Palácio das Artes: espetáculo que discute a relação do trabalho nos dias atuais entra em cartaz

0
54
As apresentações serão realizadas no Teatro João Ceschiatti de 17 a 19 de julho, às 20h; os ingressos estão à venda no site Ingresso Rápido
Na próxima semana a Companhia Candongas volta a cartaz em uma curta temporada do espetáculo Sísifos. As apresentações serão realizadas no Teatro João Ceschiatti no Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537, Centro) de 17 a 19 de julho, às 20h. Os ingressos estão à venda na bilheteria do Palácio e em www.ingressorapido.com.br.

Sísifos tem dramaturgia elaborada por Guilherme Théo e Gustavo Bartolozzi a partir de pesquisa realizada sobre o Teatro do Absurdo. A direção é assinada por Cláudia Henrique, também integrante do grupo, e o elenco é formado por Gustavo Bartolozzi e Wesley Simões. Com este espetáculo, o grupo ampliou o seu campo de estudos após a conclusão de uma pesquisa de cinco anos sobre o universo do Teatro do Absurdo, na qual mergulhou no estilo dramatúrgico de seus autores mais expoentes, como Samuel Beckett, Eugene Ionesco, entre outros. No processo de desenvolvimento dramatúrgico, a montagem encontra ponto de interseção nas obras “O Mito de Sísifo”, do filósofo francês Albert Camus, e no “Mito da Caverna”, de Platão, além do livro “1984”, de George Orwell.

A questão principal da montagem é trazer ao público a possibilidade de refletir sobre sua condição humana e social, sua presença em seu meio, seu papel de cidadão e sua busca pela felicidade. O ponto de partida da dramaturgia é o paralelo entre a relação “vida x trabalho” que estabelecemos no mundo contemporâneo e o imaginário em torno de Sísifo, personagem da mitologia grega que, por enganar os deuses, é castigado com o trabalho eterno e repetitivo de carregar um rochedo até o cume de uma montanha. Em cena, dois personagens refletem sobre sua relação com o poder e a felicidade, enquanto trabalham carregando suas pedras diárias.

As apresentações no Teatro João Ceschiatti serão realizadas por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais com patrocínio da Cemig e Governo do Estado de Minas Gerais. O projeto é apoiado pela Pessoa. Agência de Relações Públicas, Sidmusi MG, Sindipetro, Sindágua MG, SINDIFES, Sindicato dos Jornalistas Profissional de Minas Gerais, Sindieletro MG, SATED/MG, Fundação Clóvis Salgado e Governo do Estado de Minas Gerais.

Convênio com os sindicatos

A curta temporada de Sísifos no Teatro João Ceschiatti conta com a parceria de seis sindicatos. Os profissionais sindicalizados têm desconto de 40% ao comprar o ingresso do espetáculo. Na portaria do teatro é necessário que o profissional comprove o vínculo sindical apresentando a carteira de sindicalização.

A parceria entre os sindicatos e a Cia. Candongas visa facilitar e ampliar o acesso dos trabalhadores às produções culturais da cidade. “O espetáculo reflete sobre a condição humana e social. Ele também propõe que o espectador faça uma reflexão sobre qual a verdadeira relação do homem com o trabalho. Por isso, é importante a presença dos trabalhadores na plateia. Além de incluir e incentivar a participação dessas pessoas na agenda cultural da cidade, essa parceria também mostra como a arte pode ser transformadora ao convidar o público para fazer uma reflexão necessária e atual”, conta o ator e dramaturgo Gustavo Bartolozzi, gestor da Cia Candongas.

Homenagem a Marcelo Xavier

O multiartista Marcelo Xavier será homenageado pela Cia. Candongas nesta curta temporada de Sísifos. Em 1995, Xavier conheceu o Candongas no projeto Usina de Teatro e em 1998 convidou o grupo para montar “Mitos – O Folclore do Mestre André”, adaptação de seu livro infantil ilustrado. O espetáculo estreou em outubro de 99 no museu Abílio Barreto e inaugurou uma longeva e vitoriosa parceria. A homenagem será realizada um dia antes da estreia da temporada em uma cerimônia para convidados no João Ceschiatti.

Cia. Candongas

Desde sua fundação em 1994, a Companhia Candongas dedica-se a estudar o teatro em suas múltiplas formas e manifestações. Seu principal objetivo é utilizar as artes cênicas como uma forma de expressão da cultura e do imaginário coletivo do homem, valorizando a cultural popular, em especial, a brasileira. Seus trabalhos trazem a forte marca de um teatro aberto, que busca um contato mais intenso com os espectadores.

Serviço

Companhia Candongas em Sísifos

Data: de 17 a 19 de julho, quarta a sexta

Horário: 20h

Local: Teatro João Ceschiatti no Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537, Centro)

Ingressos: R$ 20,00 (inteira), R$ 10,00 (meia) e R$ 12,00 (Sindicatos conveniados)

Patrocínio: Cemig e Governo do Estado de Minas Gerais

Apoiadores: Pessoa. Agência de Relações Públicas, Sidmusi MG, Sindipetro, Sindágua MG, SINDIFES, Sindicato dos Jornalistas Profissional de Minas Gerais, Sindieletro MG, SATED/MG, Fundação Clóvis Salgado e Governo do Estado de Minas Gerais

Informações: www.ciacandongas.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here