18.4 C
Belo Horizonte
seg, 15 julho 24

Lenda das Estrelas chega com uma ampla programação cultural

A 3ª edição do Tanabata Matsuri - Lenda das Estrelas acontecerá nos dias 6 e 7 de julho de 2024 em Belo Horizonte, Minas Gerais, no estacionamento do Shopping Minascasa e no Jardim Japonês, na Pampulha.

O festival é inspirado na lenda japonesa de Orihime, princesa tecelã e Kengyu (ou Hikoboshi) jovem pastor, representados pelas estrelas Vega e Altair, que viviam próximos à Via Láctea e se apaixonaram perdidamente. Os dois, sempre muito trabalhadores e responsáveis com suas tarefas, passaram a descumprir com suas obrigações, vivendo apenas do romance e provocando a ira do Rei Celestial, pai de Orihime, que decidiu separá-los em lados opostos da Via Láctea (rio Amanogawa). Orihime, então, chorou e implorou muito a seu pai, que se comoveu e permitiu que se encontrassem uma vez por ano, no sétimo dia do sétimo mês do calendário lunar.

Em agradecimento à dádiva recebida, o casal deve atender a todos os pedidos vindos da Terra, escritos em papéis coloridos (Tanzakus) e pendurados em bambus (sasadake). Decorações coloridas  e arvores de bambu com tanzaku são vistas enfeitando as casas, assim como as praças e ruas principais de muitas cidades japonesas.

Reza a lenda que celebra o encontro entre as estrelas, na crença na magia do amor verdadeiro e a perseverança em alcançar metas.

As duas primeiras edições foram um sucesso, e a 3ª promete entregar ainda mais!

Durante o Festival Tanabata, existe o costume tradicional de se escrever desejos em um pequeno pedaço de papel colorido (Tanzaku), que depois são pendurados em ramos de bambu, na esperança de que o desejo se torne realidade. Após o término do Tanabata Matsutri, os pedidos serão queimados para que a fumaça alcancem as estrelas e seu pedido possa ser realizado.

O Tanabata Matsuri tem suas raízes na cultura japonesa e é celebrado há mais de 1.150 anos, sendo o maior Festival  tradicional no Japão.  No Brasil, o festival começou em São Paulo, em 1979, no bairro da Liberdade, e é considerado um dos maiores eventos nipo-brasileiros. Em Belo Horizonte, o festival tem se consolidado como um importante evento cultural, atraindo milhares de visitantes e fortalecendo os laços entre as culturas brasileira e japonesa.

O principal objetivo da realização do evento Tanabata Matsuri é promover a integração e o fortalecimento das comunidades Brasil-Japão, celebrando e disseminando a cultura japonesa, além de fomentar o turismo em Belo Horizonte. O evento visa proporcionar aos moradores e visitantes uma imersão na rica tradição cultural japonesa através de apresentações artísticas, atividades culturais e gastronomia típica. Além disso, busca reconhecer e destacar a importância da imigração japonesa na formação da identidade cultural da cidade.

A programação do evento será dividida entre a principal, no estacionamento do Shopping Minascasa e na parte interna do shopping com Oficinas e Exposições dos Icones da Cultura Japonesa, e a complementar, no Jardim Japonês.  As atividades incluirão apresentações do Grupo Sankyu, com a famosa apresentação de Taiko (tambores japoneses); Thiago Miotto e Grupo, com apresentação de Shakuhachi (flauta japonesa); Minyo – canto e dança – em uma collab entre os artistas e o público, utilizando-se de Koto, Shakuhachi, Shamisen (instrumentos japoneses), entre outros.

Nas artes culinárias japonesas, o destaque é para pratos como os oniguiri recheados, temaki, poke, tempurá, okonomiyaki, karê, takoyaki,  yakisoba, harumaki, guiosa  e os doces como manju, moti e taiyaki. além da feirinha com petiscos, guloseimas e produtos típicos japoneses, artesanato a serem comercializados para o público.

Será oferecida uma atividade da culinária japonesa que apresentará curiosidades de como fazer o Tempan Yaki (Legumes e verduras grelhadas na chapa). Haverá ,também, caldos e canjica aos que quiserem desfrutar da gastronomia junina, visando a valorização do período de nossas festividades típicas da época. Também haverá bebidas como drinks de sake , chopp artesanal, refrigerantes e sucos.

O evento oferecera na parte de sustentabilidade a oficina de “Furoshiki” (técnica em tecido para embrulhar ou carregar compras), ministrada por Elisabete Mayumi, e  distribuição de mudas de hortaliças, como forma das pessoas produzirem suas próprias verduras frescas e de qualidade, além de decorações temáticas das  artes em papel, que são os Orizuru, Toami e outros como os Fukinagashi, representando as tecelagens da princesa Orihime, estrelas e lanternas, além da  tradicional prática  de escrever os pedidos para pendurar  os Tanzaku (tiras de papel com pedidos) em árvores de bambu.

O evento é organizado pela Associação de Cooperação em Cultura e Tecnologia Brasil – Japão (ACCTBJ) e pelo Escritório do Cônsul Geral Honorário do Japão em Belo Horizonte, com o patrocinio da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte,  por meio da BELOTUR.  Tais entidades são reconhecidas por sua competência na organização e realização do Festival do Japão em Minas, ganhando recorde de público a cada ano. A estimativa é que cerca de 3.000 pessoas participem das atividades do Tanabata. O evento é gratuito, com retirada limitada, pela plataforma Gofree.

Com uma programação rica e variada, o Tanabata Matsuri – Lenda das Estrelas promete ser um evento imperdível, celebrando a amizade e o intercâmbio cultural entre Minas e Japão, e proporcionando uma experiência única de imersão na cultura japonesa em Belo Horizonte.

Posts Relacionados

Quarteto com multi-instrumentista Raïssa Anastásia é atração do Zás desta semana

Acompanhada por três músicos, a também compositora faz sua...

Saúde recomenda atenção para casos de febre Oropouche no país

Uma recomendação aos estados e os municípios para que...

Anvisa atualiza informações sobre rotulagem nutricional

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou nesta...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui