18.4 C
Belo Horizonte
seg, 15 julho 24

Começa o Festival do Queijo Artesanal de Minas

Durante abertura do evento foi anunciada a publicação do Regulamento Técnico do Queijo de Casca Florida

Teve início nesta quinta-feira (13/6), a 6ª edição do Festival do Queijo Artesanal de Minas (FQAM), no Expominas, em Belo Horizonte. A abertura do evento foi marcada pelo “corte do queijo”, um ato simbólico do início das atividades do festival e contou com a presença do vice-governador, Mateus Simões, o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae Minas, Marcelo de Souza e Silva, e o presidente do Sistema Faemg/Senar, Antônio Pitangui de Salvo, além de autoridades políticas, entidades representativas do setor e produtores mineiros de queijo.

Durante a cerimônia foi anunciada a publicação do Regulamento Técnico de Identidade e Qualidade do Queijo Minas de Casca Florida. A variedade do Queijo Minas Artesanal é produzida a partir do leite cru, com utilização de ‘pingo’, sem que seja realizada a raspagem da casca, dando ao produto um aspecto de bolor ou mofo.

Minas Gerais foi o primeiro estado brasileiro a formalizar o Queijo de Casca Florida, por meio da resolução nº 42, da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), em dezembro de 2022. O regulamento assegura a padronização de qualidade dos queijos do tipo casca florida, estabelecendo critérios rigorosos sobre ingredientes, processos de produção e características únicas, dando mais segurança para os consumidores.

“Essa normatização será mais uma oportunidade para ampliar a participação do Queijo Minas Artesanal no mercado, agregando ainda mais valor à iguaria e ao trabalho dos produtores. Além disso, o mofo deste tipo de queijo é incorporado ao nosso terroir de forma natural, ou seja, não há a inclusão de nenhum fungo industrializado como acontece em outros Queijos Minas Artesanais de Casca Florida Natural produzidos no restante do país”, afirma o vice-governador.

Durante seu pronunciamento, o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae Minas reafirmou as conquistas do setor e o trabalho realizado em conjunto com as entidades parceiras para apoiar os produtores e estimular a geração de emprego e renda nos territórios. “O Sebrae realiza muitas coisas, mas não realizamos sozinhos. Estamos sempre em parceria com o Governo do Estado e demais instituições ligadas ao setor para levar mais conhecimento aos produtores. Queremos que ofereçam um produto de qualidade e de alto valor para o mercado, gerando riquezas e o desenvolvimento econômico local”, explica Marcelo Souza.

A promoção e a legitimidade dos queijos mineiros também foram destacadas pelo presidente do Sistema Faemg Senar. “A realização deste festival reforça a originalidade do nosso queijo artesanal, que tem aumentado sua qualidade e conquistado vários prêmios dentro e fora do Brasil. Uma iguaria que não só promove a gastronomia local, mas fortalece a economia e o turismo regional”, diz Salvo.

O Festival do Queijo Artesanal de Minas é promovido pelo Sebrae Minas e o Sistema Faemg Senar com o apoio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Estado de Minas Gerais (Seapa) e a Associação Mineira do Queijo Artesanal (Amiqueijo).

Programação

Nesta sexta-feira (14/5), será realizado, das 8h às 18h, o Seminário Técnico dos Queijos Artesanais de Minas. O encontro vai reunir produtores mineiros de queijos e especialistas técnicos das instituições de apoio ao segmento, como o próprio Sebrae, Sistema Faemg Senar, Ministério da Agricultura, Secretaria de Estado de Agricultura, IMA, Emater, Epamig, entre outros. Serão promovidas palestras, debates e mesas redondas sobre assuntos que impactam o processo produtivo dos queijos artesanais, além de tendências de mercado e inovações voltadas para o setor.

No mesmo dia, das 13h30 às 18h, produtores mineiros de queijos e pequenas agroindústrias do estado vão apresentar seus produtos para donos de empórios e lojas especializadas de alimentos durante a Agenda de Relacionamento. A expectativa é que o evento aproxime 40 produtores de queijos, doces, cachaça, cafés, mel e geleias com 20 potenciais compradores de vários estados.

O Festival do Queijo Artesanal de Minas vai até sábado (15/6). Durante os três dias do evento, serão comercializados pratos preparados com queijos de 13 regiões produtoras de Minas Gerais feitos por chefs mineiros do programa Prepara Gastronomia. Os pratos custam entre R$ 20 e R$ 40 e a curadoria é do chef Renato Lobato, tri-campeão brasileiro no concurso Panconfest.

Os visitantes também terão a oportunidade de degustar e comprar diretamente dos produtores de queijos, doces, quitandas, licores, cachaça e geleias apoiados pelo projeto Origem Minas, uma iniciativa criada pelo Sebrae Minas em parceria com o Sistema Faemg/Senar.

 

SERVIÇO

6º Festival do Queijo Artesanal de Minas (FQAM)

Dias 13 e 14 de junho (quinta e sexta-feira), das 12h às 22h, e dia 15 de junho (sábado), das 10h às 22h.

Expominas – Avenida Amazonas, 6.200 – Gameleira

Belo Horizonte/MG

Inscrições: festivalqam.com.br

Posts Relacionados

Quarteto com multi-instrumentista Raïssa Anastásia é atração do Zás desta semana

Acompanhada por três músicos, a também compositora faz sua...

Saúde recomenda atenção para casos de febre Oropouche no país

Uma recomendação aos estados e os municípios para que...

Anvisa atualiza informações sobre rotulagem nutricional

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou nesta...

Novidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui