Jovem estreia show do disco ‘Sem Filtro’ em ‘dobradinha’ com Rodrigo Ferreira, que apresenta ‘Extremos’

0
33

Artistas levam ao palco, pela primeira vez, discos de 2021; shows acontecem no dia 20 de abril, no Teatro de Bolso Sesiminas

“Sem Filtro” é o nome do terceiro disco do Jovem, trabalho solo do cantor, baixista, compositor e produtor musical Danilo Guimarães. Lançado em novembro de 2021, o álbum será apresentado ao vivo pela primeira vez no dia 20 de abril, quarta-feira, numa “dobradinha” especial. Na mesma noite, o Teatro de Bolso do Sesiminas recebe o guitarrista e compositor Rodrigo Ferreira, que também estreia, no palco, seu disco “Extremos”, lançado no ano passado. Os shows acontecem a partir das 19h30 e os ingressos custam R$20 (inteira) e R$10 (meia-entrada). A venda online já está disponível pela Sympla.

Conhecido também por sua atuação como baixista da veterana banda Falcatrua, Danilo Guimarães traz em “Sem Filtro” uma versão à seco do Jovem, fruto de uma produção pandêmica intensa. Um mergulho que vai do synthpop ao rock, passando por referências mil, e que contou com a contribuição valiosa do letrista Paulo Valle. Danilo conta que as músicas do álbum foram adaptadas para a apresentação, que contará com uma formação inédita. “Para o show de ‘Sem Filtro’, o Jovem vai atacar de duo pela primeira vez. O show será com VS (virtual studio) reproduzindo os beats, ou seja, sem baterista. No palco, estaremos apenas eu, nos vocais, baixo, guitarra, violão e teclados; e o Skilo, nos vocais, percussão, baixo e guitarra”, adianta.

Escute o disco “Sem Filtro”, do Jovem

Danilo ressalta a animação de voltar aos palcos após um hiato de dois anos, motivado pela pandemia da Covid-19. “Estamos super empolgados para tocar, ainda mais com a autonomia que essa formação proporciona. A expectativa é a melhor possível, pois as músicas foram gravadas nesse contexto”, afirma o artista, revelando que o repertório também inclui músicas de “Errei Outra Vez” (2019) e “Jovem” (2018). “Como estamos muito tempo sem tocar, apresentaremos canções de todos os discos, principalmente de ‘Errei Outra Vez’, que ficou bastante prejudicado por causa da pandemia. Faremos ainda uma música inédita, composta em parceria com o poeta Djami Sezostre”.

“Extremos”

Dividindo a noite com o Jovem, Rodrigo Ferreira mostrará ao público as faixas de seu primeiro disco solo, “Extremos”, que passeia entre a guitarra e a canção. “Há a veia guitarrista, porém algumas faixas são de fato canções, otimamente interpretadas pelos artistas que contribuíram com suas vozes no disco. Existe uma poesia e um sentimento de compartilhamento muito grande nas letras”, afirma o guitarrista e compositor, atuante fervoroso da cena mineira. “O álbum reúne faixas compostas no período em que integrei a banda Peyote e, também, na época em que estudei jazz nos Estados Unidos. Senti a necessidade de registrar essas músicas, que são todas inéditas. Não há releituras ou regravações”, completa.

Escute o disco “Extremos”, de Rodrigo Ferreira

Para “Extremos”, Rodrigo Ferreira contou com a participação de artistas como o pernambucano Kiko Klaus, que canta duas músicas. “A gravação do disco foi feita no estúdio em que o Kiko trabalha. Ele gravou as vozes de uma das faixas e ficou sensacional, então o convidei para mais uma. O resultado foi bem bacana”, relembra, comentando as outras parcerias do álbum. “O Léo Dias, do Somba, já tocou comigo no Peyote e é um grande amigo. Ele também canta uma música. Já o André Miglio, vocalista do Falcatrua, não participou da gravação do disco, mas de dois singles que serão lançados nesse show. Teve, ainda, o Ian Guedes, que gravou o solo de guitarra ‘Pela Eternidade’, e o Daniel Rodrigues, o de ‘Pomar’. Todos eles estarão comigo no palco”, completa o artista, que também estará acompanhado por Arthur Rezende (bateria), Skilo (baixo), Walner Lucas e Hugo Bizotto (teclados).

De acordo com Rodrigo, a “dobradinha” com o Jovem se deu de forma natural, motivada pela admiração mútua e pelas muitas interseções artísticas. “O Jovem e eu trabalhamos com a mesma produção técnica, que é do Skilo. Os trabalhos foram feitos simultaneamente. Sempre tivemos afinidades nos temas musicais e nas atitudes artísticas. Muito fácil e sugestivo fazer essa parceria com ele”, ressalta. Danilo Guimarães faz coro: “Conheci o trabalho do Rodrigo através do Skilo, que além de tocar na banda dele, produziu o álbum. Depois, descobrimos que amigos em comum e outras afinidades. Achei uma ótima oportunidade de unirmos forças, já que ambos estávamos com os discos prontos, esperando o melhor momento para lançar. A hora chegou!”, finaliza.

Show: Jovem e Rodrigo Ferreira apresentam discos

Quando. Dia 20 de abril, quarta-feira, a partir das 19h30

Onde. Teatro de Bolso do Sesiminas (R. Padre Marinho, 60, Santa Efigênia)

Quanto. R$20 (inteira) e R$10 (meia). Vendas online pela Sympla

Jovem nas redes. Instagram | YouTube | Spotify

Rodrigo Ferreira nas redes. Instagram | Spotify

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here