26.8 C
Belo Horizonte
sex, 12 julho 24

Projeto Xia promove apresentações do grupo “Brincando com as Makambas”

De origem Bantu, Makamba significa amigos. Ação que irá resgatar as tradições de brincadeiras de antigamente, será uma excelente forma de ampliar a visão de mundo das crianças, além de criar momentos incríveis de diversão e de interação entre pais e filhos.

Nas próximas segunda, terça e quarta-feiras, dias 24, 25 e 26 de junho, o Projeto Xia promove apresentações do grupo “Brincando com as Makambas” em três diferentes Centros de Referência de Assistência Social (Cras) da capital mineira.  As ações garantirão muita diversão e alegria para a garotada com repertório amplo, diverso e brincadeiras como “rouba bandeira”, reloginho, cantigas de roda, cabra cega, pega chinelo, ciranda, raposa e galinha, briga de galo, pula corda, amarelinha, gincana, entre outras, que serão realizadas.

Na segunda-feira, dia 24 de junho, a Makamba será realizada na rua Coquilhos, 75,- Bairro Zilah Spósito, a partir de 13h30. Na terça-feira, dia 25 de junho, as brincadeiras acontecem na Rua Cecília Magalhães Gomes, 127 – Bairro Confisco, de 9h às 10h30; Na quarta-feira, será a vez da criançada se divertir na rua Luzia Salomão, 300 – Bairro Mantiqueira, de 14h às 15h30.

“Onde as Macambas chegam ninguém fica parado. Então, a nossa expectativa é que seja um dia super legal, cheio de aventuras, de brincadeiras, cantigas de roda, muita coisa bacana. Que pais, filhos, tios, tias vovôs, Vovós, que todo mundo possa se divertir e ficar bem feliz. A expectativa é que todo mundo saia de lá querendo mais e mais e mais e mais das macambas”, explica Rita Aragão

De acordo com Catarina Maruaia, Diretora Presidente do Instituto Se Toque, essa ação cultural tem como objetivo promover espaço de experimentação, troca e investigação da arte como ferramenta de transformação social e reconhecimento da existência de corpos e expressões culturais diversas, realiza intensa programação cultural em diversos bairros de Belo Horizonte nos mês de junho. “Com a preocupação de trazer algo que fizesse uma interação entre as crianças e suas famílias, O Xia procurou as makambas brincantes que têm em seu trabalho o papel de colocar as pessoas como protagonistas dessas brincadeiras”, explica.

Ela ressalta ainda que o projeto visa possibilitar acesso a arte  e cultura de forma descentralizada. “Levamos produções artísticas de qualidade para os circuitos periféricos, criar espaços de experimentação sensorial de linguagem lúdica para um público que tem historicamente baixa oferta desse tipo de serviço, e promover o incentivo da articulação entre a Assistência Social e a arte cultura, além de possibilitar reflexão e levar informação de forma transversal das pautas de gênero, sexualidade e raça”, completa.

Makambas Brincantes – A atividade “Brincando com as Makambas”, garante muita diversão e alegria, repertório amplo e diverso, para crianças de zero a cem anos. Rouba bandeira, reloginho, cantigas de roda, cabra cega, pega chinelo, ciranda, raposa e galinha, briga de galo, pula corda, amarelinha, gincana são apenas algumas das brincadeiras que podem ser realizadas de acordo com o gosto e perfil da turma. De origem Bantu, Makamba significa amigos. A partir deste conceito e do desejo de Roniza Santiago e Rita Aragão, moradoras da Vila Acaba Mundo, há mais de 10 anos promovem o ato de brincar para o estímulo à criatividade, ao desenvolvimento do lúdico e do viver em sociedade. Com ampla formação artística nas áreas de dança, música, teatro e circo, carregam no currículo do Makamba Brincante o Prêmio de Inovação Comunitária, realizado pela Associação Querubins e a Brazil Foundation; ações dentro da comunidade e a participação em diversos eventos da cena cultural da cidade como o FAN (Festival de Arte Negra) e a Virada Cultural.

Projeto Xia – Desenvolvido pelo Instituto Se Toque, o projeto Xia apresenta informações sobre o corpo, as formas de prazer, o afeto, o diálogo sobre sexualidade, a valorização e a transformação das relações a fim de que as crianças, adolescentes e jovens sintam segurança no que diz respeito ao prazer e às emoções. Visa apoiar jovens LGBTQIA+, na fase de descobertas e de expressão da própria sexualidade para que consigam vivenciar suas experiências de forma saudável e contribuir para o empoderamento de jovens na participação escolar e política por meio da experimentação de linguagens artísticas.

Instituto Se Toque – É uma iniciativa de experimentação e pesquisa em arte, gênero e sexualidade idealizada pelas artistas Catarina Maruaia e Lina Mintz.  Inaugurada em 2014, oferece oficinas, vivências, projetos artísticos e culturais para mulheres, corpos dissidentes e jovens, visando abrir espaços de diálogo e reflexão sobre os temas. Em 2021 a iniciativa se institui como Organização sociocultural da sociedade civil (OSC) firmando o compromisso com a missão de promover o encontro entre arte, saúde e prevenção de violências.

 

Serviço: Brincando com as Makambas Brincantes

Data: Segunda-Feira, dia 24 de junho

Hora: 13h30 às 15h

Local: CRAS Zilah Spósito – Rua Coquilhos, 75,- bairro Zilah Spósito – BH

Data: Terça-Feira, dia 25 de junho

Horá: de 9h às 10h30

Local: CRAS Confisco – Rua Cecília Magalhães Gomes, 127 – bairro Confisco – BH

Data: Quarta-feira, dia 26 de junho

Hora: de 14h às 15h30

Local: CRAS Mantiqueira – Rua Luzia Salomão, 300 – bairro Mantiqueira – BH

Classificação para todas as atividades:  3 a 13 anos

Posts Relacionados

Planejamento patrimonial ou sucessório? Na verdade, os dois!

Preocupar-se com o presente, o agora, é algo inerente...

Viagens e pacientes em quimioterapia: combinação pode ser perigosa para a saúde

A temporada de férias está oficialmente aberta. Com a...

Hábitos saudáveis podem favorecer tratamento contra o câncer

 Cuidados com corpo, mente e alimentação durante período de...

Governo de Minas apresenta inovações tecnológicas para gestão de saúde

As inovações tecnológicas permitem ampliar a oferta de serviços,...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui