Teve início nesta quinta-feira (13/6), a 6ª edição do...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui