21.4 C
Belo Horizonte
sex, 23 fevereiro 24

Confraria do Groove faz shows gratuitos em parques de BH

Repertório privilegia Clube da Esquina e compositores mineiros

Um passeio pela música do Clube da Esquina e as sonoridades mineiras tendo como cenários as paisagens dos parques de Belo Horizonte. Esta é a proposta da Confraria do Groove, que vai aportar com o projeto “Groove Gerais nos Parques de BH” em cinco espaços da capital mineira.

As apresentações, que contemplam canções de Milton Nascimento, Lô Borges, Toninho Horta, Vander Lee, Serginho Marques e Leo Moura, entre outros, vão acontecer sempre às 14h30, nos seguintes locais: Parque Ecológico Roberto Burle Marx, no dia 20 de janeiro; Parque Conjunto Estrela Dalva, no dia 27; Parque das Mangabeiras, no dia 28; Parque Marcos Mazzoni, no dia 3 de fevereiro; e no Centro de Referência da Cultura Popular e Tradicional Lagoa do Nado, no dia 4. A entrada é franca em todos os shows.

Do repertório do Clube da Esquina, a Confraria do Groove vai interpretar “Tudo o Que Você Podia Ser” (Márcio Borges e Lô Borges), “Fé Cega, Faca Amolada” (Milton Nascimento e Ronaldo Bastos), “Maria, Maria” e “Nos Bailes da Vida” (Milton e Fernando Brant), “Beijo Partido” (Toninho Horta), e “Clube da Esquina 2” (Milton Nascimento, Lô Borges e Márcio Borges). O cardápio privilegia ainda “Todo Azul do Mar” (Flávio Venturini e Ronaldo Bastos), “Caçador de Mim” (Sérgio Magrão e Luiz Carlos Sá) e canções de outros compositores mineiros: “Mascate” (Renato Guiam), “Doce Menina” (Serginho Marques), “Bonina” (Serginho Silva), Quarentena Days” (Leo Moura) e “Onde Deus Possa me Ouvir” (Vander Lee),

No projeto “Groove Gerais nos Parques de BH”, o trompetista Adriano George da Confraria do Groove vai se apresentar ao lado de três músicos convidados: o saxofonista e multi-instrumentista Leo Moura, o vocalista Serginho Marques e o guitarrista Luiz Peixoto.

Trompetista, produtor musical e cultural, Adriano George Iniciou sua carreira em 1992, na banda Sine Qua Non, integrando mais tarde a banda Berimbrown (1998 a 2012), com a qual fez diversas turnês pelo Brasil, Europa (Alemanha, Áustria, Dinamarca, Eslovênia e Suíça) e Estados Unidos. Participou do show de lançamento do DVD “Pietá”, de Milton Nascimento, no Canecão/RJ (2006), do CD Bituca na Batida do Berimbrown, na produção do CD “Soul da Paz”, de Gerson King Combo e do Projeto “Trompetes do Mundo em Minas Gerais” (2015), que teve como convidados os trompetistas americanos Jesse McGuire e Jack Schantz.

Além de saxofone, Leo Moura toca flauta, gaita, piano, teclado, violão, baixo e guitarra. Fez apresentações com Cláudio Zoli, Paulinho Pedra Azul, Milton Guedes, Leo Pires, Manitu, Afro Reggae, Sandra de Sá, Wilson Sideral, Rogério Flausino, Daniel Bravo, Bruno Lopes e Banda Cash, entre muitos outros artistas. Em 2013 lançou o CD “Leo Moura Toca Clara Nunes” e em 2022, se apresentou com Confraria do Groove no show “Tributo a Tim Maia 80 Anos” nos Parques de Belo Horizonte.

Ex-vocalista das bandas Lombinho com Cachaça e B’jala, Bantuquerê, Serginho Marques desenvolve atualmente um sólido trabalho solo, apresentando-se também em diversas formações, como no show “Para Sempre Vander Lee”, ao lado do guitarrista Luiz Peixoto.

Um dos fundadores da banda Dib Six, em 1992, o violonista e guitarrista Luiz Peixoto atuou também na banda Último Trem, criada em 1984, e na Tamanduá Bandeira, que desenvolvia um som instrumental influenciado pelo jazz. Trabalhou ainda como instrumentista em shows em teatros e casas noturnas, e acompanhou artistas renomados, como Vander Lee, Bolão, Zeca Baleiro e Leci Estrada. Participou da trilha sonora do filme “Uma Onda no Ar” (2002), de Helvécio Ratton, bem como do CD “Arranjos e Trilhas”, de Fernando Muzzi, e dos dois DVDs de Vander Lee, “Entre” e “Pensei que Fosse o Céu”, este gravado ao vivo no Palácio das Artes.

O projeto Confraria do Groove – Groove Gerais nos Parques de BH conta com recursos do Edital da LMIC de Belo Horizonte.

 

Confraria do Groove – Groove Gerais nos Parques de BH

Dia 20/01/24 – Parque Ecológico Roberto Burle Marx (Av. Ximango, 809 – Flávio Marques Lisboa), às 14h30.

Dia 27/01/24 – Parque Conjunto Estrela Dalva (Rua Costa do Marfim, 400 – Estrela Dalva), às 14h30.

Dia 28/01/24 – Parque das Mangabeiras (Av. José do Patrocínio Pontes, 580 – Mangabeiras), às 14h30.

Dia 03/02/24 – Parque Marcos Mazzoni (Rua Deputado Bernardino de Sena Figueiredo, 1022 – Cidade Nova), às 14h30.

Dia 04/02/24 – Centro de Referência da Cultura Popular e Tradicional Lagoa do Nado (Rua Min. Hermenegildo de Barros, 904 – Itapoã), às 14h30.

Duração do show: 90 minutos.

Entrada franca.

Posts Relacionados

Apostas Virtuais: um mergulho no universo dos simuladores e jogos online

As apostas virtuais vêm ganhando cada vez mais espaço...

Mitos comuns sobre Cassinos Online desmistificados

Os cassinos online têm crescido em popularidade nos últimos...

Atriz e cordelista Bianca Freire estreia “3 Contos de Amor”

“Um espetáculo que vem sendo construído desde que eu...

Programação cultural enriquece Carnaval da PBH

Após 23 dias de celebração intensa em todos os...

Projeto Jardim Musical recebe a cantora Lívia Itaborahy

“Soy Sosa – um Tributo à Mercedes Sosa” com...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui