26.1 C
Belo Horizonte
dom, 21 abril 24

Henrique Portugal e Clóvis Aguiar juntos, no Jardim Musical

Uma noite singular promete encantar o Jardim Musical da Casa Belloni (Av. João Pinheiro, 287 – Belo Horizonte), na quinta-feira, 11 de abril, às 20h.

O consagrado projeto que celebra seu segundo ano de vida, traz show dos pianistas Henrique Portugal (cantor, compositor, produtor musical e tecladista do Skank) e Clóvis Aguiar (pianista, compositor e arranjador). Dois pianos e a voz de Henrique, muitas histórias e conexões musicais, fluindo em um repertório inédito que passa por MPB, Jazz, composições autorais e os eternos sucessos do Skank!
Vale lembrar que, este projeto aplaudido pelo acolhimento aos artistas e audiência, em experiência sensorial valiosa, tem lugares limitados e apenas 70 pessoas na plateia.
Nele, já se apresentaram, Amaranto e Tabajara Belo, Tadeu Franco, Célio Balona, Duo Serenata, Ladston do Nascimento, Tadeu Franco Nolli Brothers, Celso Adolfo, Lívia Itaborahy e Arnon Oliveira.
A constatação é de experiência singular, na capital mineira: um espaço onde as pessoas já compreenderam o diferencial de viver instantes especiais em audição e escuta ativa de boa música, em momento sensorial, para aguçar os sentidos, curtindo autores e intérpretes qualitativos, com a possibilidade de apreciar boa gastronomia e conexões refinadas, em ambiente intimista e sofisticado.
Henrique Portugal  – Cantor, compositor, produtor musical e tecladista do Skank
@ahportugal IG
Henrique Portugal é filho de músicos, aprendeu a tocar piano clássico aos cinco anos de idade, por influência do pai, também pianista. Aos 17 anos, montou sua primeira banda e, em 1991, ganhou projeção nacional como tecladista do Skank, que se tornou  uma  das mais representativas bandas brasileiras, com uma discografia marcada pela venda de mais de 6 milhões de discos, entre 15 álbuns e 6 DVDs lançados. Já gravou e produziu com diversos artistas, entre eles Gilberto Gil, Herbert Vianna, Frejat, Daniela Mercury, Erasmo Carlos, Lenine, Zeca Baleiro e Sepultura. Em 2021, lançou sua carreira solo com a música Razão Para Te Amar (parceria com Leoni) e emendou, na sequencia, Impossível (com Gustavo Drummond) e uma releitura original e criativa de Paixão (sucesso de Kleiton e Kledir). Novos lançamentos e parcerias seguiram, como A Chuva (com Frejat), Laiaraiá (com Marcos Valle), Maior Que o Mar (com Mauro Santa Cecília) e Sonhei Com Você (com Tofani), que culminou com o lançamento do EP Impossível, em maio de 2023.
Clóvis Aguiar nasceu em Belo Horizonte. Estudou piano no Conservatório da UFMG (1978). Foi aluno dos professores Lucas Bretas e Magdala Costa. Estudou Harmonia com Wilson Cúria em São Paulo (1985) e com Ian Guest no 1º Seminário Brasileiro da Música Instrumental em Ouro Preto (1986). Lecionou o Curso de Piano no Centro de Cultura Nánsen Araújo – SESIMINAS, de 2004 até 2017.
Participou de inúmeras gravações e shows ao lado de renomados artistas, tais como: Milton Nascimento (Duo na abertura do DVD “Beto Guedes 50 Anos“), Renato Motha, Caxi Rajão, Leri Faria, Valdir Silva, Ladston Nascimento, Juarez Moreira, Carlos Malta, Celso Adolfo, Toninho Horta, Helio Delmiro, Cléber Alves, Danilo Caymmi, Leny Andrade, Nelson Ângelo, Denise Gonzaga, Weber Lopes, Saulo Laranjeiras, Anthonio, entre outros.
Residiu em Paris (França) por oito anos (1988 à 1995). Durante este período se apresentou em vários países da Europa, Oriente Médio e África. Participou do Festival de Musique de Evian (França), do Festival Internacional da Babilônia (Iraque). Realizou diversas turnês pela Europa acompanhando artistas como: Rosinha de Valença, Elza Soares, Maurício Tapajós, o grupo brasileiro “Brasil Tropical“, entre outros.
Foi o Diretor Musical do programa “Arrumação“, apresentado por Saulo Laranjeira, durante três anos (2001 a 2004). Nesta oportunidade acompanhou gravações de diversos artistas, tais como: Paulinho da Viola, Leila Pinheiro, Jair Rodrigues, Paulo César Pinheiro, Joyce, João Nogueira, entre outros.
Em 2000, lançou o CD “Click“, com temas americanos com uma visão brasileira. Em 2001 lançou seu primeiro CD autoral “Cumplicidade“ em show no Teatro Sesiminas e ainda realizou, em 2005, vários outros shows pelo Projeto TIM Concert. Em 2006, pelo Projeto Conexão Telemig Celular, em parceria com Milton Ramos (Baixo Acústico) e Célio Balona (Acordeon) lançou o CD “Projeto Brasil – de Antônio à Zé Keti”.  O DVD do mesmo projeto, gravado em março de 2007, no Teatro Sesiminas e lançado em setembro de 2008, no mesmo teatro. Em 2011 lançou seu segundo CD Autoral “Fio Condutor“ em dois shows, o primeiro no Teatro Sesiminas e o segundo no Grande Teatro do Palácio das Artes, com a participação especial de Danilo Caymmi. Tem parcerias de composições com Paulinho Pedra Azul e participa de vários shows com o mesmo.
Reserva de mesa, sujeita à lugares compartilhados pode ser feita, após a compra, pelo WhatsApp 31 984955337.

Posts Relacionados

Ambientes Instagramáveis: A tendência que está bombando

Fotógrafa explica mais sobre esse conceito que está chamando...

Raquel Mello convida WIllian Nascimento para dueto inédito

“A caminhada com Jesus exige comprometimento e ânimo”, ressalta...

A Chave do Tempo e os Segredos da Magia

Ramon Bertasi é professor de Física e natural da...

Arícia Ferigato, lança “Pequenas Voltas”

Sou Arícia Ferigato, harpista, improvisadora e compositora, nascida em...

Programa Vai leva para parques e praças o divertido espetáculo

“Sem condições Futebol Circo” é um espetáculo circense recheado...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui