28.5 C
Belo Horizonte
qui, 29 fevereiro 24

Prosperidade Content filma documentário no Jequitinhonha

Asas do Jequitinhonha, baseado na história de vida e luta de Luciano Silveira, registra a cultura e personagens centrais da região

Com roteiro e direção de André Meirelles Collazzo (de Helen), a equipe da Prosperidade Content está em campo: desde o último dia 30 segue imersa na cultura e nos personagens que deram à Jequitinhonha o título de Patrimônio Cultural de Minas Gerais. O Vale do Jequitinhonha é riquíssimo em artesanato, trabalho com barro, arte manual, canções populares, corais e música, elementos também envolvidos por heranças indígena e quilombola. Por outro lado, a região é bastante pobre economicamente e a visão externa sobre o Vale fica, muitas vezes, atrelada à carências.

O documentário em longa metragem que a Prosperidade está produzindo olha justamente para a força: a arte pulsante e a relação com seus fazedores e moradores. Luciano Silveira, artista e liderança cultural de Araçuaí, é quem conduz esse caminho. À frente da companhia teatral Ícaros do Vale e do coral Araras Grandes, o ator e diretor de 43 anos, produz um repertório rico e diversificado, pesquisa, agrega moradores de todas as idades e, como se fosse pouco, luta pela memória do local e para a criação de oportunidades aos jovens locais – desde os seus 14 anos. Diz ele que se cansou de ver os amigos e, na sequência, gerações mais novas que a sua indo embora de seu território de nascença e infância atrás de emprego e renda em cidades maiores.

O filme está registrando encontros com os grupos Trovadores do Vale, Coral das Tecelãs, Banzo, Coral Flor da Terra e Canto dos Machadeiros, entre outros. A artesã Maria Lira, mais uma referência de Jequitinhonha, também integra o Asas: aborda o processo de resgate de músicas populares da comunidade e a sua importância.

Jequitinhonha, que no dialeto dos Maxacalis significa “rio largo e cheio de peixes”, vive sob forte herança dos povos originários e reúne os Aranãs, Pankararus e Pataxós. Populações quilombolas também vivem ali, assim como mais de 950 mil brasileiros, banhados pelo rio de mesmo nome. O documentário estará em TV educativa, deve integrar o circuito de festivais (no Brasil e exterior); na sequência, ganha exibição em TV fechada e streaming.

FICHA TÉCNICA de Asas do Jequitinhonha – Prosperidade Content

Direção e roteiro: André Meirelles Collazzo

Produção executiva: Luana Furquim

Pesquisa: Renata Aquino

 

 

Posts Relacionados

Temporada de pesca na Lagoa Silvana após o período de piracema

Depois da longa espera, chegou um dos momentos mais...

Santa Luzia sedia Fórum de Cidades Digitais e Inteligentes

A implantação das cidades inteligentes na Região Metropolitana de...

Natiruts faz tour de despedida “Leve com Você” em Minas

Basta dar um play em qualquer uma das músicas do Natiruts – ao...

Gustavo Tubarão lança livro em Belo Horizonte

Natural da cidade de Cana Verde, localizada na região...

Akatu se apresenta em BH nesta sexta-feira

O Akatu, grupo mineiro de samba e pagode, formado...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui