Candidata autodeclarada lésbica e feminista concorre ao cargo de vereadora em Salvador

0
1180

Disputando pela primeira vez uma vaga na Câmara Municipal de Vereadores da capital baiana, a candidata Juliana Caires (PSB Bahia) elegeu como principal bandeira o empoderamento político, econômico e financeiro de mulheres e minorias sociais, com a promoção da igualdade racial e a preservação dos direitos dos LGBTQIA+. Autodeclarada lésbica, feminista interseccional e antirracista, Juliana Caires formou-se em Direito pela Universidade Federal da Bahia (UFBA).

 

Nascida no interior baiano, ela defende a advocacia social e humanista. Tornou-se conhecida pela autoria da Ação Civil Pública que contesta a legalidade da obra do BRT, bem como da Ação Popular que questiona o fechamento do Colégio Estadual Odorico Tavares, ambos em Salvador. A advogada ressalta a importância de escolher novas lideranças municipais neste período de crise humanitária, sanitária e econômica pelo qual o Brasil e o mundo estão passando.

 

Ela credita que neste momento o melhor caminho é optar por lideranças que protejam o SUS e a Ciência. Eleger políticos que lutem pela Educação e, sobretudo, defendam uma Economia inclusiva, popular, que incentive o comércio local e a geração e distribuição de renda nas comunidades. Juliana salienta que os cidadãos precisam entender a função dos vereadores de representar os eleitores e a comunidade, legislar em defesa do bem comum e fiscalizar a prefeitura, principalmente quanto ao cumprimento da lei, da boa aplicação e gestão do dinheiro público.

 

Para a advogada, é necessário praticar uma gestão de portas abertas, democrática, com transparência, prestação de contas, responsabilidade pessoal e participação da população.

“As vereadoras e os vereadores falam em nome da população, do partido político que representam e de movimentos sociais organizados, devendo realizar seminários, debates e audiências públicas, como meio de ouvir e de permitir que sejam ouvidos os interesses da comunidade em geral”, afirma Juliana Caires.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here