Brumadinho: Mais um ano de Superação

0
42

Anunciada ampliação de projeto de resgate da cidadania, geração de renda e qualidade de vida dos produtores rurais afetados pelo rompimento da barragem

 

Com resultados positivos em dois anos de implantação, o SuperAção Brumadinho será ampliado. A iniciativa do Sistema da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (FAEMG), com apoio da prefeitura, para resgatar a cidadania e melhor a qualidade de vida dos produtores afetados pelo rompimento da barragem Córrego do Feijão, beneficiou até o momento 480 famílias rurais com assistência técnica e gerencial gratuita, e vai abrir, ainda este ano, cinco novos grupos de atendimentos.

“Por meio de ações educacionais, produtivas e empreendedoras, contribuímos para a subsistência de propriedades rurais, profissionalização e melhoria da gestão das unidades produtoras. Entre os resultados alcançados estão o incremento de renda, que em algumas culturas superou em 50% o valor registrado antes do início do projeto, e da produção de alimentos em 45%”, destacou o analista de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) da FAEMG e supervisor do SuperAção Brumadinho, Wender Guedes.

Segundo ele, o programa representou um grande diferencial para os contemplados. Além das mais de 7 mil visitas de técnicos de campo a produtores de todos os portes, nas áreas de olericultura (produção de hortaliças), fruticultura, piscicultura, bovinocultura de leite, bovinocultura de corte, ovinocaprinocultura de leite e avicultura, foram desenvolvidas ações para quebrar o preconceito em relação aos produtos da região. “Após a tragédia, muitos produtores acumularam prejuízos, pois encontraram dificuldades na comercialização de itens cultivados dentro da cidade, que eram tidos como contaminados”, explicou Wender. Foram feitas parcerias para a criação e divulgação de marca e dos produtos em feiras e site, como feito pelo Empório do Senar, por exemplo.

De acordo com o perfil socioeconômico, cerca de 37,29% das 480 propriedades rurais são conduzidas por mulheres e as outras 62,70% são representadas por homens. Em relação à idade, 53,33% dos beneficiados têm entre 31 e 59 anos; 25,62% acima de 60 anos e 17,29% possuem de 18 a 30 anos.  Se considerado o tamanho da área, 81% são imóveis rurais com área entre 5 e 10 hectares. O projeto SuperAção Brumadinho envolve, além do Sistema FAEMG, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e o Ministério da Cidadania.

Principais resultados

 

  • Capacitação

Foram realizados 58 cursos de Formação Profissional Rural (FPR) e de Promoção Social (PS), capacitando um total de 674 pessoas.

  • Olericultura

A vocação agrícola do município está voltada à produção de hortaliças, que representa 51% das propriedades atendidas pelo projeto. Foi registrado aumento de 33% na produção em quilos de hortaliças. Já a margem líquida (resultado da venda da produção obtida) saltou de R$0,05 para R$0,23 por unidade. O aumento foi de 350%.

  • Fruticultura

Os produtores de frutas representam 22% dos atendidos no projeto. Eles registraram aumento de 11% na produção de frutas. Já na margem bruta, que é a venda da produção obtida menos o custo operacional efetivo (COE), o aumento foi de 24%.

  • Piscicultura

Os piscicultores representam 5% dos produtores atendidos e registraram aumento de 5% na produção anual de peixes e crescimento de 12% na renda bruta da atividade.

  • Bovinocultura de Leite

São 8% do total de produtores. Com o apoio do Senar, a produção de leite teve um aumento de 8% e a margem bruta da atividade obteve crescimento de 40%.

  • Bovinocultura de corte

Nessa área houve aumento de 50% na renda bruta dos produtores e aumento de 40% do peso médio de venda dos animais.

  • Caprinocultura de leite

Com o apoio do Senar, os produtores conseguiram aumento de 45% na produção de litros por dia e de 19% na renda bruta.

  • Avicultura

Os avicultores alcançaram aumento de 60% na produção de ovos caipira.

Acesse o vídeo sobre o programa:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here