SLU entra na folia com Bloco Reciclado e convidados

0
182

O primeiro cortejo de Carnaval sustentável do planeta, que é voltado para o fortalecimento do amor ao próximo e o respeito à natureza, uniu-se à Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) para despertar os foliões para a consciência ambiental. Ao todo, cerca de 200 garis irão desfilar ao lado dos integrantes do Bloco Reciclado na próxima quinta-feira, dia 8 de fevereiro. A concentração começa às 14h, na avenida do Contorno, 10.660, esquina com Rua Paracatu, no Barro Preto, debaixo do Viaduto Dona Helena Greco, antigo Elevado Castelo Branco. O aquecimento contará com uma oficina para confecção de fantasias, alegorias e instrumentos musicais feitos de materiais recicláveis. Às 19h, a folia segue em direção à Praça Raul Soares, no Centro.

Produtor-executivo do bloco que surgiu em 2017, Daniel Bevilacqua relata que o cortejo propõe a democratização de estilos, reunindo jovens talentos, entre eles, catadores de materiais recicláveis, rappers e outros artistas, profissionais da limpeza urbana, e até mesmo pessoas que moram nas ruas. “O Carnaval é uma festa inclusiva em que todos podem e devem contribuir com alegria e muito brilho. Mas, tão importante quanto extravasar a felicidade, é aproveitar o momento para repensar algumas de nossas atitudes”, observa.

Daniel cita como exemplo o rastro de sujeira que costuma ser deixado para trás após a passagem dos blocos. “Que mensagem estamos transmitindo ao mundo? De cidadania ou de descaso com o planeta? E as equipes que cuidam da limpeza? Os garis são os únicos que devem recolher o lixo produzido durante a festa ou cada folião também pode ajudar?”, questiona. “Nosso grito de Carnaval é pelo bem-estar, pelo respeito ao ser humano e pelo estímulo ao consumo consciente”, conclui.

A diretora Operacional da SLU, Andréa Pereira Fróes, comemora o fato de os garis se tornarem protagonistas do evento. “Nossos profissionais já são reconhecidos e bem-avaliados atuando nos bastidores da folia, agora eles estarão na comissão de frente, contagiando todo mundo com empolgação e ritmo”, garante. Uma novidade do cortejo é que o som que irá animar o desfile será transportado em uma bicicleta, o chamado Trio Bike Elétrico Solar. Entre os apoiadores da iniciativa, estão os blocos Rei, Soviético, da Papuda, Gay, Anjos do Céu, Bartucada de Diamantina, além da cooperativa Asmare de catadores de recicláveis, do Coletivo Lixo Zero e do radialista Tutti Maravilha.

Os organizadores do Bloco Reciclado pedem aos participantes que levem garrafas PET e outros recicláveis para interagirem com os integrantes da oficina, durante a confecção dos instrumentos que darão brilho ao desfile. “É um convite a outros blocos, organizações, escolas, coletivos, moradores e turistas para fortalecer esse sentimento de sustentabilidade e cuidado com o meio ambiente”, enfatiza Daniel Bevilacqua.

O bloco

O Bloco Reciclado tem como propósito praticar a inclusão social e a consciência ambiental por meio das artes, com muita música e circo. É a segunda vez que o grupo se apresenta nas ruas de Belo Horizonte. “Recicle amor ao próximo e à natureza, jogue lixo no lixo!”, essa é nossa mensagem, explica o fundador do bloco que é designer, sambista e arte-educador, Leo Piló.

O bloco reutiliza materiais recicláveis em instrumentos de arte como bonecos gigantes, fantasias de resíduos descartados e outros objetos convencionais e inusitados. É o pioneiro com a temática voltada para o fortalecimento de valores ambientais, culturais, musicais, teatrais e populares. “Viemos para resgatar antigos carnavais de rua e promover ideias por meio da sustentabilidade”, orgulha-se Leo Piló.

Programação

Dia 8/2, quinta-feira

Às 14h – A concentração será em frente à Asmare, na avenida do Contorno, 10.660, esquina com rua Paracatu, Barro Preto (debaixo do Viaduto Dona Helena Greco). Oficinas com recicláveis para confecção de máscaras, instrumentos, fantasias, chapéus, adereços e bonecos. Participação do DJ Xavier.
Às 15h – Desfile de alegorias, bicicletas e carrinhos com a participação de artistas de rua.
Às 15h30 – Ensaio com aquecimento dos tamborins, caixas, tambores e instrumentos diversos.
Às 16h – Ala Maria, Maria – Grupo Dança.
Às 16h30 – Apresentação do DJ Xavier.
Às 17h – Ensaio geral para o arrastão do bloco.
Às 19h – Saída do cortejo sustentável com Banda Bloco Reciclado, garis da SLU e artistas de rua.
Às 19h30 – Encontro de bonecos e paradinha no Mercado Central.
Às 20h – Parada na Praça Raul Soares.
Às 21h – Dispersão dos foliões.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here