VIPER lança versão inédita de “Prowler”, do Iron Maiden, que estará na reedição do álbum “All My Life”

0
85
“Prowler”, clássico do primeiro álbum do Iron Maiden, é o segundo single da nova versão de “All My Life”, clássico do VIPER lançado originalmente em 2007, que finalmente chega às plataformas digitais em edição remixada, remasterizada e com faixas bônus inéditas. Composta por Steve Harris, “Prowler” é uma dessas faixas – estava na demo que serviu de base para o repertório de “All My Life”, mas essa é a primeira vez que é divulgada para ser escutada pelos fãs.

A banda nunca escondeu a admiração pelo Iron Maiden. Desde o início da carreira, a banda britânica sempre foi uma grande fonte de inspiração para os músicos. Apesar da presença de diversas canções de seus ídolos nos shows – o VIPER sabia tocar todas as canções do Iron Maiden até o álbum “Powerslave” – esse é o único registro de uma versão em estúdio.

A formação do VIPER que gravou “Prowler” é anterior a que entrou em estúdio para as sessões de “All My Life”. Em 2005, o vocalista Ricardo Bocci ainda não havia entrado na banda – por isso os vocais são de Pit Passarell, vocalista à época. O baterista Guilherme Martin, que gravou “Prowler”, também foi substituído por Renato Graccia em “All My Life”, e só voltou à banda em 2012. Essa demo foi gravada em seu estúdio, Guillas Studio, e produzida por Val Santos, que também ainda não havia ingressado no VIPER. As guitarras de “Prowler” foram gravadas por Felipe Machado e Yves Passarell, que hoje toca no Capital Inicial.

Lançado pela primeira vez nas plataformas digitais, “All My Life” traz canções como “Come On Come On”, “Miles Away”, “Love is All”, com participação de Andre Matos, e uma das baladas mais lindas do VIPER, “Violet”, entre outras. Além de “Prowler”, o disco traz também outras bonus tracks registradas nas demos que deram origem ao álbum.

“All My Life” traz a chamada “V3”, terceira formação clássica do VIPER que contou com Ricardo Bocci (vocais), Pit Passarell (baixo e vocais), Felipe Machado e Val Santos (guitarras) e Renato Graccia (bateria). O álbum foi produzido por André Cortada e Marcos Yukio, com co-produção de Theo Vieira. A nova versão, que também sairá em CD, foi remixada por Cortada e Val Santos. A remasterização foi feita por Cortada e a capa do single é de João Duarte. Um lançamento Wikimetal / FMLabs.

VIPER
O VIPER foi a primeira banda brasileira de heavy metal a fazer um grande sucesso no Japão. No início dos anos 1990, chegaram a liderar as paradas de sucesso à frente de grandes nomes mundiais como Nirvana e Van Halen. Com álbuns como “Soldiers of Sunrise”, “Theatre of Fate” e “Evolution”, o VIPER gravou e fez turnês pela Europa, Estados Unidos e América do Sul. Durante a turnê no Japão, gravou o álbum ao vivo “Maniacs in Japan – VIPER Live”. A primeira formação da banda contava com o vocalista Andre Matos, que depois deixou o grupo para formar o Angra e Shaman. O vocalista faleceu em 2019, sendo homenageado pelo VIPER com a música/clipe “The Spreading Soul Forever”. O novo álbum do VIPER está em fase de mixagem, em Nova York, pelo produtor Maurício Cersósimo. É o primeiro disco de inéditas em 15 anos e será lançado no primeiro semestre de 2022.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here