25 C
Belo Horizonte
seg, 17 junho 24

Tudo sobre a 1ª Semana de Arte em Ouro Preto

O IA - Instituto de Arte Contemporânea de Ouro Preto realiza a primeira edição da Semana de Arte Contemporânea de Ouro Preto. Com o patrocínio do Instituto Cultural Vale

A primeira Semana de Arte Contemporânea de Ouro Preto proporciona novas perspectivas e experiências enriquecedoras, com diferentes formas de interação e contemplação artística. De forma inclusiva e gratuita, a iniciativa oferece uma programação diversificada com artistas locais e convidados.

Com a inauguração marcada para data que celebra o 79º aniversário do Museu da Inconfidência, a primeira Semana de Arte Contemporânea de Ouro Preto proporciona a democratização e o livre acesso aos bens artísticos e culturais da cidade por meio de uma abordagem revolucionária na utilização dos equipamentos históricos.

Em um movimento de reinterpretação do patrimônio cultural da cidade, o IA ocupará os espaços históricos com os 30 artistas que passaram pela residência do Instituto, que está em sua 6ª edição, dois artistas locais sobre os quais o Instituto desenvolve pesquisa de vida e obra, um artista ligado à arte sonora e tecnologia, além de 4 shows musicais e um seminário com rodas de conversas e palestras temáticas.

As vivências com a arte contemporânea e as ações pedagógicas pretendem ampliar o diálogo reflexivo entre o passado, representado pelo barroco, e o presente artístico e contemporâneo.

Em uma abordagem interdisciplinar, a Semana de Arte irá explorar as expressões artísticas endêmicas, sob as complexidades do pensamento decolonial, como crítica na desconstrução de estereótipos, na valorização da diversidade étnico-racial, na luta contra o racismo estrutural e no fomento à produção cultural e intelectual de pessoas e comunidades historicamente excluídas.

Decisivamente, Ouro Preto desempenha um papel fundamental na compreensão da diáspora africana e da gênese da nacionalidade brasileira. A cidade representa um ponto de convergência histórica, cultural e social, onde diferentes influências se entrelaçam para moldar a identidade nacional. A preservação desse legado e a valorização da diversidade cultural são essenciais para compreendermos a história e a formação do Brasil como nação.

Ao longo de sua história, a cidade de Ouro Preto se consagrou pela grandiosidade do Barroco, com o protagonismo e maestria do artista Aleijadinho, e na valorização da cultura popular do Modernismo. Ouro Preto foi berço de uma intensa atividade artística e intelectual durante o período modernista.

Tanto o Barroco quanto o Modernismo foram caracterizados por uma busca por novas formas de expressão e inovação artística. O Barroco introduziu elementos como o uso dramático de luz e sombra, perspectivas complexas e formas escultóricas ornamentadas. O Modernismo, por sua vez, trouxe técnicas inovadoras, como o cubismo, o futurismo e o expressionismo, que desafiaram as convenções artísticas vigentes. Ambos os movimentos enfatizaram a importância da individualidade e da expressão pessoal na arte. O Barroco permitiu que os artistas mostrassem sua criatividade e emoção através de elementos ornamentais e dramáticos, enquanto o Modernismo valorizava a originalidade e a subjetividade na expressão artística.

Neste cenário excepcional de legado cultural brasileiro, a 1ª Semana de Arte Contemporânea de Ouro Preto tensiona o lugar comum e assegura uma oportunidade para que os artistas e os visitantes possam interagir com o contexto histórico e cultural da cidade, que se tornará um testemunho vivo da diversidade e da evolução da expressão artística no Brasil.

Para maior engajamento e visibilidade, a 1ª Semana de Arte Contemporânea de Ouro Preto seguirá com as exposições, coletivas e individuais, após o encerramento oficial, no dia 20 de agosto, até o dia 16 de outubro, possibilitando uma imersão mais profunda e duradoura para a apreciação, compreensão e valorização da arte contemporânea na cultura local de Ouro Preto.

PROGRAMAÇÃO ARTÍSTICA E CULTURAL

11 A 20 DE AGOSTO | OURO PRETO | MG

Com a missão de valorizar a produção artística local, serão realizadas ações relacionadas aos Programas de Pesquisa em Artes e Tecnologia do IA – Instituto de Arte Contemporânea de Ouro Preto.

As atividades ocorrerão em ambientes fechados, ao ar livre e virtualmente, sempre com entrada franca e classificação livre. As exposições seguem abertas por 2 meses.

DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO

11/08 | EXPOSIÇÃO COLETIVA | “ O CORPO INVISÍVEL DA MEMÓRIA

Exposição coletiva com 30 artistas residentes do IA, que está em sua 6ª edição, 20 desses artistas são de Minas Gerais, sendo 10 da cidade de Ouro Preto e região.

11/08 | EXPOSIÇÃO INDIVIDUAL | EMILIANA MARQUETTI

“ANO QUE VEM BRILHAREI”

11/08 | MOSTRA INDIVIDUAL | SITE SPECIFIC | ADVÂNIO LESSA

“SE QUISER SABER DO FIM, PRESTE ATENÇÃO NO COMEÇO”

APRESENTAÇÕES MUSICAIS

11/08 e 12/08 | Set Musical | Dj Jahi Amani

12/08 | Show Musical | Atlântica Banda

12/08 | Pocket Show Autoral | “Sofia Só: Ao Cubo!”

12/08 | Show Musical  | Craca E Dani Nega

12/08 | INSTALAÇÃO OUVIR | CRACA BEAT

AÇÕES PERFORMÁTICAS

12/08 | 14/08 a 16/08 | “Faca” | Beatriz Toledo

12/08 | “Literaturapradançar” | Henrique Rocha E Julliano Mendes

13/08  | “Eu, O Fantasma Que Vos Fala” | Abiniel Nascimento

19/08 | Sublimar_4” | Lü Coelho E Sofia Só

LANÇAMENTO DE LIVROS

12/08 | Frans Krajcberg (1921-2017) “[…] Ao Acordar, A Natureza Estava Preta E Branca.”

Em Diálogo Com O Fotógrafo Luiz Garrido, Edições Pinakotheke

17/08 |  “O Negro Visto Por Ele Mesmo” De Beatriz Nascimento | Editora Ubu

19/08 | “Corpos Creep” Por Christine Greiner

14/08 a 16/08 | AÇÕES PÚBLICAS COMUNITÁRIAS

Mostra | Ana Fátima Carvalho | “Estandarte”

Oficina | Jorge Lopes | “Presenças”

Oficina | Bárbara Bija | “Um Plano Infalível”

Ação | Lygia Peçanha | “Museu Das Confidências”

ENCONTROS COM A ARTE CONTEMPORÂNEA

17/08 | Mesa 1 | “Reencenar O Mistério”

18/02 | Mesa 2 | “Memória, Arte Contemporânea E Patrimônio”

19/08 | Mesa 3 | “Fabulações E Processos Decoloniais Na Arte Contemporânea”

OFICINAS EDUCATIVAS

Oficinas com intervenções dos artistas residentes | Ação educativa desenvolvida pela educadora Fabíola Rodrigues

10 ações em escolas públicas: 5 no distrito de Antônio Pereira e 5 na cidade de Ouro Preto

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

https://ia.art.br/semana-de-arte-contemporanea-edicao1-2023-programacao/

Posts Relacionados

“Paco Pigalle: La Fiesta” chega à sua terceira edição em BH

“Paco Pigalle: La Fiesta” ganha sua terceira edição em...

Projeto social impulsiona futebol feminino e transforma vidas

Um projeto em Minas Gerais vem se destacando por...

João Ventura em Belo Horizonte no Clube de Jazs

O pianista, cantor e compositor João Ventura se apresentará...

Começa o Festival do Queijo Artesanal de Minas

Teve início nesta quinta-feira (13/6), a 6ª edição do...

Fernando e Sorocaba levam o Churrasco On Fire para Betim

A dupla Fernando e Sorocaba desembarca na cidade de Betim,...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui