Com a liberação de recursos, combate ao Aedes será reforçado

0
628

Fabriciano – Ontem (sexta-30), após a aprovação pelo Legislativo dos Projetos de Lei nº 2.680 e 2.681/2016 do Executivo, que liberam recursos para o combate ao Aedes aegypti em Fabriciano, o vereador Marcos da Luz (PT) pediu que a população ajude no combate ao mosquito, transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus.

O município tem um dos maiores números de casos notificados de dengue na região (740 até o dia 26). E o principal foco do mosquito continua sendo as residências, em torno de 80%. “As pessoas precisam se conscientizar de que não podem deixar água parada, porque é ali que o mosquito se prolifera”, lembrou. “Por maior que seja o esforço do governo e das equipes de endemia, o combate só será vitorioso se a população toda se engajar”, ressaltou o parlamentar.

Ele destacou que, com os créditos adicionais, oriundos do Estado e da União, no montante de R$ 336,3 mil, o município irá implantar uma Unidade de Hidratação anexa ao Hospital São Camilo, para os casos mais graves, além de promover a contratação de médicos e enfermeiros, aquisição de insumos e serviços.

Da Luz elogiou a atuação dos agentes sanitários no combate ao mosquito Aedes aegypti, afirmando que o trabalho desenvolvido por eles é de extrema relevância. Mas cobrou da Prefeitura uma ação mais enérgica para fiscalizar e punir, com base na Lei nº 3.462/2008, quem mantém em sua propriedade ambientes favoráveis para a proliferação do mosquito.

Serviço
Em Fabriciano, a população pode denunciar pontos de focos de dengue pelos telefones 3846-7614 ou 0800-283-7794

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here