Lançamento do livro infantil “Histórias para fazer Sofia dormir”

0
598

Escrito por Cláudia França e ilustrado por Yasmine Evaristo, obra traz histórias criadas a partir da vivência da escritora com sua filha

A partir do dia 20 de dezembro, os leitores poderão desfrutar do universo de histórias criadas pela escritora Cláudia França para embalar o sono de sua filha. O livro “Histórias Para Fazer Sofia Dormir” será lançado pela editora Atafona e traz três contos: “Aurora, a menina que fazia hora”“Maria da Glória, a menina que emendava história” e “Dona Lia, a faxineira que tem miopia”. A edição tem 48 páginas, que são ilustradas pela artista plástica Yasmine Evaristo e o acabamento é feito com uma costura manual. A pré-venda já está disponível no site da editora (www.editoraatafona.net) com preço promocional de R$38,00.

Cláudia França conta que “Histórias Para Fazer Sofia Dormir” surgiu de sua experiência como mãe e da vontade de levar esse universo criado por ela a novas crianças: “O livro surgiu ao pé da cama da menina mais linda e inteligente que me deu o privilégio de ser mãe. Das inúmeras histórias inventadas para levá-la ao mundo dos sonhos, aqui se encontram três delas para que outras crianças tão lindas e inteligentes possam também sonhar acordadas ou dormindo em nuvens de algodão.”

Sobre as histórias escolhidas para compor a obra, a autora resume a situação em que cada uma foi criada: “‘Aurora, a menina que fazia hora’ foi a primeira história que eu coloquei no papel há uns dez anos. Uma mãe acelerada, multitarefa, que costumava dar conta de várias coisas ao mesmo tempo, convivendo com uma criatura que trazia consigo a leveza de ser criança, de viver o mundo a seu passo. As duas viviam na contra mão de quase tudo. Um belo dia eu desabafei: ‘você faz tanta hora com a minha cara que qualquer dia desses eu vou me transformar em um relógio…’ O desabafo se transformou em uma das histórias do pé da cama. As personagens foram surgindo tendo como referência parentes, amigos e vizinhos queridos.”

Em relação à “Maria da Glória, a menina que emendava história”, Cláudia conta que todas as noites, sua filha pedia mais uma história. Às vezes, a mãe já estava dormindo e a menina a acordava: “Acorda, eu quero outra história, acorda mãe, por favor!” – recorda a autora, que teve que, para dar conta da demanda de histórias pedidas por Sofia, passou a fazer sobre temas já explorados nas narrativas noturnas, até que um dia fez outro desabafo: “De tanto emendar uma história na outra, elas vão tomar conta do seu quarto!” A partir daí, nasceu a personagem Maria da Glória, que tem o quarto ocupado por muita histórias.

Por fim, há uma historinha de suspense para instigar os leitores mais curiosos: “Dona Lia, a faxineira que tem miopia”, gira em torno do desaparecimento dos óculos da personagem título, o que acaba transformando um corriqueiro almoço de família, num caso policial.

Yasmine Evaristo, que ilustra o livro, conta que “Ao ouvir as histórias para Sofia, fui transportada para um lugar acolhedor, que eu conheço desde criança – minha imaginação. Tomando para mim um pouco dessas sensações, pude desenvolver a ilustração que dialoga com as palavras da Cláudia, e poderiam ter sido desenhadas por todos os meus ‘eus’, dos cinco anos de idade ao tempo atual.”

Sobre a Autora:

Cláudia Gomes França

Após a fracassada empreitada de ser a próxima ginasta Nadia Comaneci, estudei engenharia, arte e moda. O glamour do mundo da moda me levou a desenhar e fabricar sapatos para mulheres que desejam andar sempre além. Da linha de produção fui parar nas salas de aula. Primeiro, como designer de calçados e, depois, como professora de Arte no CEFET-MG. A sala de aula nessa instituição se transformou em uma jornada diária de eterna aprendizagem. A distância cronológica cada vez maior dos meus alunos – a cada ano eu fico mais velha, mas recebo, acolho e lido com adolescentes do 1º ano do Ensino Médio Técnico – me renova em cada atitude como professora, mãe e mulher.  A popularização da ciência e a extensão me fizeram conhecer as mais lindas crianças desse mundo nas comunidades Aglomerado da Serra e Cabana do Pai Tomás.

Ser mãe de Sofia é um capítulo a parte! Menina, hoje mulher, linda, inteligente, curiosa, sempre com respostas na ponta da língua, que transformou a hora de dormir em verdadeiro desafio para a minha imaginação.Além disso, sou tia da Laurinha, do Bê e do Dimi, sobrinhos filhos que amo como se fossem meus! Para a porção criança que nos habita, escrevo minhas loucuras com bom humor e diversão para crianças de todas a idades.

Sobre a Ilustradora:

Yasmine de Paula Evaristo

Artista plástica que adora um bom livro. Adora tanto que foi estudar letras e tecnologias de edição no CEFET-MG. Multitarefa, sou crítica de cinema e colunista do blog Entrando numa Fria e do site Plano Aberto. Fui integrante do Elviras, Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema e fiz parte do Coletivo das Minas. Em 2016 participei do Verão Arte Contemporânea, junto com meus colegas da Escola Livre de Artes, na concepção do cortejo de barcos em homenagem ao Lago dos Cisnes na Lagoa do Parque Municipal.

Fui estagiária da Coordenação Geral de Atividades Culturais do CEFET-MG, onde trabalhei ativamente na concepção e desenvolvimento de atividades artístico culturais, na discussão sobre a implantação da política de arte e cultura na instituição e no Festival de Arte e Cultura.

Cinema é uma de minhas paixões! Pesquiso e escrevo, principalmente sobre cinema fantástico, de horror e representação e representatividade de pessoas negras.Publico textos nos veículos Clube da Poltrona, Music Non Stop e sou corredatora do site Longa História.

___

Serviço:

LANÇAMENTO DO LIVRO “HISTÓRIAS PARA FAZER SOFIA DORMIR”

Data: 20/12/2020

Editora: Atafona

Pré-venda disponível no site: www.editoraatafona.net

Valor promocional: R$38,00

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here