17.3 C
Belo Horizonte
seg, 22 abril 24

Música aos Montes expande e se desdobra em mais um selo musical

Selos propõem um modelo inovador no mercado, com suporte da composição à gestão de carreira

Conhecido por impulsionar carreiras musicais, o selo Música aos Montes, liderado pela dupla Carol Figueiredo e Dan Oliveira, desdobra-se em uma nova frente de trabalho em 2024: o selo Aporta Records. O projeto segue o mesmo propósito pelo qual o MaM ficou reconhecido: lapidar artistas oferecendo um suporte 360º, da composição à gestão de carreira. Porém, na novidade, o foco é em estilos mais urbanos, como o trap, rap, rock, pop e indie.

Os artistas assessorados pelo Música aos Montes atravessam os gêneros da MPB e jazz, principalmente. “O MaM já tem uma identidade muito fixada e, com tanta efervescência no mercado, artistas com tanto talento, mas que não são desses gêneros, MPB e Jazz, vimos a necessidade de abrirmos um novo selo com uma nova identidade” comenta Carol Oliveira, diretora-executiva dos projetos.

O selo Aporta Records tem inauguração prevista para março e já possui dois artistas confirmados: Tuzin e Pêtra, ambos residentes em Belo Horizonte. O Música aos Montes, que já conta com Flor Grassi, Cruvinel, Davi Leão e Túlio Dayrell, também irá anunciar novos nomes este ano.

Ambos possuem grandes diferenciais em relação a outros selos musicais. Além de cuidar de todas as etapas dos lançamentos, são espaços para os artistas encontrarem e desenvolverem sua identidade musical. Em 2023, o MaM desenvolveu vários campings de composição, que propõem um momento de troca entre os integrantes para criarem e discutirem ideias.

Após os lançamentos, o trabalho continua. Carol e Dan também investem em uma gestão de carreira cuidadosa, apontando os melhores caminhos para adentrar e se fixar no mercado musical.

Os integrantes ressaltam a qualidade técnica da equipe. “Eu sinto que a curadoria já começa muito aprimorada, o selo investe em quem acredita mesmo. Depois ainda há um zelo muito grande na produção artística. Eles sentam, analisam as composições do artista, que não necessariamente estão prontas, ou ajudam a criar do zero. Trabalham a composição, montam um arranjo prévio. Depois, a música é gravada chamando somente os melhores músicos para parceria. O trabalho é rico porque é em equipe” comenta Davi Leão.

DESTAQUES EM 2023

Em 2023, o Música aos Montes lançou trabalhos extensos, em que esteve presente em todas as etapas da produção e lançamento: o álbum “Absorvendo Tudo” de Cruvinel e o EP “Villa Rica” de Davi Leão. Os trabalhos já ultrapassam 299 mil e 50 mil plays, respectivamente, no Spotify.

Flor Grassi também lançou junto ao selo o primeiro lançamento autoral da carreira, “Saudade Invade”, que hoje já ultrapassa 250 mil plays. O single “Dia Dourado”, lançado em agosto de 2023, tem mais de 140 mil plays e ainda fará parte de um EP da cantora este ano.

O Música aos Montes ainda distribuiu trabalhos de diversos artistas como Rafa Bicalho, Pablo Castro e Ana Rodrigues, além do EP “Querença” de Túlio Dayrell. Ao todo, o selo obteve mais de 1,5 milhão de plays em 2023.

NAS REDES

https://www.instagram.com/musicaaosmontes/

https://www.youtube.com/@MusicaAosMontes

https://www.instagram.com/aportarecords/

Posts Relacionados

Ambientes Instagramáveis: A tendência que está bombando

Fotógrafa explica mais sobre esse conceito que está chamando...

Raquel Mello convida WIllian Nascimento para dueto inédito

“A caminhada com Jesus exige comprometimento e ânimo”, ressalta...

A Chave do Tempo e os Segredos da Magia

Ramon Bertasi é professor de Física e natural da...

Arícia Ferigato, lança “Pequenas Voltas”

Sou Arícia Ferigato, harpista, improvisadora e compositora, nascida em...

Programa Vai leva para parques e praças o divertido espetáculo

“Sem condições Futebol Circo” é um espetáculo circense recheado...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui