Orquestra Ouro Preto apresenta a música de Brant e Milton no Parque das Mangabeiras

0
39
Concerto “Quem perguntou por mim: Fernando Brant e Milton Nascimento” celebra os 10 anos do Memorial Minas Gerais Vale e os 124 anos de Belo Horizonte

Um mergulho na história, na arte e na poesia de Minas Gerais. No próximo dia 11 de dezembro, sábado, às 11h, a Orquestra Ouro Preto apresenta a música e a poesia de Fernando Brant e Milton Nascimento, no Parque das Mangabeiras, em Belo Horizonte-MG, em comemoração aos 10 anos do Memorial Minas Gerais Vale e 124 anos de Belo Horizonte. O concerto será em formato híbrido, com público presencial e transmissão ao vivo no canal da Orquestra no YouTube. A retomada dos concertos abertos ao público tem sido gradual e segue todos os protocolos de saúde e segurança contra a Covid-19. Os ingressos são gratuitos, limitados e devem ser retirados no site/aplicativo Sympla.

Patrocinado pelo Instituto Cultural Vale, o concerto revive grandes clássicos da produção poética de Fernando Brant, obras imortalizadas pelas vozes de Milton Nascimento, Elis Regina e seus parceiros do Clube da Esquina. Com regência e direção musical do Maestro Rodrigo Toffolo, produção executiva da Palco Marketing Cultural, direção de cena de Paulo Rogério Lage e arranjos de Mateus Freire, o repertório traz canções como “Travessia”, “Milagre dos Peixes”, “Encontros e Despedidas”, “Canção da América”, “Maria Maria”, entre outras.

“O Memorial Minas Gerais Vale se orgulha de valorizar e promover a cultura mineira A melhor maneira de celebrar esses 10 anos é oferecer ao público um concerto com a Orquestra Outro Preto trazendo no repertório esses dois ícones de nossa música”, afirma o gestor do Memorial Vale, Wagner Tameirão.

Sobrinha do compositor homenageado, a cantora Mariana Brant é a “voz” convidada para acompanhar a Orquestra Ouro Preto. “A obra de Fernando Brant e Milton é muito importante na minha vida e na minha trajetória como cantora. Além dessas músicas terem povoado toda minha infância, as palavras de amor, amizade, justiça que o Fernando sempre fala em suas poesias, são valores que aprendi desde sempre com minha família e que faço questão de sempre levar comigo. Então, fazer parte desse concerto, junto com a Orquestra Ouro Preto, da qual sou grande admiradora, é um presente e uma emoção sem tamanho”, destaca Mariana Brant.

Para o Maestro Rodrigo Toffolo, é uma alegria retomar os concertos em praças públicas. “Estamos muito felizes em fazer parte da comemoração dos 10 anos do Memorial Minas Gerais Vale com este concerto que é uma homenagem à mineiridade na figura de dois grandes artistas: Fernando Brant, que poetizou Minas de forma transcendental, e Milton Nascimento, que é um patrimônio da nossa cultura e leva o nome do Estado para o mundo”, completa.

Sobre a Orquestra Ouro Preto

Uma das mais prestigiadas formações orquestrais do país, a Orquestra Ouro Preto completa 21 anos de atividades e se reafirma como uma orquestra de vanguarda. Sob a regência e direção artística do Maestro Rodrigo Toffolo, o grupo se dedica à formação de diferentes públicos, com extensa programação nas principais salas de concerto no Brasil e no mundo, além de se destacar no número de visualizações e ouvintes das plataformas de streaming e redes sociais. Sob os signos da excelência e versatilidade atua também em projetos sociais e educacionais que vão muito além da música, como o Núcleo de Apoio a Bandas e a Academia Orquestra Ouro Preto. Premiado nacionalmente, o grupo tem 12 trabalhos registrados em CD, 7 DVDs. Foi vencedora do Prêmio da Música Brasileira em 2015, na categoria “Melhor Álbum de MPB”, e indicada ao Grammy Latino 2007, como “Melhor Disco Instrumental”, por Latinidade. Os discos “Latinidade – Música para as Américas”, “Antônio Vivaldi – Concerto para Cordas”, “The Little Prince” e “Orquestra Ouro Preto e Desvio – Ritmos Brasileiros” têm distribuição mundial pela gravadora Naxos, a mais importante do mundo dedicada à música de concerto.

Memorial Minas Gerais Vale – 10 anos com você

O Memorial Minas Gerais Vale está completando 10 anos com muitas histórias para contar. O museu já recebeu mais de 1,1 milhão de pessoas, de todos os lugares do Brasil e de outros continentes. São mais de 1.600 eventos realizados e cerca de 200 mil pessoas em visitas mediadas. Integra o Circuito Liberdade, em Belo Horizonte, um dos maiores complexos de cultura do Brasil. Caracterizado como um museu de experiência, com exposições que utilizam arte e tecnologia de forma intensa e criativa, é um dos vencedores do Travellers’ Choice Awards do TripAdvisor. Na curadoria e museografia de Gringo Cardia, cenários reais e virtuais se misturam para criar experiências e sensações que levam os visitantes do século XVIII ao século XXI.

Mais que um espaço dedicado às tradições, origens e construções da cultura mineira, o Memorial é um lugar de trânsito e cruzamento entre a potência da história e as pulsações contemporâneas da arte e da cultura, onde o presente e o passado estão em contato direto, em permanente renovação. É vivo, dinâmico, transformador e criador de confluências com artistas independentes e com diversos segmentos da cultura mineira.

 
SERVIÇO

Concerto “Orquestra Ouro Preto – Quem perguntou por mim: Fernando Brant e Milton Nascimento”

Dia: 11 de dezembro de 2021, sábado, 11h

Local: Estacionamento do Parque das Mangabeiras (Rua José Patrocínio Pontes, 580, Mangabeiras, Belo Horizonte-MG)

Transmissão: Canal da Orquestra no YouTube.

Ingressos: Gratuitos e limitados, no site/aplicativo Sympla

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here