17.3 C
Belo Horizonte
seg, 22 abril 24

Projeto Jardim Musical recebe a cantora Lívia Itaborahy

"Soy Sosa - um tributo à Mercedes Sosa. O evento acontece no dia 7 de março, quinta-feira, às 20h, no jardim da Casa Belloni (Av. João Pinheiro, 287 - BH - MG).

“Soy Sosa – um Tributo à Mercedes Sosa” com a compositora e cantora Lívia Itaborahy. Intimista e envolvente, o show relembra um pouco da trajetória artística de Mercedes Sosa. A apresentação conta com a participação especial, ao piano, do maestro Arnon Oliveira.
No repertório, canções interpretadas em português e espanhol como “Todo Cambia” de Julio Navarro e os clássicos “Gracias a la Vida” e “Volver a los 17”, de autoria da compositora chilena Violeta Parra, além de “Maria Maria” e “San Vicente” de Milton Nascimento. 
 
Lívia Itaborahy  
Se formou em canto lírico pela Fundação Clóvis Salgado, e se graduou em educação musical pela UEMG. Atualmente cursa seu mestrado em Performance pelo Programa de Pós-graduação em Música da UFMG.
Participou como compositora de festivais da canção como o FEMUVRE, FEMPEL e Festival de Música das Minas Gerais onde foi finalista por dois anos.
Em 2013 foi selecionada como intérprete pelo Edital do Projeto Elas de Minas e em 2014 participou do programa The Voice Brasil onde interpretou a canção Vieste, de Ivan Lins.
Em 2016 passou uma temporada de investigação na Argentina onde cursou matérias como Tango e ritmos latinoamericanos.
Participou como compositora e intérprete de mostras como Mulheres Criando e Sonora e em 2018 foi selecionada pelo edital do Sarau Minas Tênis Clube para interpretar Ivan Lins.
Em 2019 atuou como intérprete convidada do programa de fados, tangos e clássicos da música Brasileira da Orquestra Ouro Preto e se apresenta com o Show SOY SOSA – Um tributo a Mercedes Sosa.
 
Arnon Oliveira é pianista, maestro, professor e pesquisador. Graduado em Piano e Regência pela Escola de Música da UFMG, onde hoje leciona Regência, é coordenador do Núcleo de Música Coral e dos corais do Centro de Musicalização Integrada (CMI) da UFMG e regente e diretor artístico do Coro Madrigale.
 
O Projeto Jardim Musical entra em seu segundo ano.  As edições anteriores receberam Clóvis Aguiar e Célio Balona, Amaranto e Tabajara Belo, Tadeu Franco, Duo Serenata, Ladston do Nascimento, Tadeu Franco Nolli Brothers e Celso Adolfo.  A constatação é de experiência singular, na capital mineira: um espaço onde as pessoas já compreenderam o diferencial de viver instantes especiais em audição e escuta ativa de boa música, em momento sensorial, para aguçar os sentidos, curtindo autores e intérpretes qualitativos, com a possibilidade de apreciar boa gastronomia e conexões refinadas, em ambiente intimista e sofisticado.
O evento realizado pela Casa Belloni (de Íris Perigolo e Bárbara Belloni) e Márcia Francisco, com curadoria e produção da jornalista, terá o jardim é aberto a partir das 19h. Show com início às 20h e término às 22h.  O bistrô estará em funcionamento.
Lugares ocupados por ordem de chegada ou reservas via whatsApp 31 84955337, ambos os processos sujeito à mesas compartilhadas.

Posts Relacionados

Ambientes Instagramáveis: A tendência que está bombando

Fotógrafa explica mais sobre esse conceito que está chamando...

Raquel Mello convida WIllian Nascimento para dueto inédito

“A caminhada com Jesus exige comprometimento e ânimo”, ressalta...

A Chave do Tempo e os Segredos da Magia

Ramon Bertasi é professor de Física e natural da...

Arícia Ferigato, lança “Pequenas Voltas”

Sou Arícia Ferigato, harpista, improvisadora e compositora, nascida em...

Programa Vai leva para parques e praças o divertido espetáculo

“Sem condições Futebol Circo” é um espetáculo circense recheado...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui