19.6 C
Belo Horizonte
seg, 17 junho 24

Músico e compositor Silão lança o EP “Ramos Longos da Vida”

Canções celebram o amor e a harmonia de sua história familiar

O cantor, compositor e instrumentista Silão retoma suas atividades musicais com o lançamento do EP “Ramos Longos da Vida”. O trabalho, como frisa o artista, é em homenagem à sua falecida esposa Morena (1954-2018) e aos filhos Amana e Pedro. O músico reflete sobre esse convívio ao comentar “De mãos dadas”, a primeira faixa do EP, dedicada à amada: “Embora ainda dolorido com sua perda, imprimi alento à canção. Nossa vida a dois, mesmo havendo algumas turbulências, sempre foi amorosa, profunda e bem-humorada”. Por isso, Silão explica, a levada de samba e soul numa mistura pop, honrando a dádiva da vida pra seguir adiante.

“Pomar”, uma bossa-pop, retrata o grande e generoso quintal da casa de fundos alugada onde a filha Amana nasceu há 40 anos. “Bananeiras, amoreira, pés de café, flores e até uma pequena horta naturaram seu percurso inicial”, comenta Silão. Para ele, Amana, Pedro e suas respectivas famílias são os ramos que se alongam vida adentro.

O blues-jazz “Noites e dias”, por sua vez, relembra as histórias malucas contadas ao filho Pedro, situações em que às vezes Morena precisava intervir, “quando gargalhávamos e o menino não pegava no sono”, conta. “A música narra também nossas conversas bacanas de hoje”, diz Silão.

Nas gravações de “Ramos Longos da Vida”, Silão cantou e fez todos os vocais, tocou violão e guitarra e cuidou dos arranjos, em parceria com o multi-instrumentista, produtor e arranjador Celson Ramos (1966-2022), amigo e colaborador a quem agradece e presta homenagem. Celson Ramos cuidou ainda da produção e executou diversos instrumentos, juntamente com os convidados especiais Breno Mendonça (sax em “Pomar”) e Osmar Souza (gaita em “Noites e dias”).

Cantar com os filhos e a esposa sempre foi um ato de prazer e também de criação para Silão, o que está refletido plenamente nas canções de “Ramos Longos da Vida”. Seu último lançamento fonográfico foi “Silão & Tribo Amorosa” (2022), que resgata e rearranja canções compostas basicamente por seus filhos quando crianças.

Em sua trajetória como compositor e cantor, além do álbum citado, Silão lançou o álbum “Olhos Acesos” (2018) e o EP “Te ver agora” (2020), todos disponíveis nas plataformas digitais.

Silão também escreve, usando o nome Silas Velozo. Possui três livros publicados de forma independente e escritos esparsos no Facebook. O último livro, “A Duração das Avelãs”, tecido em parceria com a irmã Vanessa V. Gomes, reúne memórias poéticas e bem-humoradas de sua família, parentes e amigos.

 “Ramos Longos da Vida” – EP de Silão, com as faixas “De mãos dadas”, “Pomar” e “Noites e dias”. Participações de Celson Ramos (vários instrumentos e produção em estúdio), Breno Mendonça (sax) e Osmar Souza (gaita). Produção executiva de Silão. Masterização de Chistiano Caldas. Disponível em todas as plataformas de música.

Posts Relacionados

“Paco Pigalle: La Fiesta” chega à sua terceira edição em BH

“Paco Pigalle: La Fiesta” ganha sua terceira edição em...

Projeto social impulsiona futebol feminino e transforma vidas

Um projeto em Minas Gerais vem se destacando por...

João Ventura em Belo Horizonte no Clube de Jazs

O pianista, cantor e compositor João Ventura se apresentará...

Começa o Festival do Queijo Artesanal de Minas

Teve início nesta quinta-feira (13/6), a 6ª edição do...

Fernando e Sorocaba levam o Churrasco On Fire para Betim

A dupla Fernando e Sorocaba desembarca na cidade de Betim,...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui