24.7 C
Belo Horizonte
ter, 18 junho 24

René Machado chega a Minas Gerais com sua primeira individual

Artista plástico leva série “Compositions” para Lemos de Sá Galeria, em Belo Horizonte

O carioca René Machado tem se destacado e ganhado reconhecimento de seu trabalho por críticos, curadores e pessoas ligadas ao círculo das artes. Esse ano, René entrou no ranking dos 10 artistas mais procurados pelos colecionadores dentro do marketplace da ArtRio, uma das maiores feiras do segmento da América Latina, onde, inclusive, teve sold out em sua primeira individual na última semana.

René também levou suas obras para os telões, backstage e camarins do Palco The One, do The Town-SP. Agora, o artista se prepara para levar a série “Compositions” para Belo Horizonte. De 30 de setembro a 20 de outubro, ele apresentará mais de 10 obras com texto crítico de Vanda Klabin na Lemos de Sá Galeria.

“Amo as Minas Gerais, tenho muitos amigos, muitas andanças, e fico muito feliz de fazer minha primeira individual na cidade de Belo Horizonte, com a categoria da Beatriz, a frente da Lemos de Sá Galeria”, afirma René, que é um dos indicados ao Prêmio Pipa 2023, reconhecidamente o mais prestigiado prêmio da arte contemporânea brasileira.

Formado pela Escola de Artes Visuais do Rio de Janeiro, tem na pintura seu foco principal.  A obra de René se insere em uma linhagem de artistas que buscam vasculhar as possibilidades da pintura depois dos estrondos técnicos, visuais e conceituais causados pela Pop Art ou, ainda, pelas pinturas tragicômicas dos neoexpressionistas dos anos 1980. Prince, Richter e Wool, são alguns dos nomes que na arte atual têm se aventurado a evocar e reprocessar as obras de nomes como Warhol ou Polke, sem, no entanto, temer as suas figuras e conquistas históricas singulares.

Suas obras têm percorrido diversos países e instituições de arte tais como: Brasil, EUA, Itália, Espanha e França. Figuram em coleções importantes, destacando Luciano Benetton e coleção Fadel. Em 2020, criou a Casa Arlette, na Gávea, Rio de Janeiro, um centro de produção artística contemporânea, que além dos artistas residentes, se tornou um espaço de encontro entre intelectuais dos gêneros da arte.

Sucesso na ArtRio

O artista plástico René Machado teve um dos estandes mais movimentados na ArtRio. Não só por críticos, curadores e colecionadores, mas também por artistas de todos os segmentos da arte. No primeiro dia de evento, René recebeu o selo do crítico e curador Paulo Herkenhoff, que escolheu algumas obras específicas, se tornando uma referência com a chancela de doação para o Museu Nacional de Belas Artes. Com o selo “Doe essa obra ao Museu Nacional de Belas Artes”, uma das telas da série “Compositions”, poderá ocupar um dos museus mais importantes do mundo. Paulo foi curador-chefe do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, o MAM-RJ; curador adjunto no departamento de pintura e escultura do Museu de Arte Moderna de Nova York, o MoMA; diretor-geral do Museu de Belas Artes do Rio de Janeiro e o foi o primeiro diretor cultural do Museu de Arte do Rio, o MAR.

Desde o primeiro dia, René recebeu nomes como a historiadora e curadora Vanda Klabin, o artista visual e professor Carlos Zilio, o artista Waltercio Caldas, o professor e curador  Fernando Cocchiarale, o crítico Marcus Lontra, o educador Charles Watson, o pintor Arjan Martins, o membro do comitê do Prêmio Pipa Heitor Reis, o escritor e poeta Eucanaã Ferraz, o artista Raul Mourão, Paula Marinho e o arquiteto Miguel Pinto Guimarães, artistas como Eduardo Moscovis, Guilhermina Guinle, Cissa Guimarães, Flavia Alessandra, Fernanda Rodrigues, Regina Casé, Thiago Lacerda, o produtor Ricardo Nauenberg, o estilista Heckel Verri, entre muitos outros. O sucesso de público garantiu não só um dos estandes mais comentados, quanto a venda de todas as obras.

René Machado no The Town

A Cidade da Música, em Interlagos, recebeu mais de 235 horas de shows, espalhados por sete grandes espaços, cinco palcos e uma cenografia inspirada nos ícones da arquitetura paulistana. O The Town foi um grande espetáculo não só de música, mas, de cultura e muita arte. Dentro do contexto artístico, a convite de Ana Biavaschi, diretora de cenografia do The Town e do Rock in Rio, o artista carioca René Machado participou com sua nova série “Compositions” do festival em São Paulo.

René já é conhecido no Rock in Rio, onde desde 2017, é responsável por criar artes e painéis exibidos nos bastidores do Palco Sunset. Em São Paulo, o artista,esteve com diversas obras no backstage do palco The One, e também projetadas nos telões do palco, nos intervalos dos shows.

O palco teve o conceito de representar a cultura e os museus de São Paulo e teve obras exibidas entre cada show. René Machado fez também ativações dentro dos camarins, que foram ocupados ocupados por artistas como Racionais MC´s, Criolo, Seu Jorge, Ney Matogrosso, Ne-Yo, Angélique Kidjo, Gloria Groove, Marina Sena, Pabllo Vittar e muito mais.

Serviço:

René Machado – “Compositions”

De 30 de setembro a 20 de outubro

Local: Lemos de Sá Galeria – R. Germano Chati, 255 – Mangabeiras, Belo Horizonte – MG, 30315-120

Horários: de Segunda a sexta-feira, de 10h às 17h e sábado de 10h Às 13h

Agende sua visita: https://www.lemosdesagaleria.com/exposicoes

Informações: https://www.instagram.com/renemachado_/

Posts Relacionados

Betim abrirá nova unidade da Mundo Animal Lanchonete Temática

Uma nova unidade da franquia Mundo Animal Lanchonete Temática...

“Paco Pigalle: La Fiesta” chega à sua terceira edição em BH

“Paco Pigalle: La Fiesta” ganha sua terceira edição em...

Projeto social impulsiona futebol feminino e transforma vidas

Um projeto em Minas Gerais vem se destacando por...

João Ventura em Belo Horizonte no Clube de Jazs

O pianista, cantor e compositor João Ventura se apresentará...

Começa o Festival do Queijo Artesanal de Minas

Teve início nesta quinta-feira (13/6), a 6ª edição do...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui