Grupo Amálgama apresenta o espetáculo “Subterrâneo” no Teatro Marília

0
26

“Uma intensidade musical muito grande que vira uma experiência”, assim o artista Felipe Jawa define um pouco o espetáculo “Subterrâneo”, que acontece no dia 28 de junho, às 20h, no Teatro Marília. Nesse show-performance, o grupo musical mineiro Amálgama apresenta uma mistura sonora que passa por diversos ritmos, gêneros, sons truncados, mas que tem linguagem própria, com a identidade do improviso que surge da palavra. A apresentação, conta com a participação do artista Sidarta Riani, que assim como alguns integrantes do grupo, fez parte da banda Senhor do Bonfim.

“Subterrâneo” é a segunda performance do grupo Amálgama na atual formação: Felipe Jawa (voz e composição), João Viana (teclado, guitarra, sintetizador e arranjos), Sara Bittencourt (violoncelo), Caule (percussão acústica e eletrônica), Heitor Venturini (baixo), e Lucas Godoy (bateria).

O espetáculo é um desdobramento da performance Vulnerável, criada por Jawa em 2017. Uma mistura de textos e canções, em uma apresentação verborrágica. “Como ele é um desdobramento, entra em um lugar profundo que está embaixo da camada de terra que está embaixo do mar, para levar essa vulnerabilidade para fora”, comenta. Transformar a palavra em música, sem perder o caráter performático, foi um dos desafios do grupo.

O resultado é um trabalho que pega fisicamente no corpo e dá uma chacoalhada. “Na mesma música há momentos de calmaria e vulnerabilidade, onde afago e desespero coexistem. Alguns momentos agressivos, como se reafirmasse que o rock não morreu, mesmo não tocando rock”, elucida o vocalista. Para quem espera uma estrutura de canção comum, ele alerta. “Não é uma música com estrutura pop, com refrão por exemplo. É como se cada uma fosse um filme, que passa por várias emoções”.

O desejo que surge a partir da ausência é a grande temática que permeia as canções. Uma inquietação que vai desde a falta de um cigarro a desejos amorosos e de intimidade com o outro. São reflexões sobre relações interpessoais, com objetos e vícios. “As letras constroem muitas imagens, que vão amalgamando esses signos”, elucida.

O show é um convite a uma vivência. “Que as pessoas estejam abertas a uma experiência musical, porque vai provocar muita coisa. Uma provocação com requinte e deslumbramento”, finaliza Jawa.

SERVIÇO

Show “Subterrâneo” – grupo musical Amálgama

Data: 28/7

Horário: 20h

Local: Teatro Marília (Avenida Prof. Alfredo Balena, 586 – Santa Efigênia)

*Valores: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

Ingressos: Na bilheteria do teatro ou pelo link:

https://www.diskingressos.com.br/evento/3353/28-07-2022/mg/belo-horizonte/subterraneo

*Os ingressos adquiridos pelo site tem acréscimo de taxa: R$ 4,80 (inteira) e R$ 2,40 (meia)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here