Orquestra de Câmara de Ouro Branco realiza apresentações em Belo Horizonte e Ouro Preto

0
966

A Orquestra de Câmara de Ouro Branco trás para Belo Horizonte e Ouro Preto, no dia 3 de julho, mais duas apresentações da série de concertos que realiza por Minas Gerais, no Circuito Cultural 2016. O grupo pertencente à Casa de Música de Ouro Branco, iniciativa apoiada pela Gerdau, se apresentará gratuitamente às 11h, no MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal, em Belo Horizonte, e às 17h, na Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, em Ouro Preto.

Com regência de Marcos Silva Santos, a Orquestra de Câmara de Ouro Branco escolheu um repertório diversificado que contempla quatro compositores. Dois deles, brasileiros: Guerra Peixe (1914-1993) e Alberto Nepomuceno (1864 – 1920).  De Guerra Peixe, a orquestra toca Mourão, composta enquanto ele integrava o movimento Armorial de Pernambuco. Fundada por Ariano Suassuna, a iniciativa buscava construir uma música erudita tipicamente nordestina.

Já a de Alberto Nepomuceno, o grupo executará Adágio para Cordas e Serenata para Cordas. Nepomuceno foi um dos primeiros compositores brasileiros a ir para a Europa, onde estudou com professores importantes e conviveu com Claude Debussy, Edvard Grieg, entre outros.  “As pessoas marcam muito o caráter nacionalista da obra de Nepomuceno, mas ele é também um compositor cosmopolita. Além disso, é muito importante para o canto brasileiro, já que escreveu óperas e canções com texto em português”, explica o regente Marcos Silva Santos.

As outras duas obras escolhidas são Sonata a Quattro No. 3 in C major, do italiano Gioachino Rossini (1792 – 1868) eSimple Symphony, Op. 4, do britânico Benjamin Britten (1913 – 1976).  De acordo com Marcos, Rossini compôs a peça aos 12 anos de idade. “A obra instrumental de Rossini é pequena se comparada a sua produção de óperas – como O Barbeiro de Sevilha –  e de música sacra. No entanto, ele tem peças como a que vamos tocar que mostram todo o seu brilhantismo.  Nos escritos que deixou, ele já mais velho fala dessa obra com certo desprezo. Porém, nunca jogou a partitura fora e constantemente a revisava”, relata o regente.

 

Orquestra de Câmara de Ouro Branco

Criada em 2001, a Orquestra de Câmara de Ouro Branco é formada por cerca de 20 alunos das oficinas de instrumentos da Casa de Música de Ouro Branco. Desde então, vem realizando diversos concertos em Ouro Branco e nas cidades da Estrada Real, dentro do Projeto Circuito Cultural, com o patrocínio da Gerdau, por meio das Leis Federal e Estadual de Incentivo à Cultura.

Um dos objetivos da Orquestra jovem é valorizar e incentivar a composição contemporânea de música erudita. Em 2005, a Orquestra estreou as primeiras obras comissionadas, escritas pelos compositores Calimério Soares, Carlos Alberto Pinto Fonseca, Ernani Aguiar, Ronaldo Cadeu e Oiliam Lanna. Em 2007, outras três obras foram estreadas. As obras foram compostas por Rufo Herrera, Avelar Jr. e Nelson Salomé. A Orquestra de Câmara de Ouro Branco tem como regente titular o Maestro Charles Roussin.

Casa de Música de Ouro Branco

A Casa de Música foi criada em 2001 por um grupo de professores e pais de alunos. A entidade tem como principais objetivos promover a difusão e a divulgação do acesso à música, criar alternativas de inserção e incentivar o intercâmbio cultural e a carreira de jovens músicos.

Em 2015 a Casa de Música de Ouro Branco, projeto que conta com o patrocínio da Gerdau por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, atendeu mais de 200 alunos que participaram de concertos, festivais e recitais em Ouro Branco e outras cidades de Minas Gerais.

Sobre a Gerdau

A Gerdau é líder no segmento de aços longos nas Américas e uma das principais fornecedoras de aços especiais do mundo. No Brasil, também produz aços planos e minério de ferro, atividades que estão ampliando o mix de produtos oferecidos ao mercado e a competitividade das operações. Além disso, é a maior recicladora da América Latina e, no mundo, transforma, milhões de toneladas de sucata em aço, reforçando seu compromisso com o desenvolvimento sustentável das regiões onde atua. As ações das empresas Gerdau estão listadas nas bolsas de valores de São Paulo, Nova Iorque e Madri.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here