22.4 C
Belo Horizonte
dom, 16 junho 24

Instituto brasileiro alerta para importância de ensino sobre PPPs

Representantes do Instituto de Planejamento e Gestão de Cidades (IPGC) chamaram a atenção para o papel da educação no aprimoramento das PPPs durante fórum Internacional realizado em Istambul, na Turquia

A formação acadêmica pode ser o caminho mais curto para acelerar o surgimento de novos modelos de desenvolvimento sustentável através das parcerias público-privadas (PPPs). Esta tem sido a tônica dos discursos de representantes do Instituto de Planejamento e Gestão de Cidades (IPGC), especializado em realizações de projetos inovadores em diversos municípios no Brasil. Desta vez, porém, o palco dessa abordagem foi Istambul, na Turquia, onde ocorreu o 8º Fórum Internacional de Parcerias Público-Privadas, da Comissão Econômica das Nações Unidas (Unece, na sigla em inglês).
A gerente de educação do IPGC, professora Carolina Santana, alertou às comitivas dos países participantes sobre o papel catalisador que o ensino pode promover para o progresso social e a inovação nas comunidades por todo o mundo por meio das PPPs. Ela defendeu que a criação de políticas de fomento ao ensino voltado para o setor pode proporcionar conhecimentos diversos não apenas acerca das PPPs, mas também a respeito do desenvolvimento das cidades.
“Diante do êxito das nossas ações no Brasil, a expectativa é escalar e apresentar um projeto global de educação, somando experiência e melhores práticas a outros países da América Latina e do mundo. Estamos focados em escalar não somente o conhecimento, mas também a viabilidade e a eficiência de modelagem das PPPs”, afirma Carolina Santana.
A participação do IPGC no Unece veio de um convite da própria ONU, pelo reconhecimento dos projetos desenvolvido e graças às experiências educacionais em torno das parcerias que o Instituto vem angariando no país. A gerente de educação esteve na Turquia juntamente com o presidente e fundador do IPGC, Leonardo Santos, o vice-presidente Thiago Greco e a gerente de projetos Caroline Braga. A especialista em educação foi uma voz ativa da América Latina no painel “Tirando as PPPs da sala de aula: contribuições das instituições acadêmicas para a capacitação”, que também contou com professores de universidades de todos os continentes.
“Hoje contamos com uma plataforma de educação, com o intuito de ajudar a população, o governo e os órgãos de controle a entenderem de forma didática como funciona o universo das PPPs, dos projetos de cidade inteligente, saneamento, energia e de outros temas”, sustenta. “Nesse contexto, esclarecemos tanto as questões sobre o desenvolvimento de projetos quanto a parte jurídica e os aspectos sociais que envolvem esse trabalho. Temos observado um impacto social muito forte, e é de suma importância compartilhar esse know-how com outras nações”, completa.

Posts Relacionados

Projeto social impulsiona futebol feminino e transforma vidas

Um projeto em Minas Gerais vem se destacando por...

João Ventura em Belo Horizonte no Clube de Jazs

O pianista, cantor e compositor João Ventura se apresentará...

Começa o Festival do Queijo Artesanal de Minas

Teve início nesta quinta-feira (13/6), a 6ª edição do...

Fernando e Sorocaba levam o Churrasco On Fire para Betim

A dupla Fernando e Sorocaba desembarca na cidade de Betim,...

Inverno Mágico de Tiradentes começa em julho

Para quem gosta de passeios voltados ao tema religioso,...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui