Mercado de segurança eletrônica de olho no agronegócio

0
680

O agrobusiness é responsável por mais de 20% do PIB brasileiro (Produto Interno Bruto). Mesmo diante da pandemia, que desde março do ano passado vem causando danos à saúde e à economia mundial, o agronegócio tem sido crucial para o crescimento econômico brasileiro. Em 2019, a soma de bens e serviços gerados no agronegócio chegou a R$ 1,55 trilhão ou 21,4% do PIB. Dentre os segmentos, a maior parcela é do ramo agrícola, que corresponde a 68% desse valor, R$ 1,06 trilhão. Sem dúvida alguma, uma das razões para esse crescimento foi o uso, cada vez mais crescente, da tecnologia voltada para o agronegócio.  

 

Em 2020, mesmo com o cenário de crise mundial devido ao Covid19, a safra brasileira atingiu a cifra de $580 bilhões de reais, com uma área plantada de 67 milhões de hectares. O avanço da utilização dessas tecnologias influencia os diferentes setores da economia. Diversas empresas buscam, por meio dessas inovações, garantir mais eficiência, uma maior sustentabilidade, a redução de custos e uma maior praticidade.

 

“O setor de agronegócio não fica de fora desse cenário e apresenta, cada vez mais, opções tecnológicas aos produtores rurais e empresários do setor agrícola”, avalia Claudio Gaspari, CEO da Veolink, uma das principais integradoras de soluções em segurança eletrônica e gestão de dados do Brasil.

E essas tecnologias começam a impactar os resultados das safras, reduzindo perdas no campo. O agricultor já consegue, por exemplo, monitorar pontos críticos da sua propriedade, com mais facilidade e menores custos.

 

A Veolink tem em seu escopo de soluções integradas, pensadas especificamente para o agronegócio como os radares para a proteção perimetral de grandes áreas; a ronda virtual feita por meio de drones; sistemas inteligentes de controle de acesso de frota com filmagem; sistemas de pesagem integradas ao processo de segurança, além de sistemas de controle de grandes perímetros, entre outras novidades que podem ser aplicadas, com eficácia, no campo.

“O agronegócio é um grande mercado a ser explorado tanto comercialmente na venda das soluções tecnológicas, quanto no desenvolvimento de soluções específicas. A Veolink está atenta a toda essa movimentação, por isso hoje ocupamos um lugar de destaque no setor de segurança eletrônica”, afirma Claudio Gaspari.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here