16.5 C
Belo Horizonte
dom, 16 junho 24

Everesting, acontece em BH neste final de semana

Desafio é organizado pelo montanhista Gustavo Ziller e pelo ultraciclista Vinicius Freitas

No final de semana, dias 8 e 9 de junho, acontece em Belo Horizonte, aos pés da Serra do Curral, um dos maiores desafios de ciclismo do mundo: Everesting. O conceito de Everesting é radicalmente simples: escolher uma subida, em qualquer lugar do mundo, e completar repetições dela em uma única atividade até atingir 8.848m – a altura equivalente ao Monte Everest.

O Everesting BH é organizado pelos amigos de longa data, Gustavo Ziller (montanhista, vigésimo sexto brasileiro a conquistar o Monte Everest) e Vinicius Freitas (ultraciclista, finisher de provas de 1000km como Bikingman e o Across Andes), que fundaram em 2023 uma equipe de Ciclismo de Aventura.

Dessa vez, os dois convidaram outros atletas amadores da comunidade de ciclistas da cidade para completar o percurso total, ou realizar a metade da altura do Monte Everest.

Diferentemente de outras edições do Everesting realizadas mundo afora, os organizadores do Everesting BH escolheram um trecho urbano, a Avenida Agulhas Negras, no bairro Mangabeiras, entre a Praça da Bandeira e a Praça do Papa. A escolha busca chamar atenção para a preservação da Serra do Curral.

“Queremos chamar a atenção para a importância da preservação da Serra do Curral e também para o direito dos ciclistas estarem nas ruas, usufruindo da cidade, transitando nas vias urbanas com segurança e respeito”, afirma Vinícius.

Os participantes, ciclistas experientes em longas distâncias, vêm treinando há alguns meses para este desafio e darão a largada no dia 8, sábado, às 4h da manhã, da Praça da Bandeira, subindo até a Praça do Papa aproximadamente 82 vezes. O percurso total será de 213 quilômetros, constituindo um colossal esforço de resistência física e mental que deve durar cerca de 33 horas para finalizar.

Assim como ocorre na escalada do Monte Everest, a Praça da Bandeira funcionará como um Campo Base, concentrando a estrutura de apoio, alimentação, hidratação e descanso dos ciclistas. No domingo, dia 9, será montado na praça um espaço de convivência para a torcida, familiares e amigos, além da exposição dos equipamentos que Ziller usou para subir o Monte Everest em 2021.

O desafio é oficialmente homologado através do aplicativo Strava, pela Hells 500, entidade australiana que criou o Everesting em 2014, hoje uma febre no ciclismo mundial. O portal Everesting.cc orienta e estabelece regras para os ciclistas de todo o mundo.

Everesting BH conta com o apoio da Sense/Swift Bikes, Nomad Sports, INCC, Estúdio Lupe, Néctar da Serra, Nimbos Hamburgueria, Alquimia da Saúde, Z2 Performance, Casulo Bio Hacking e Tecar Automóveis.

SERVIÇO

Desafio de subida Everesting BH

Data: 8 e 9 de junho

Início: Dia 8, sábado, às 4h da manhã, na Praça da Bandeira

Duração prevista: cerca de 33 horas para o percurso

Local: Avenida Agulhas Negras, entre a Praça da Bandeira e a Praça do Papa

Distância total: 213 quilômetros

Altura a ser completada: 8.849 metros de ascensão (cerca de 82 voltas no trajeto)

Nutricionista do desafio: Janaína Goston

Homologação: Pela Hells 500 através do aplicativo Strava

Posts Relacionados

Projeto social impulsiona futebol feminino e transforma vidas

Um projeto em Minas Gerais vem se destacando por...

João Ventura em Belo Horizonte no Clube de Jazs

O pianista, cantor e compositor João Ventura se apresentará...

Começa o Festival do Queijo Artesanal de Minas

Teve início nesta quinta-feira (13/6), a 6ª edição do...

Fernando e Sorocaba levam o Churrasco On Fire para Betim

A dupla Fernando e Sorocaba desembarca na cidade de Betim,...

Inverno Mágico de Tiradentes começa em julho

Para quem gosta de passeios voltados ao tema religioso,...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui