Quase 40% dos adultos convivem com varizes, alerta pesquisa

0
111

Especialista comenta cinco formas de evitar a
doença e manter a saúde vascular em dia

O surgimento das varizes pode incomodar muita gente, principalmente pela estética. Porém, a doença pode atrapalhar muito mais que isso e ser um risco para a saúde. Quando não tratada, o problema afeta a circulação e provoca riscos para a saúde das veias e coração, ocasionando complicações graves.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV), cerca de 38% dos brasileiros possuem a doença. Segundo Guilherme Jonas, médico angiologista, esse dado causa preocupação nos especialistas já que um grande número de pessoas não procuram tratamento adequado. “Existem diversos fatores relacionados ao surgimento das varizes. Além disso, ela pode se desenvolver de forma diferente em cada paciente, ocasionando sintomas mais leves ou pesados dependendo da situação. Portanto, para encontrar o melhor tratamento e evitar um quadro mais grave, é preciso investigar as causas do problema e seguir corretamente as recomendações médicas”, orienta.

Cuidados

A varizes podem surgir devido a hereditariedade, hormônios, gestação e hábitos adquiridos ao longo da vida. Guilherme Jonas ressalta que a melhor forma de evitar riscos é com a prevenção, seja para quem possui predisposição genética ou não. Para entender quais os melhores hábitos, o angiologista separou uma lista de dicas. Confira:

Exercicíos – ficar longe do sedentarismo é a melhor forma de evitar as varizes. Manter as pernas em movimento auxilia na circulação e evita a formação de coágulos sanguíneos. Mesmo em casa, no período de isolamento social, continue movimentando as pernas.

Dieta balanceada – outro hábito que sempre ajuda em qualquer parte do organismo e na prevenção de doenças é manter uma alimentação saudável. Não se esqueça de sempre manter a hidratação e investir em frutas, legumes, além de alimentos frescos.

Evite o sobrepeso – a obesidade pode ser uma porta de entrada para diversas doenças, além de ser responsável por aumentar a pressão em diversos membros, como a perna.

Anticoncepcionais – esses medicamentos, quando consumidos em excesso ou sem prescrição médica, podem causar muitos efeitos colaterais, principalmente relacionado a saúde vascular. Portanto, não esqueça de consultar um especialista antes de inseri-los no dia-a-dia.

Busque um profissional – mesmo antes de apresentar qualquer sintoma, a visita frequente ao médico pode evitar que as varizes se desenvolvam. Além disso, apenas após avaliação profissional, será possível identificar as reais necessidade do seu organismo e a melhor forma de realizar os tratamentos.

Fonte: Guilherme Jonas, médico angiologista e cirurgião vascular, especialista em cirurgia vascular pela SBACV (Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular). CRMMG 44020, RQE 28561, 37143. Diretor técnico da clínica Angiomais em Belo Horizonte MG.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here