Duas cidades do Vale do Aço na disputa por fábrica da Heineken em Minas

0
36

A prefeitura da cidade mineira de Jaguaraçu entrou na disputa pela fábrica da Cervejaria Heineken em Minas Gerais. Além dos contatos já realizados com representantes da multinacional, a prefeitura produziu um vídeo curta para chamar a atenção do grupo.

A Cervejaria Heineken irá investir cerca de R$ 2 bilhões na instalação de uma fábrica do grupo em Minas Gerais. Em dezembro do ano passado a empresa anunciou que a unidade seria em Pedro Leopoldo (MG). Porém, na semana passada (13/12) a cervejaria comunicou que não iria mais se instalar no município.

A desistência de Pedro Leopoldo foi porque o terreno onde a fábrica seria construída estava próximo a uma área de preservação ambiental e arqueológica da região. “A decisão foi tomada após poucos meses de diálogo sobre os diferentes entendimentos de órgãos envolvidos e da sociedade em geral”, disse em nota a assessoria da Heineken.

Entre os interessados, cidades de diferentes regiões de Minas Gerais iniciaram uma “corrida” para tentar garantir o título de município que vai abrigar a nova fábrica da cervejaria Heineken no Estado. Betim, Curvelo, Ipatinga, Sete Lagoas, Mateus Leme, Pirapora, Ouro Branco e Corinto são algumas das cidades mineiras que estão fazendo campanha para receber o empreendimento. Com um investimento de cerca de R$ 2 bilhões, a instalação da nova unidade deve gerar quase 2.500 empregos diretos e indiretos.

Com o movimento #VemHeineken, prefeituras, vereadores e muitos cidadãos têm publicado nas redes sociais pedindo que a fábrica seja instalada no município pensando nos empregos que serão gerados. O anúncio da cidade escolhida será feito no início de 2022.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here