PBH espera 1,6 milhão no Carnaval e tira shows da região da Savassi

0
1365

“A Savassi chegou ao seu limite”, disse a presidente da Belotur Claudia Pedrozo, na manhã desta sexta-feira em coletiva sobre o Carnaval deste ano. Segundo ela, devido à problemas no ano passado, a região será um ponto de circulação com barraquinhas e segurança, mas não contará com palcos e shows. É esperado um público de 1,6 milhões de pessoas, sendo 1,3 milhão nos 200 blocos de rua, 23 a mais do que na edição anterior.

Acesse aqui a programação oficial do Carnaval 2016 em BH

O bairro Santa Tereza também tem restrições este ano devido à um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre a Associação de Moradores e o Ministério Público. Por causa do TAC, os blocos deverão encerrar a folia às 19h. A medida não afetará o funcionamento de bares e restaurantes.

São esperados 260 desfiles dos blocos de ruas do dia 23 de janeiro a 14 de fevereiro, em diferentes bairros da cidade, como o Floresta, Funcionários, Prado, Buritis e Sion. A Savassi, apesar de não contar com shows, irá receber blocos, entre eles o Diz que me ama, pô!, Me bebe que sou cervejeiro, Bloco dos dados e Trovão das Minas.

Tema e investimentos

O carnaval deste ano tem como tema “A cidade é sua. A festa é nossa” e o mote “BH carnaval consciente”. O objetivo é reforçar o caráter popular da festa e o sentimento de amor pela cidade. A comemoração conta com investimentos de R$ 3,372 mi entre recursos próprios e patrocínio .

Segundo Claudia Pedrozo, apesar da festa ser destinada a um público previsto de 100 mil pessoas a mais do que no ano passado, os recursos puderam ser mantidos no mesmo patamar com adequações operacionais.

Ônibus gratuito

Outra novidade este ano é o transporte gratuito na avenida do Contorno, por meio de 14 veículos cedidos pelo patrocinador. Eles irão circular entre 6 e 9 de fevereiro, de 10h às 20h, abrangendo alguns dos principais pontos que concentram o maior número de apresentações de blocos de ria e programação carnavalesca. Serão 40.300 foliões beneficiados pelo transporte gratuito por meio da campanha “Se beber não dirija, vá de busão”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here