Maior nome da gastronomia mineira é reverenciado em novo gastrobar de Ouro Fino

0
129

Novo representante da cozinha mineira contemporânea, o Observatório Gastrobar e Café abriu oficialmente suas portas neste mês de dezembro em Ouro Fino, Minas Gerais. Localizado na região central da cidade (cerca de 3 horas da capital paulista), num amplo e sofisticado imóvel, o espaço apresenta ousadas versões de clássicos da gastronomia mineira, e ainda reverencia um dos nomes mais importantes da cozinha brasileira, a chef Benê Ricardo.

Com uma decoração que trafega entre o moderno e o rústico, a casa tem cores inspiradas na bandeira de Ouro Fino, e faz uma imersão pela história da cidade que remete ao principal produto agrícola da região, o café. Sempre fui um apreciador da boa comida, de um bom drink, e Ouro Fino era uma cidade carente de bons espaços gastronômicos – conta Neuber Fischer, sócio do Observatório Gastrobar e Café – Meu sonho era trazer para cá, um pouco do que conheci em São Paulo e em outras capitais do mundo, então, neste ano surgiu a oportunidade de abrir a casa, um empreendimento que une um ambiente descontraído e os bons drinks de um bar, com o aconchego e qualidade de um restaurante de alta gastronomia.

Sem perder de vista a tradição da cozinha mineira, e valorizando os produtos regionais e locais, a casa reinterpreta pratos clássicos como Tropeiro (Trouxa de couve recheada com feijão tropeiro, ovo mollet empanado, linguiça caipira e milho assado – $ 40,00); Vaca Atolada (Costela de vaca com mandioca, farofa, arroz branco e vinagrete – $ 35,00); Pururuca (Panceta de rolo à pururuca com tutu de feijão e banana frita – $ 35,00) entre outras opções. A sortida seleção de porções do Observatório revela o gosto por experimentações, os destaques ficam com os bolinhos de Leitoa, Vaca Atolada e Tutu de Feijão. Aos fãs dos doces mineiros, o local proporciona um generoso menu degustação de guloseimas típicas como: Doce de leite, Pé de moleque, Cocadas branca e queimada, Doce de abóbora, Banana cristalizada entre outros.

Com a preocupação de proporcionar ao público Ourofinense e turistas experiências que fujam da obviedade, mas que respeitem a essência da gastronomia mineira, a casa surpreende com as duas maiores especialidades da chef Benê Ricardo, e fielmente apresentados aos clientes pelas mãos do Chef Rafael Alexandre, são eles: Arroz ao forno (Arroz branco, milho, ervilha, cenoura, batata, palmito, tomate, frango e muçarela – R$ 30,00) e o memorável Cuscuz (Farinha de milho, sardinha, milho, ervilha, ovos, tomate com repolho roxo refogado e linguiça caipira – $ 30,00). Ao buscar mais conhecimento sobre gastronomia eu fiz uma agradável descoberta: Benê Ricardo, a primeira mulher a ser diplomada em gastronomia no Brasil é natural de Ouro Fino – Conta Fischer – Fez carreira em São Paulo e deixou sua marca na cozinha brasileira. Foi então que decidi homenageá-la em dois pratos, para difundir o nome dela e sua história, para pessoas que assim como eu, seu conterrâneo, não a conhecia – Finaliza o gestor.

O Observatório ainda apresenta um menu generoso e sedutor para o café da manhã com mais de 50 opções. Balanceado e com produtos de alta qualidade o cardápio conta com saladas, frios, pães, bolos, crepes, bebidas quentes e frias e uma variedade de tapiocas.

Observatório Gastrobar e Café

Rua 13 de maio, 535, Ouro Fino MG.

Fone: (035) 3181-0215

Seg a dom: 07h às 24h

Café da manhã – 07h às 11h

Almoço: 11h às 15h

Happy Hour: 16h às 24h

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here