16.8 C
Belo Horizonte
ter, 18 junho 24

Rehagro lança cursos livres de curta duração para o agronegócio

Cursos abrangem as áreas de Café, Grãos, Leite e Corte. Em breve chegam os de Gestão

Conhecimento prático: “aprendo hoje, uso amanhã”. Essa a ideia que deu base para uma série de cursos livres on-line, de curta duração, lançados pelo Rehagro, referência em educação e difusão de conhecimento no agronegócio brasileiro. “Nossos cursos livres têm foco na aplicabilidade, alguns com exemplos reais, filmados no próprio campo e outros com demonstrações em sala”, explica Alex Prado, gerente de Estratégia Comercial Digital do Rehagro. “Em coerência com nosso DNA, nos preocupamos em gerar resultados para os clientes”, diz Prado. O diferencial é que no Rehagro os professores são também consultores que atuam em fazendas de clientes em 17 estados do Brasil. “Essa experiência real é transferida diretamente para as atividades de ensino”, diz ele.

Já foram lançados oito cursos livres e o Rehagro lançará outros cinco ainda neste mês de outubro. Até o final do ano, a grade deverá chegar a 25 cursos nesse formato. Voltados para produtores, técnicos agrícolas, consultores e gestores de empresas ligadas ao agronegócio, os cursos cobrem as áreas de café, grãos, leite e corte. Haverá ainda, mais à frente, cursos sobre gestão. “A duração média varia entre 5 e 15 horas, ou seja, pode ser feito em um fim de semana”, indica Prado. Em alguns casos, há apostilas técnicas para consulta e complementação. Os cursos estão com uma condição promocional de lançamento e, com esses descontos, o valor médio fica em torno de R$ 397.

Com mais de 20 anos de atuação na educação especializada no agronegócio e 35 mil alunos treinados, o Rehagro ouviu as demandas do mercado para os cursos livres. “Foram desenhados para quem quer otimizar o tempo e prefere fazer só a matéria que atende a uma necessidade específica e imediata”, informa Alex Prado. Cursos livres são uma oportunidade adicional para quem quer imprimir um ritmo mais forte e rápido ou para quem está com o tempo restrito e precisa ir mais devagar. “O curso livre a pessoa faz quando pode, no tempo dela. A vida corrida aumenta a necessidade de se adquirir conhecimento de forma prática e flexível”, completa Prado.

Café, grãos, leite e corte 

Na área do café, o Rehagro lançou dois cursos livres: “Passo a passo no pós-colheita para cafés de qualidade”, e “Correção do solo e adubação do café arábica”. Na área de grãos, as opções são: “Pulverização perfeita: mais produtividade e menos desperdício” e “Eficiência máxima na aplicação de corretivos e fertilizantes”. Na área do leite, são quatro opções: “Como ter sucesso na criação de bezerras leiteiras”, “Segredos para reduzir a mastite e melhorar a qualidade do leite”, “Manejo alimentar para aumento do lucro na produção de leite” e “Como crescer o rebanho leiteiro através da reprodução eficiente”, já na área do corte, são dois cursos: “Estratégia e melhores práticas na integração lavoura-pecuária (ILP)” e “Anatomia e fisiologia da digestão em gado de corte – Bases da nutrição para aumento do desempenho em gado de corte”.

Mais informações no site do Rehagro: https://rehagro.com.br/formacoes/cursos-livres

 

O Rehagro  

O foco do Rehagro é ser uma ponte de aprendizado que transforma a ciência em ferramentas e metodologias acessíveis a todos no agronegócio, por meio de cursos de capacitação, graduação e pós-graduação, aplicados nos modelos online, híbrido e presencial. Além disso, ainda oferece treinamentos corporativos personalizados, baseados nas necessidades e demandas de cada empresa.

Mais de 35 mil pessoas já foram impactadas positivamente com o ensino do Rehagro. Foram mais de 17 mil pessoas treinadas nos cursos de capacitação, 7 mil pessoas se tornaram especialistas com as pós-graduações e mais de 11 mil pessoas nos treinamentos corporativos.

Além da educação personalizada, o Rehagro presta serviços de consultoria em 17 estados brasileiros, acompanhados por técnicos de alto nível e reconhecidos no mercado. A empresa ainda oferece soluções em diagnósticos por meio dos laboratórios de análises de solos e forragem, transformando dados em informações para a tomada de decisão baseada em números e geração de inteligência.

Posts Relacionados

“Paco Pigalle: La Fiesta” chega à sua terceira edição em BH

“Paco Pigalle: La Fiesta” ganha sua terceira edição em...

Projeto social impulsiona futebol feminino e transforma vidas

Um projeto em Minas Gerais vem se destacando por...

João Ventura em Belo Horizonte no Clube de Jazs

O pianista, cantor e compositor João Ventura se apresentará...

Começa o Festival do Queijo Artesanal de Minas

Teve início nesta quinta-feira (13/6), a 6ª edição do...

Fernando e Sorocaba levam o Churrasco On Fire para Betim

A dupla Fernando e Sorocaba desembarca na cidade de Betim,...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui