Volkswagen lança programa de carro por assinatura

0
357

A Volkswagen lançou um novo programa interessante para quem busca adquirir carros novos, mas não quer direcionar o volume de dinheiro necessário para investir nesse tipo de aquisição no momento. Basicamente, a ideia da empresa é lançar um programa de carro por assinatura, no qual o consumidor paga um valor mensal e pode acessar automóveis novos da empresa.

De certa forma, o serviço funciona como uma espécie de Netflix de carros, usando uma ideia tecnológica e inovadora para ampliar o número de clientes que a Volkswagen possui no momento.

Intitulado VW Sign & Drive, o projeto foi criado pela Volkswagen Financial Services em parceria com a Fleet Solutions. O objetivo, para a marca, é oferecer aos consumidores a oportunidade de ter um Volkswagen 0 quilômetro sem precisa passar pelo processo de compra do automóvel, usando todas as praticidades do serviço de aluguel que já vimos em outros modelos de negócio.

No momento, o serviço de assinatura só está disponível para o estado de São Paulo. O interessado pode fazer a assinatura pela Internet e então recolher o automóvel desejado na concessionária mais próxima ou pode fazer já na concessionária e sair de lá com o veículo escolhido.

Basicamente, o projeto funciona de forma bem simples. O consumidor interessado pagará uma taxa mensal específica, dependendo do modelo de carro que quiser. Enquanto pagar essa taxa mensal, o consumidor pode usar o automóvel 0km escolhido, com a Volkswagen ficando responsável por absolutamente todos os custos agregados ao automóvel, como seguro, documentação, manutenção e emplacamento. Como é óbvio, o consumidor ainda deve pagar o cobustível usado, claro.

No momento, o programa conta com 3 famílias de carros disponíveis. A mais impactante é a do T-Cross, SUV compacto da empresa que fez muito sucesso em 2020 e, inclusive, chegou a bater o Chevrolet Onix e ser o carro mais vendido de um dos meses do ano. Estão disponíveis no programa as versões Comfortline, Highline e 200 TSI do T-Cross. No entanto, a 200 TSI já esgotou nos primeiros dias do serviço lançado no mercado. Além do T-Cross, também estã no programa o Tiguan AllSpace Comfortline e o Virtus TSI Highline.

Para poder andar de T-Cross dentro do programa, é necessário pagar a mensalidade de R$1.999,00. Esse é o valor da versão Comfortline. A versão Highline tem o custo mensal de R$2.299,00. O Virtus, por sua vez, tem mensalidade de R$2.099,00, enquanto o Tiguan Allspace tem a maior das mensalidades: R$3.659,00. 

O programa pede que o consumidor mantenha a assinatura por 1 ou 2 anos, dependendo do acordo assinado. Isso significa que um Virtus, por exemplo, pode custar de R$25.188,00 a R$50.376,00, dependendo do período escolhido. Considerando que o carro custa ao redor de R$100.490,00, dá para ver que a economia é considerável.

Economias parecidas são encontradas com os outros automóveis. No caso do T-Cross Comfortline, a assinatura de um ano sai por R$23.988, enquanto a de dois anos sai por R$47.976,00. O automóvel custa ao redor de R$110.000,00.

No Tiguan existe economia semelhante: na assinatura anual, seu custo é de R$43.908,00, enquanto na versão bianual o custo é de R$87.816,00. No mercado, o veículo custa ao redor de R$175.000,00.

Do ponto de vista econômico, a assinatura é mais barata do que financiar um automóvel. Ainda que a taxa de juros de financiamento de carros tenha caído por causa da Selic em 2%, o fato é que ficar um ou dois anos com os automóveis nesse programa é mais barato do que comprá-los.

Por outro lado, há o fato de que o automóvel não é propriedade do consumidor. Ele não poderá modificá-lo e nem terá esse valor de patrimônio no futuro, caso deseje vendê-lo.

Uma outra vantagem é que os custos agregados de ter um carro não existem. O consumidor paga apenas a parcela e pronto. Os gastos como manutenção, impostos e outros são todos de responsabilidade da Volkswagen.

Por outro lado, é fato que as mensalidades são altas. O menor valor é de R$2.000,00 por mês, o que não é todo mundo que tem disponível atualmente. Portanto, é um programa de assinatura restrito a um público de renda mais alta.

Por enquanto, no entanto, o serviço está em uma fase de testes e passará por avanços no futuro, dependendo dos resultados. É provável que em breve vejamos mais estados usando o serviço, enquanto mais carros sejam adicionados. Isso poderá até reduzir o custo da assinatura, dependendo dos automóveis que sejam inseridos.

Essa primeira fase do programa durará enquanto a Volkswagen tiver estoques disponíveis para isso. Depois de avaliar os resultados, a empresa alemã decidirá se vale ou não a pena continuar oferecendo o serviço no país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here