22.5 C
Belo Horizonte
dom, 26 maio 24

Cliver Honorato grava DVD do álbum “Indolente Malandragem”

Indolente Malandragem ganha versão ‘ao vivo’ com participação especial de artistas independentes da capital mineira

Cliver Honorato, cantor e compositor belo-horizontino, realizará a gravação ao vivo do DVD de seu segundo álbum, intitulado “Indolente Malandragem”, no dia 16 de maio, às 20h, no Teatro do Centro Cultural Unimed, localizado na rua da Bahia, 2.244, no bairro de Lourdes, em Belo Horizonte. O trabalho aborda histórias que chamam atenção para comportamentos sociais e relações que envolvem opressão. A entrada é gratuita, e os ingressos podem ser retirados na bilheteria do teatro ou no site. A classificação é livre.

Na gravação do DVD “Indolente Malandragem”, Cliver será acompanhado pelos músicos Fillipe Glauss nas guitarras, Egberto Brant no contrabaixo, Yuri Fonseca Maia na bateria e Luadson nos teclados. A produção do espetáculo fica por conta de Jacson Dias, enquanto a produção musical é assinada pelo guitarrista da equipe Fillipe Glauss. Além disso, o palco ganhará vida com as projeções do VJ Luci e a iluminação cuidadosamente elaborada por Régelles Queiroz. A gravação audiovisual será realizada pela Primata Filmes.

Os recursos para esta empreitada foram viabilizados pelo importante mecanismo de fomento à cultura, o Fundo Municipal de Cultura, amparado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura. A gravação contará com a participação especial de artistas convidados da cena independente da capital. Entre eles estão o compositor, cantor e violonista Júlio Marotta, o cantor e violonista Edimar Boaventura, a poetisa e slammer Xiatitia, os cantores e compositores Iaiá Drumond e Marquim D’Morais, o compositor e violonista André Oliveira e o multi-instrumentista e compositor Everton Coroné.

Após a gravação, o DVD será distribuído tanto na íntegra quanto faixa a faixa digitalmente nas principais plataformas de música e vídeo, como YouTube, Spotify, Deezer, iTunes, entre outras

O que inspirou o álbum – Em 2018, o vice-presidente da República, General Mourão, declarou que o brasileiro herdou a indolência do indígena e a malandragem do negro. A partir dessa frase, nasceu o título do disco. “Essa declaração infeliz e preconceituosa inspirou a mim e ao meu parceiro, o compositor Mamutte, a criar uma canção”, recorda Cliver. Para o artista, a música é mais do que sons e palavras, é a possibilidade de enxergar o outro em si mesmo. “Por meio da arte, é possível contemplar o que está dentro de cada pessoa, é possível ver a alma, os pensamentos, sonhos e desejos. Como a minha arte é a canção, faço dela esse espaço de conhecimento e reconhecimento da alma humana”, observa Cliver Honorato.

O álbum “Indolente Malandragem” foi lançado na íntegra em junho de 2022, em todas as plataformas virtuais, e também é comercializado em formato físico. Em parceria com o artista gráfico Amadeus Rocha, Cliver elaborou um conceito de distribuição que flerta com as artes plásticas e com a experimentação artística. “Em tempos em que as coisas não são mais palpáveis, achei que seria interessante lançar o disco no formato físico. Mas não como CD. A gente criou uma coisa diferente”, explica Cliver. O álbum é uma espécie de “pílula”, embalada numa caixa que sugere um medicamento. O encarte do disco foi projetado em forma de bula, e o pen drive personalizado (com as 10 faixas do disco + material de making of das gravações) encartelado como um medicamento. “Literalmente, a música como remédio para a alma. Em tempos obscuros como este, nada melhor que estarmos munidos de um bom remédio que pode ser relaxante, denso e intenso, como são as canções do álbum”, brinca o artista.

Sobre o artista – Cliver Honorato é graduado em música pela Universidade do Estado de Minas Gerais. Lançou seu primeiro disco, “Cliver Honorato”, em junho de 2017, com canções de sua autoria que transitam pelo rock, jazz, bossa e samba.

A música de Cliver é fruto da observação do mundo contemporâneo urbano, levando-o a cantar histórias inspiradas no cotidiano que o rodeia. Em 2018, ele foi atração no 51º Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana, apresentando seu show ‘Ao Seu Dispor’ na emblemática Casa da Ópera. No ano seguinte, participou do renomado Festival de Jazz de Tiradentes/MG – DuoJazz Festival. Além disso, esteve como convidado no Sofar Sounds Pride e no Sarau Minas Tênis Clube, onde realizou um show em homenagem a Caetano Veloso, ao lado do grupo Batuque Cello e Johnny Herno. Este espetáculo foi gravado e exibido como especial na Rede Minas e em todo o Brasil pela TV Cultura. Cliver também fez parte do Tributo à Billie Holiday, realizado no Cine Brasil Vallourec, e no Festival de Inverno de Tiradentes/MG.

Em 2020, Cliver idealizou e produziu três edições das lives show ‘Somos Um’. Realizadas no Youtube, contaram com participações especiais de nomes como André Abujamra, Lydia del Picchia, Fabiana Cozza, Jota.Pê, Renegado, Jane Duboc, Marco Lobo, entre outros vários artistas da cena local e nacional. Em 2021, fez parte do show “Tríade”, com Jane Duboc, Nathália Bellar e Marco Lobo. A apresentação, que foi gravada pelo programa Hypershow da Rede Minas/Tv Cultura, contou com a participação especial de Flávio Venturini.

Apresentou-se também, no Festival Som & Fúria do Teatro Galpão Cine Horto. Em maio de 2022, esteve em turnê pela Áustria ao lado da banda Agô, com destaque para sua apresentação no festival internacional Colours of Percussion. Neste mesmo ano, “Indolente Malandragem” realizou apresentações internacionais passando por Portugal, Grécia, França e Israel. No segundo semestre de 2023, Cliver estreou ao lado do músico André Oliveira o show “desConcerto”. As apresentações já aconteceram na Casa Outono, Sala Juvenal Dias e Sesc Palladium.

Serviço:

Cliver Honorato – Gravação do Show Indolente Malandragem com convidados

Data: 16 de maio – Quinta-feira

Horário: 20h

Local: Teatro do Centro Cultural Unimed BH Minas

Endereço: Rua da Bahia, 2.244 – Lourdes, Belo Horizonte – MG.

Entrada Gratuita

Ingressos online pelo site:

https://minastenisclube.com.br/cultura/centro-cultural-unimed-bh-minas/teatro/pecas-em-cartaz/gravacao-do-dvd-indolente-malandragem-de-cliver-honorato/

Classificação: Livre

Posts Relacionados

Francisco, el Hombre saúda a latinidade no single em BH

Celebração é uma palavra constante na história da Francisco, el...

Confira o que fazer em BH neste final de semana

reuniu inúmeras opções do que está acontecendo em BH...

Mineiro conquista medalha Olimpíada Internacional de Filosofia

O estudante Bernardo Guimarães Ferreira, do Colégio Santo Agostinho...

CCBB BH mergulha na arte afro-brasileira

Ao longo de séculos é a visão do branco...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui