21.4 C
Belo Horizonte
seg, 27 maio 24

O grande encontro de António Zambujo e Yamandu Costa

Duo luso-brasileiro viaja cinco cidades com o show que celebrou os 200 anos de independência do Brasil, ano passado, em Lisboa

O reencontro em Lisboa despertou nos dois artistas a vontade de trilhar, juntos, um caminho musical. Foi no palco do Teatro Tivoli que nasceu o novo show de Yamandu Costa e António Zambujo. O espetáculo celebrou a amizade entre os povos do Brasil e de Portugal, numa simbiose de ritmos lusófonos, durante as comemorações do bicentenário da Independência do Brasil, em 2022.

O Brasil entrou na rota do novo trabalho, com uma turnê em junho: dia 15, no Vivo Rio, no Rio de Janeiro; dia 17, no Teatro Vermelhos, em Ilhabela; dia 21, no Sesc Palladium, em Belo Horizonte; dia 22, no Teatro Bourbon Country, em Porto Alegre; e dias 24 e 25, no Sesc Pinheiros, em São Paulo.

António Zambujo e Yamandu Costa se conheceram em 2008, durante uma viagem do cantor português ao Brasil. Foi nessa ocasião que eles estrearam a parceria, com uma participação de Yamandu no show de António, no Rio de Janeiro. Desde então, os dois se aproximaram e passaram a conviver. Em 2014, Yamandu e António fizeram sua primeira turnê brasileira juntos, de violão e voz, e estreitaram ainda mais a convivência. Agora, quase dez anos depois, a dupla volta ao Brasil para seis apresentações.

“O concerto é uma extensão do que a gente gosta de ouvir”, conta Yamandu a respeito do repertório, que faz um apanhado de músicas de diferentes épocas e lugares, como o bolero romântico “Profecia” (Antonio Machin), que Yamandu conheceu em uma viagem a Cuba, ou a canção autoral “Prenda Minha”, do violonista com Paulo César Pinheiro. “As canções são tão queridas por nós que, cada vez que a gente toca e repete esse repertório, sentimos uma emoção interna forte, de poder revisitar essas músicas”, finaliza o instrumentista.

O português António Zambujo é um dos maiores artistas, autores e intérpretes contemporâneos da música e da língua portuguesas, e um dos seus mais notáveis embaixadores no mundo. Ao incorporar influências do cancioneiro brasileiro, em particular da bossa nova, derrubou fronteiras, reais e imaginárias, aproximando os dois lados do Atlântico. Com isso, a sua música, primeiro moldada na tradição do Cante Alentejano e do Fado, criou uma personalidade única e inspirou um novo ciclo na música portuguesa.

Aclamado pela crítica, o instrumentista brasileiro Yamandu Costa tem encantado as plateias de todos os lugares para onde leva sua incomum habilidade e sonoridade. Com performances inesquecíveis – solo, acompanhado por outros músicos ou com orquestras –, carrega a marca da música do sul do continente americano, mas transita admiravelmente por diferentes gêneros musicais, formando com seu violão de sete cordas uma rara simbiose.

Yamandu Costa e António Zambujo

Belo Horizonte

Data: 21 de junho (quarta-feira), às 21h

Local: Grande Teatro SESC Palladium

End.: Rua Rio de Janeiro, 1046 – Centro, Belo Horizonte/MG

Ingressos: de R$ 100 a R$ 200

Vendas Online

Vídeo do show em Lisboa pela RTP:

TikTok: https://www.tiktok.com/@yamanducostaoficial

Posts Relacionados

Francisco, el Hombre saúda a latinidade no single em BH

Celebração é uma palavra constante na história da Francisco, el...

Confira o que fazer em BH neste final de semana

reuniu inúmeras opções do que está acontecendo em BH...

Mineiro conquista medalha Olimpíada Internacional de Filosofia

O estudante Bernardo Guimarães Ferreira, do Colégio Santo Agostinho...

CCBB BH mergulha na arte afro-brasileira

Ao longo de séculos é a visão do branco...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui