17.8 C
Belo Horizonte
sáb, 13 julho 24

Festival Porto Blue Sound, gratuito, dia 14 em BH

Grande evento reunindo importantes nomes nacionais e internacionais da música acontece no dia 14 de julho, na Praça JK, em Belo Horizonte. Rubben Ford, Leo Gandelman, JJ Thames, Arismar do Espirito Santo, Bebê Kramer, Marco Elízio, O Bando, Jazz Brthers

Com um line up recheado de ícones da música, o Festival traz a Belo Horizonte o norte-americano Robben Ford, um dos mais consagrados guitarristas da atualidade. Também dos Estados Unidos, a diva do blues JJ Thames presenteia o evento com a potência da voz feminina em um repertório emocionante. Um dos maiores saxofonistas do Brasil, Leo Gandelman, promete empolgar o público com seu show Yellow Sax Marine, que apresenta versões elaboradas de clássicos dos Beatles. Já o multi-instrumentista e virtuose Arismar do Espirito Santo divide o palco com o consagrado acordeonista Bebê Kramer, em uma profusão de sons e talentos. O Festival conta ainda com o mineiro Marco Elízeo Quinteto em um show com releituras de pérolas de Milton Nascimento e do Clube da Esquina. Para agitar o público, um tributo com clássicos do Rock & Blues com o grupo também mineiro O Bando e street jazz com a Jazz Brothers, de São Paulo.

PORTO BLUE SOUND conta ainda com programação infantil em uma jornada de música e bons encontros em áreas verdes das cidades. A proposta do festival é oferecer uma programação musical gratuita, de qualidade, em espaços abertos que possam reunir pessoas de todas as gerações para vivenciar uma experiência única.

O evento estreia dia 14 de julho em Belo Horizonte, na Praça JK, das 11h às 19h, seguindo para Curitiba em 20 de julho e Florianópolis, 17 de agosto.

PORTO BLUE SOUND é realizado via Lei de Incentivo à Cultura, patrocinado e apresentado pela Porto, com realização da Marolo, Ministério da Cultura e Governo Federal / União e Reconstrução.

Confira detalhes sobre os artistas e a programação

  

Robben Ford

Crédito: Francesco Prandoni

O norte-americano Robben Ford é conhecido especialmente pela sua forma de tocar blues e sua habilidade para transitar com virtuosismo em diferentes contextos musicais. Com cinco indicações ao Grammy, Robben Ford tocou com e fez parte da história de vários outros ícones da música como Joni Mitchell, Jimmy Witherspoon, Miles Davis, George Harrison, Phil Lesh, Bonnie Raitt, Michael McDonald, Bob Dylan, John Mayall, Greg Allman, John Scofield, Susan Tedeschi, Keb Mo, Larry Carlton, Mavis Staples, Brad Paisley, entre diversos outros. Para o Festival, Robben Ford promete um show especial e revela seu carinho pelo Brasil. “Estou muito feliz por voltar ao Brasil depois de muito tempo. Me mudei recentemente para a Inglaterra, onde conheci muitos músicos excepcionais e dois dos meus favoritos estão indo comigo: Jonny Henderson, no órgão B3, e o jovem talentoso baterista Jamie Murray. Temos tocado muita música juntos ultimamente e será incrível tocar para um dos meus públicos favoritos no planeta, o Brasil!”

 

Leo Gandelman e Bittencourt Duo – Yellow Saxmarine

Crédito: DuHarte Fotografia

Leo Gandelman, considerado um dos maiores instrumentistas brasileiros de todos os tempos, um artista plural, compositor, arranjador e produtor de conteúdo. Como instrumentista, Leo Gandelman vai do pop à música clássica com o mesmo entusiasmo e excelência. Participando de gravações antológicas de praticamente todos os grandes nomes da música brasileira. Em 2018 Leo, se uniu com os Irmãos Luciano e Julio Bittencourt, para gravar o Cd “Yellow Saxmarine”, com músicas dos Beatles, em versões instrumentais inusitadas, com grande aceitação de público e mídia. O show, também terá a presença luxuosa de Eduardo Farias (teclados) e André Vasconcelos (Baixo), interpretando grandes sucessos do maior grupo de todos os tempos, como: Eleanor Rigby, Day Tripper, Driven My Car, Let It Be e Black Bird entre outras.

 

Arismar do Espirito Santo convida Bebê Kramer

Crédito: Renato Jacob

Arismar do Espirito Santo é um artista único da música instrumental brasileira. Referência em vários instrumentos, é considerado um músico completo. A maneira de tocar e compor, sob a força da intuição e espontaneidade, são sua marca registrada. Tem assinado e dirigido vários projetos e realizado shows e masterclasses em diversos países. Possui 14 álbuns lançados e dois livros editados. Para o PORTO BLUE SOUND traz um show especial com seu quarteto e a participação de outro grande nome da música, Bebê Kramer, considerado um dos maiores acordeonistas do Brasil na atualidade. Bebê apresenta uma estética musical inovadora, na qual traz a expressão de sua fonte inicial, o Rio Grande do Sul, com a junção de outros sotaques, sempre tendo como característica principal sua forte energia ao tocar.

Crédito: Eni Cunha

 

JJ Thames & Alexandre França Blues Band

Crédito: Zé Carlos de Andrade

A cantora americana J.J. Thames fará sua estreia no maior festival de blues e jazz do Brasil, trazendo todo seu blues americano para o público brasileiro. A diva do blues se apresenta com a banda gaúcha Alexandre França Blues Band, com Sergio Selbach no baixo, Gustavo Laydner na bateria, Ale Alles no teclado e Alexandre França na guitarra e vocais. O repertório traz sucessos da artista, que nasceu em Detroit e que muito cedo migrou para o Mississippi, onde cresceu e adquiriu toda sua formação como musical, transformando-se em uma artista ímpar, com sua potência de voz e presença de palco singular. Com dois álbuns lançados, “Tell You What I Know” e “Raw Sugar”, ambos se consagraram na lista da Billboard por semanas seguidas, destacando a cantora para o mundo como um dos mais importantes e atuantes nomes do blues moderno.

 

Marco Elízeo Quinteto

Crédito: Cíntia Duarte

Marco Elízeo é músico, arranjador e produtor musical. Já produziu diversos álbuns dos mais variados estilos, em destaque o de Milton Nascimento “…E a gente sonhando”, em 2010, indicado ao Latin Grammy, no qual atuou também como instrumentista, arranjador e compositor, tendo no álbum uma canção sua em parceria com Heitor Branquinho. Fez backing vocals no álbum “Pietá”, de Milton Nascimento, produziu e fez os arranjos, com Jacques Mathias, da música “Paciência” para o clip de Milton Nascimento e Lenine. Participou de inúmeros festivais desde a adolescência, com diversos prêmios recebidos. Atuou por décadas como professor de música e foi diretor de conservatório por quatro anos. Atuou como diretor de Palco e Produtor técnico em importantes eventos, com destaque para o “Música do Mundo”, dentre muitos outros, além de atuar também em studio como técnico de gravação, mixagem e masterização, P.A e monitor. Tem forte influência da Música Mineira. No festival PORTO BLUE SOUND, apresenta releituras próprias instrumentais de músicas de Milton Nascimento e do Clube da Esquina. Para o show, conta com seu quinteto formado por Marco Elizeo na guitarra, violão e voz, Heitor Branquinho no baixo e voz, Jailton Nunes Neves no sax e flauta, Ismael Tiso na guitarra e Iago Tiso na bateria.

 

Tributo Blues & Rock

Crédito: Maria Rio

O Bando mostra que entre as montanhas de Minas pulsa Clube da Esquina, mas também o melhor do Blues e Rock. Os mineiros são presença constante em alguns dos principais Festivais de Rock e Blues do Brasil. Conterrâneo de Milton Nascimento, O Bando viajou pelo Brasil ao lado do ícone da MPB na turnê do disco “…E a Gente Sonhando”, entre outros projetos. Atualmente, os integrantes do grupo também desenvolvem projetos paralelos, como o Ummagumma – The Brazilian Pink Floyd (principal cover do Pink Floyd do Brasil), projeto do vocalista e guitarrista Bruno Morais, entre outros. O grupo se apresenta com a formação: Bruno Morais (baixo e voz), Felipe Duarte (guitarra e voz) e Alessandro Brito (bateria e percussão), com os convidados Adriano Grinenberg (teclado e voz), Ismael Tiso (guitarra) e Paulo B (bateria).  

Jazz Brothers

Crédito: Silvio Fatz

Criada em São Paulo na primavera de 2002, o grupo apresenta o jazz tradicional com um tempero brasileiro, faz a fusão do jazz tradicional com a música popular brasileira. No repertório fusões do tipo Bourbon Street Parade com ritmos brasileiros. A banda foi inspirada nas Street Bands de New Orleans, bandas que se apresentavam andando pelas ruas estreitas da cidade que é o berço do Jazz.

Programação Belo Horizonte

11h00 – Jazz Brothers

11h30 – Marco Elízeo Quinteto

12h40 – Tributo Blues & Rock

13h50 – Arismar Espírito Santo Quarteto convida Bebê Kramer

15h00 – Leo Gandelman e Bittencourt Duo – Yellow Saxmarine

16h20 – Robben Ford

17h40 – JJ Thames & Alexandre França Blues Band

*** Os horários são aproximados e estão sujeitos à alterações, devido à dinâmica do Festival.

 

Confira as atividades especialmente programadas para as crianças

–        Oficina de desenho

–        Oficina de malabares

–        Pintura artística facial

As atividades infantis começam às 11h e vão até às 16h. São gratuitas e por ordem de chegada

Serviço

Porto Blue Sound

Quando: 14 de julho de 2024

Onde: Praça JK – Av. Bandeirantes 240, Sion, Belo Horizonte

Horário: 11h às 17h40

Gratuito

Instagram: @portobluesound

Facebook: /portobluesound

 

Posts Relacionados

Planejamento patrimonial ou sucessório? Na verdade, os dois!

Preocupar-se com o presente, o agora, é algo inerente...

Viagens e pacientes em quimioterapia: combinação pode ser perigosa para a saúde

A temporada de férias está oficialmente aberta. Com a...

Hábitos saudáveis podem favorecer tratamento contra o câncer

 Cuidados com corpo, mente e alimentação durante período de...

Governo de Minas apresenta inovações tecnológicas para gestão de saúde

As inovações tecnológicas permitem ampliar a oferta de serviços,...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui