Sem recesso, Câmara de Fabriciano aprecia vetos

0
195

Fabriciano – O mês de julho antes era recesso parlamentar na Câmara Municipal de Coronel Fabriciano. Mas ontem (terça- 11) os vereadores estavam reunidos em sessão ordinária. Graças a uma resolução defendida pelo vereador Marcos da Luz (PT), na legislatura passada, que pôs fim a estas “férias” dos vereadores no meio do ano.

Na pauta da reunião, uma série de proposições dos próprios parlamentares e cinco vetos do Executivo. Entre os vetos, um era ao Projeto de Lei nº 2763/2017, de iniciativa do petista, que impõe regras mais rígidas para a realização de feiras itinerantes intermunicipais na cidade, atendendo pleito dos comerciantes locais.

Após um debate acalorado, com a possibilidade de sua rejeição pelo plenário, o veto foi retirado da ordem do dia pela mesa diretora. Recentemente, matéria similar foi aprovada e sancionada em Ipatinga. “O debate e a diversidade de entendimentos são naturais em um órgão colegiado. Espero que a Câmara ouça as partes interessadas, antes de apreciar o veto”, disse Marcos da Luz. Os outros vetos foram todos mantidos, com o voto contrário do oposicionista.

Fiscalização

“O fim do recesso em julho permite esta atuação mais intensa do Legislativo e favorece uma maior fiscalização dos atos do Executivo. O momento exige de nós políticos muita seriedade e responsabilidade, e é nesse contexto que deve se inserir a nossa Câmara, no cumprimento de suas funções, sem submissão ou subserviência”, frisou o vereador, para quem o Legislativo tem o importante papel de promover o debate franco de ideias em busca do interesse público.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here