26.1 C
Belo Horizonte
dom, 21 abril 24

Empresa mostra inclusão com contratação de jovens com deficiência

Aprendizes formados pela Rede Cidadã em Belo Horizonte são efetivados pela Montreal

Uma iniciativa de inclusão de uma empresa mineira da área de tecnologia da informação mostrou que não apenas é possível, mas necessária e benéfica para as organizações e para toda a sociedade a inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. A Montreal Informática, com sede em Belo Horizonte, acaba de contratar para integrar a sua equipe um grupo de jovens aprendizes com deficiência, formados dentro do projeto da Rede Cidadã.

Os jovens, que durante dois anos participaram do programa de aprendizagem desenvolvido pela entidade junto à Montreal, passam a fazer parte do quadro efetivo da empresa numa área que foi desenvolvida especialmente para possibilitar essa integração – um núcleo que realiza a conferência de documentação trabalhista, fiscal e tributária de empresas terceirizadas. “Conseguimos criar um ambiente inclusivo, em que todos trabalham em parceria, e ao mesmo tempo alcançar uma capilaridade, possibilitando à empresa contratar mais pessoas e fazê-las evoluir nesse processo”, salientou a diretora regional da Montreal na capital mineira, Lúcia Alvarenga.

Nesse ambiente, os novos membros recebem mentoria e trabalham diariamente, participando de treinamentos e compartilhando conhecimentos com os colegas da empresa. “Eles recebem orientações e compartilham muitas experiências de vida. Há uma atmosfera de amor, empatia e companheirismo que não se restringe apenas ao trabalho”, completa Alvarenga.

A jovem Eduarda da Silva Ferreira tem 20 anos, é deficiente auditiva e acaba de ser contratada pela Montreal. “Não tinha experiência antes. Com a turma da Rede Cidadã, desenvolvi muitas habilidades, aprendi a me soltar, vencer a timidez e ter mais segurança para trabalhar”, comenta ela. Thiago Henrique Alves de Oliveira, de 23 anos, também se formou no programa e foi efetivado pela empresa. Ele tem transtorno do espectro autista. “Foi uma experiência muito produtiva. Aprendi muitas coisas que aplicarei no dia a dia e levarei para a vida”, reforça.

Desde que os jovens começaram a trabalhar na Montreal, como aprendizes, em 2022, a empresa viu os resultados melhorarem, com aumento expressivo no volume de processamento de dados: 14% de aumento nos lotes, 21% nos documentos e 9% nas páginas que são conferidas por eles.

O diretor jurídico e de compliance da Rede Cidadã, João Paulo de Araujo Pinto, explica que a Montreal foi a primeira empresa a firmar um termo de parceria com a entidade, 21 anos atrás, para receber menores aprendizes formados nos programas da Rede. “Já entendiam que a aprendizagem é o primeiro caminho para a entrada no mundo trabalho de jovens que não têm outras oportunidades.

Ele ressalta a importância da parceria com empresas. “Nós iniciamos o processo de formação dos aprendizes, mas se não tiver empresas parceiras que os recebam, não há evolução”.

Projeto inclusivo – O projeto de inclusão da Rede Cidadã visa capacitar e encaminhar pessoas com deficiência e reabilitadas ao mundo do trabalho. O objetivo é desenvolver habilidades profissionais e ampliar as relações interpessoais dessas pessoas, para que tenham maiores oportunidades de se inserir no mercado. São implementadas ações de formação diferenciadas, em parceria com empresas e instituições, oferecendo atendimento especializado aos participantes com qualquer tipo de deficiência ou limitação. Depois de formados, os participantes do programa continuam contando com o apoio da Rede, que os acompanha durante todo o processo de inserção até o fim da permanência nas empresas.

Posts Relacionados

Ambientes Instagramáveis: A tendência que está bombando

Fotógrafa explica mais sobre esse conceito que está chamando...

Raquel Mello convida WIllian Nascimento para dueto inédito

“A caminhada com Jesus exige comprometimento e ânimo”, ressalta...

A Chave do Tempo e os Segredos da Magia

Ramon Bertasi é professor de Física e natural da...

Arícia Ferigato, lança “Pequenas Voltas”

Sou Arícia Ferigato, harpista, improvisadora e compositora, nascida em...

Programa Vai leva para parques e praças o divertido espetáculo

“Sem condições Futebol Circo” é um espetáculo circense recheado...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui