16.8 C
Belo Horizonte
ter, 18 junho 24

Casa Fiat de Cultura conta com exposições e atividades

Programação especial gratuita na Casa Fiat de Cultura conta com exposições, atividades lúdicas, piquenique e ateliê de carnaval

Até fevereiro, a Casa Fiat de Cultura oferece uma série de atividades gratuitas para toda a família. A programação traz desde jogos educativos a piquenique na Pampulha, visitação à exposição e ateliê  para confecção de adereços carnavalescos. A maior parte das  atividades especiais giram em torno da temática da exposição “ARTE BRASILEIRA: a coleção do MAP na Casa Fiat de Cultura”, em cartaz até 4 de fevereiro de 2024, que apresenta uma coleção rara de cerca de 200 obras, nunca expostas em conjunto, que passa pelos mais importantes movimentos artísticos do país nos séculos 20 e 21.

Durante as férias escolares, o Programa Educativo da Casa Fiat de Cultura convida o público infantojuvenil e suas famílias a participarem de uma caça aos tesouros escondidos por Okè, a Montanha, na exposição “Caça aos tesouros da arte brasileira”. A atividade tem caráter coletivo e vai promover estímulos lúdicos para o aprendizado sobre o acervo artístico do MAP. Desenvolvendo um trabalho em equipe, os participantes serão divididos em dois grupos que disputarão um troféu, desvendando pistas e interagindo com as obras presentes na galeria. A atividade acontece sempre aos domingos, dias 7, 14, 21 e 28 de janeiro, das 11h às 12h. As inscrições podem ser feitas gratuitamente na entrada da galeria até 10 minutos antes de cada horário. Sujeito à lotação.

No sábado, dia 20 de janeiro, das 10h às 16h, o Passeio pela História – Piquenique na Pampulha oferece ao público uma oportunidade única de transitar pela memória de Belo Horizonte, apreciar alguns dos projetos arquitetônicos mais conhecidos da cidade, compartilhando momentos de alegria e imersão no patrimônio artístico e cultural da capital mineira.

O percurso terá início na Casa Fiat de Cultura na exposição “ARTE BRASILEIRA”: a coleção do MAP na Casa Fiat de Cultura”, e continuará na Capela de Santana, que fica nos jardins da instituição. Logo após, os participantes farão uma parada no hall de entrada da instituição, onde poderão conhecer o painel “Civilização Mineira”, de Candido Portinari, maior quadro do artista em Minas Gerais. Em seguida, o grupo partirá em excursão para a orla da Lagoa da Pampulha, onde poderão apreciar a beleza das edificações que compõem o conjunto modernista assinado por Oscar Niemeyer e vivenciar momentos descontraídos em um piquenique na Pampulha. O transporte gratuito será feito de ônibus para os inscritos, saindo e retornando da Casa Fiat de Cultura.

CARNAVAL – Em janeiro, o “Ateliê Aberto de Carnaval: Criar e recriar adereços de Carnaval para o amanhã” apresenta uma proposta inovadora de criar adereços duradouros e personalizados, rompendo com a temporalidade efêmera do Carnaval. O objetivo é criar brincos, colares e braceletes que tragam alegria do carnaval o ano todo. Esse ateliê aberto colocará à disposição materiais especiais remanescentes para criação desses adereços “amor pra vida”, a partir de técnicas como cartonagem, tapeçaria, costura, colagem, entre outras, com a orientação de profissionais especialistas na área.. As atividades do ateliê vão ocorrer nas sextas, sábados e domingos, entre 5 de janeiro a 4 de fevereiro de 2023, das 10h30 às 12h e das 15h às 17h. A participação também é livre, sujeita a lotação do espaço.

Exposição ARTE BRASILEIRA: a coleção do MAP na Casa Fiat de Cultura

Um verdadeiro encontro entre o utópico mundo do modernismo e o universo experienciado por quem vive Minas, promovendo um novo olhar sobre a arte brasileira. Esta é a proposta da exposição “ARTE BRASILEIRA: a coleção do MAP na Casa Fiat de Cultura”. Realizada através da parceria entre a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Fundação Municipal de Cultura e a Casa Fiat de Cultura, a mostra reúne a relevante coleção do Museu de Arte da Pampulha (MAP). São exibidas cerca de 200 obras – a maior montagem já feita fora do MAP – que atravessam a arte brasileira entre os séculos XX e XXI para reafirmar a importância de um acervo que passa pelos principais movimentos da arte contemporânea brasileira, com artistas e ações que reverberam para além do país. A curadoria é de Marcelo Campos, curador do Museu de Arte do Rio (MAR) e um dos mais atuantes na cena nacional, e de Priscila Freire, ex-diretora do MAP, cuja atuação é pioneira à frente dos museus do Brasil. A mostra ficará em cartaz até 4 de fevereiro de 2024, com entrada gratuita.

A exposição “ARTE BRASILEIRA: a coleção do MAP na Casa Fiat de Cultura” é uma realização da Casa Fiat de Cultura, da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura, e do Ministério da Cultura, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Conta com o patrocínio da Fiat e do Banco Safra, copatrocínio do Banco Stellantis e da Brose, apoio institucional do Circuito Liberdade e apoio do Governo de Minas e do Programa Amigos da Casa.

Bate-papos e visitas temáticas em janeiro – O “Diálogos MAP na Casa Fiat de Cultura” trará na quarta-feira, dia 17 de janeiro, das 19h30 às 21h, uma conversa com a poeta, ensaísta, dramaturga e professora Leda Maria Martins com entrada gratuita. A atividade integra o ciclo de palestras da exposição “ARTE BRASILEIRA: a coleção do MAP na Casa Fiat de Cultura” que homenageia – por meio do núcleo “Novos Bustos” – grandes pensadores nacionais: Ailton Krenak, Leda Maria Martins e Conceição Evaristo. O bate-papo parte do conceito de Tempo Espiralar que atravessa a obra de Leda e inspira um dos módulos da exposição, intitulado “Pampulha Espiralar: Um Lar, Um Altar”. Neste núcleo a fundamental teoria de Leda Maria Martins conduz as reflexões sobre os gestos do corpo e os mecanismos identitários entre a África e o Brasil.  O evento é uma realização da Casa Fiat de Cultura, da Prefeitura de Belo Horizonte e do Instituto Lumiar e integra o programa “Museus Pampulha – Diálogos MAP” que promove encontros com artistas e pesquisadores de forma a incentivar e instigar o pensamento e a produção artística em Belo Horizonte.

No mês de janeiro também serão realizadas duas Visitas Temáticas à exposição. A primeira delas será no sábado, dia 13 de janeiro, das 10h às 11h, com o tema “Pelos Metais de Minas”. Das atividades desenvolvidas em Minas Gerais, os metais são uma das riquezas e estão presentes em diversas produções artísticas. Por isso, o percurso explora as obras em metal exibidas na exposição “ARTE BRASILEIRA: a coleção do MAP na Casa Fiat de Cultura”. Serão apresentadas a partir desta temática as obras dos artistas Amilcar de Castro, Marilá Dardot, Luana Vitra, Renato Madureira, Iole Freitas e Paulo Nazareth. As inscrições podem ser feitas gratuitamente na entrada da galeria até 10 minutos antes do horário de início da atividade. Sujeito à lotação.

20231009 – BELO HORIZONTE-MG – CASA FIAT DE CULTURA – Exposição ARTE BRASILEIRA – A Coleção do MAP na Casa Fiat de Cultura .- Foto Leo Lara/Studio Cerri

No sábado, dia 27 de janeiro, das 10h às 11h, será realizada a visita temática “Lentes do mundo” em homenagem ao Dia Nacional da Fotografia (celebrado em 8 de janeiro). Para marcar a data, os programas educativos do Museu de Arte da Pampulha (MAP) e da Casa Fiat de Cultura farão um percurso que explora as fotografias da exposição debatendo as escolhas, enquadramentos e técnicas de revelação fotográfica adotados pelos artistas fotógrafos presentes na mostra. A partir desta temática, o percurso contemplará as obras de Marcel Gautherot, Italo Almeida, Froiid, Pedro Neves, Paulo Nazareth, Rosângela Rennó, Nydia Negromonte, Retratistas do Morro e Sara Ramo. As inscrições podem ser feitas gratuitamente na entrada da galeria até 10 minutos antes do início da atividade. Sujeito à lotação.

Exposição “o lugar na palavra”

Uma reflexão sobre o cotidiano e a percepção dos lugares, por meio da escrita e do desenho. A artista gaúcha Fernanda Fedrizzi apresenta, na Casa Fiat de Cultura, a mostra “o lugar na palavra”. As obras, compostas por cartazes e publicações, poderão ser manuseadas e lidas pelo público. Escolhida no 6º Programa de Seleção da Piccola Galleria da Casa Fiat de Cultura, a exposição ficará em cartaz até 21 de janeiro de 2024. Nela, apresenta-se a produção poética da artista, que questiona os sentidos e significados que podem ser empregados às palavras e expressões, assim como a possibilidade de compreensão do lugar como trânsito, percurso ou deslocamento do pensar.

Todos os trabalhos apresentados pensam o lugar através da palavra, a partir de pesquisas que a artista iniciou em 2018. Antes disso, ela atuava como arquiteta urbanista, realizando, ocasionalmente, pequenas intervenções urbanas. A partir daí, por meio de cartazes, publicações e da colagem de adesivos pelas cidades por onde passava, juntamente ao ingresso na pós-graduação, decidiu dedicar-se às artes visuais, de forma a unir seus trabalhos poéticos aos estudos teóricos.

Férias na Casa Fiat de Cultura

Exposições

Exposição “Arte Brasileira: a coleção do MAP na Casa Fiat de Cultura”

Até 4 de fevereiro de 2024

Curadoria: Marcelo Campos e Priscila Freire

Terça a sexta, das 10h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h

Entrada gratuita

Diálogos MAP na Casa Fiat de Cultura com Leda Maria Martins

Dia 17 de janeiro

Horário: das 19h30 às 21h

Entrada Gratuita mediante retirada de ingressos na Sympla

Visita Temática –  Pelos Metais de Minas

Dia 13 de janeiro

Horário: das 10h às 11h

Entrada gratuita. As inscrições podem ser feitas gratuitamente na entrada da galeria até 10 minutos antes do horário de início da atividade. Sujeito à lotação.

Visita Temática – Lentes do mundo
Dia 27 de janeiro

Horário: das 10h às 11h

Entrada gratuita. As inscrições podem ser feitas gratuitamente na entrada da galeria até 10 minutos antes do horário de início da atividade. Sujeito à lotação.

Exposição “o lugar na palavra”, da artista Fernanda Fedrizzi

Até 21 de janeiro de 2024

Curadoria: 6º Programa de Seleção da Piccola Galleria da Casa Fiat de Cultura

Terça a sexta, das 10h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h

Entrada gratuita

Atividades do Programa Educativo

Caça aos tesouros da arte brasileira

Dias 7, 14, 21 e 28 de janeiro

Horários: das 11h às 12h

Entrada gratuita. As inscrições podem ser feitas gratuitamente na entrada da galeria até 10 minutos antes de cada horário. Sujeito à lotação.

Ateliê Aberto de Carnaval – “Ateliê Aberto de Carnaval: Criar e recriar adereços de Carnaval para o amanhã”

De 5 a 7, 12 a 14, 19 a 21, 26 a 28 de janeiro e de 2 a 4 de fevereiro, sempre nas sextas, sábados e domingos.

Horários: Das 10h30 às 12h e das 15h às 17h

Participação livre, sujeita a lotação do espaço

Observação: nas atividades de Ateliê, crianças até 10 anos deverão estar acompanhadas por seus responsáveis; crianças até 5 anos deverão ser auxiliadas por seus acompanhantes durante as atividades; todos deverão usar roupas confortáveis e apropriadas ao uso de tintas, colas e outros materiais.

Passeio pela História

Dia 20 de janeiro

Horário: a partir de 10h às 16h

Inscrições: Sympla

Local: Casa Fiat de Cultura

Casa Fiat de Cultura
Praça da Liberdade, 10 – Funcionários – BH/MG

 Horário de Funcionamento
Terça-feira a sexta-feira, das 10h às 21h
Sábado, domingo e feriado, das 10h às 18h

Posts Relacionados

“Paco Pigalle: La Fiesta” chega à sua terceira edição em BH

“Paco Pigalle: La Fiesta” ganha sua terceira edição em...

Projeto social impulsiona futebol feminino e transforma vidas

Um projeto em Minas Gerais vem se destacando por...

João Ventura em Belo Horizonte no Clube de Jazs

O pianista, cantor e compositor João Ventura se apresentará...

Começa o Festival do Queijo Artesanal de Minas

Teve início nesta quinta-feira (13/6), a 6ª edição do...

Fernando e Sorocaba levam o Churrasco On Fire para Betim

A dupla Fernando e Sorocaba desembarca na cidade de Betim,...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui