Festival Sarará lança plataforma da edição digital

0
126
Com patrocínio de Natura Musical, evento inova ao adaptar para o ambiente digital experiências de um festival presencial

Seja no palco ou fora dele, os encontros sempre guiam a construção do Festival Sarará. Desta forma, no dia 29 de agosto, a partir das 16h, a edição digital do evento mineiro não será uma simples live, mas uma experiência musical. Quem topar participar terá acesso à transmissão de shows e performances, festa de música eletrônica, diversos ambientes para interações e algumas surpresas, como encontros online com os artistas. O site que será a base de tudo isso já está no ar e pode ser acessado em festivalsarara.com.br. A programação é gratuita.

A entrada para o ‘Mundo Sarará’ se dará pela plataforma digital do festival. Como nos encontros presenciais, o público poderá transitar por diversos ambientes, conhecer pessoas e ter diferentes experiências. Para guiar, haverá um mapa interativo, indicando os caminhos por onde seguir para vivenciar o festival. Será possível escolher entre assistir aos shows do palco principal ou, por exemplo, curtir a pista de música eletrônica da Tenda Despertar em uma sala de interação exclusiva.

Haverá também um cantinho para encontros e paqueras: o Espaço Conectar. Esse também será o local certo para aqueles que gostam de caprichar no figurino. Para os fãs dos artistas, há uma surpresa: a possibilidade de um encontro online no Camarim. As pessoas devem se inscrever e entrar na fila para participar de vídeo chamada com os grupos. Os nomes serão sorteados no dia 24.

Um mural interativo vai permitir que participantes insiram dicas de lugares para visitar e frequentar em Belo Horizonte, criando um guia secreto numa seção que exalta a cidade. Em outro espaço, uma linha do tempo vai convidar o público a passear pela memória do Sarará, relembrando os shows, encontros e festas das primeiras seis edições.

O festival ainda vai contar com uma praça de alimentação. A versão digital do tradicional Salarica terá opções de restaurantes que entregam comida em casa e um bar digital, com os melhores preços de Devassa e de outras bebidas. O público ainda ganha desconto de R$6 na taxa de entrega. Já o Mercado Sarará terá itens exclusivos do festival, entre eles, máscaras fabricadas à mão.

Programação
De BH para o mundo: o Sarará vai reunir alguns dos principais artistas mineiros da atualidade em sua programação, além de dois artistas de fora de Minas. O line up conta com shows de Fenda convida Karol Conka, Rosa Neon convida Kdu dos Anjos, Lagum, além de Coyote convida Iza Sabino, Hot e Oreia e Black Alien. A programação conta também com performances de dança da Lá da Favelinha, que serão realizadas no círculo central do gramado do Mineirão. O público ainda poderá se jogar em uma pista de música eletrônica da festa 101Ø, numa sala de interação exclusiva. A apresentação será especial: a artista multimídia e artivista Linn da Quebrada é quem vai comandar a cerimônia.

Direto do Mineirão
Realizado no gramado do Mineirão, o festival vai contar com uma cenografia toda colorida, assim como a nova identidade visual do Sarará, que vai dar um ar especial para as apresentações. Além disso, várias medidas estão sendo tomadas para garantir os cuidados necessários com os artistas e a equipe de produção, por causa da pandemia. Uma das formas encontradas pela equipe foi fazer o evento gravado, com mais tempo entre as apresentações, garantindo o isolamento necessário em meio à pandemia. As mesas de camarim estarão em locais abertos, haverá medição de temperatura na entrada, além disso, o uso de máscaras e faceshield será obrigatório para toda a equipe de produção.

Sarará
Com a certeza de que, em breve, o mundo sarará, o festival parte pra ação ao realizar essa edição especial, espalhando arte e cultura. A excepcionalidade da edição 2020 fica marcada: de BH, o festival se conecta com o mundo inteiro, fazendo com que essa energia reverbere. “As edições do Festival Sarará sempre são marcadas por um senso de construção coletiva, já que o público é uma parte fundamental da experiência do festival. Dessa vez, mesmo sem aglomerações, não vai ser diferente: estamos preparando maneiras de fazer o público se conectar com a gente de formas diversas. Os encontros que a gente tanto ama vão acontecer. Dessa vez, eles vão acontecer de um jeito diferente”, afirma Bell Magalhães, uma das idealizadoras do Sarará.

A edição digital do Sarará tem patrocínio da Devassa e da Natura Musical. “Ao apoiar festivais como o Sarará, buscamos alavancar o impacto positivo social e econômico da música brasileira. Para isso, entendemos que apoiar festivais regionais é decisivo para essa finalidade. Os eventos estimulam todo o ecossistema da música, graças ao seu potencial de formar público e criar pontes entre artistas e audiência”, afirma Fernanda Paiva, Head of Global Cultural Branding Natura.

Música pela Música
A programação será totalmente gratuita, contudo, o Sarará irá receber doações para o movimento Música pela Música. Idealizado pela A Macaco em parceria com a banda Lagum, o projeto tem como objetivo arrecadar fundos para musicistas e DJs que vivem de performances musicais em Belo Horizonte. 200 artistas estão cadastrados para receber as doações. O público do festival pode contribuir com valores a partir de R$10. O objetivo do movimento é dar amparo para profissionais que têm a maior parte da sua renda proveniente de performances musicais.

Sétima edição
A sétima edição do Sarará também já está garantida no calendário: 28 de agosto de 2021. O local permanece o mesmo, a Esplanada do Mineirão. “A ficha demorou para cair. Mas é o momento de priorizar vidas; e o encontro físico precisará ficar para o ano que vem”, diz Bell Magalhães, uma das idealizadoras do evento. “Existia tanta expectativa para 2020, mas esse será o nosso impulso para fazer uma edição ainda mais catártica em 2021”, finaliza. Os ingressos já adquiridos para edição deste ano seguem válidos para 2021. Também é possível garantir ingressos para a edição do ano que vem no site da Sympla.

Festival Sarará Digital
Programação: Fenda convida Karol Conka, Rosa Neon convida Kdu dos Anjos, Lagum, Coyote convida Iza Sabino, Hot e Oreia e Black Alien; Lá da Favelinha, 101Ø
Apresentação: Linn da Quebrada
Data: 29/08/2020
Horário: 16h
Local: www.festivalsarara.com.br
Doações: www.sympla.com/sararadigital
Outras informações: www.instagram.com/festivalsarara

Sobre Natura Musical
Natura Musical é a principal plataforma de patrocínio da marca Natura. Desde seu lançamento, em 2005, o programa investiu cerca de R$ 159 milhões no patrocínio de 467 projetos – entre CDs, DVDs, shows, livros, acervos digitais, documentários e projetos de fomento à cena. Os trabalhos artísticos renovam o repertório musical do País e são reconhecidos em listas e premiações nacionais e internacionais. Em 2020, o edital do programa selecionou 41 projetos em todo o Brasil. A plataforma digital do programa leva conteúdo inédito sobre música e comportamento para mais de meio milhão de seguidores nas redes sociais. Em São Paulo, a Casa Natura Musical se tornou uma vitrine permanente da música brasileira, com cerca de 120 shows ao longo de 2019.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here