Murilo Santiago em Sambas e Outras Bossas

0
175

O cantor e compositor se apresenta na Ideia Casa de Cultura com Thiago Nunnes e Christiano Caldas

 

Um mineiro muito à vontade no samba, na música popular moderna e no baião, entre outros ritmos brasileiros, o cantor e compositor Murilo Santiago se apresenta no dia 26 de outubro às 20 horas na Idea Casa de Cultura (Rua Bernardo Guimarães 1.200 – Funcionários Belo Horizonte).

O repertório do show será uma seleção de canções inéditas e outras gravadas por ele nos discos “Tempo pra Canção” (2007), produzido por Wolf Borges e Omar Fontes, “O Mundo É Cada Um” (2014) e “Cada Um É o Mundo” (2018), ambos com produção musical de Thiago Nunnes. No palco, ele estará acompanhado pelos músicos Christiano Caldas e Thiago Nunnes.

Sobre Murilo Santiago

Alguns talentos florescem na juventude e vão se desenvolvendo ao longo do tempo; outros surgem já amadurecidos, com uma obra já elaborada, definida, em processo de lapidação. Nesta segunda modalidade podemos inscrever o belo-horizontino Murilo Santiago, que só recentemente resolveu colocar à prova suas qualidades como compositor e cantor. Advogado de profissão, Murilo iniciou-se na carreira musical há pouco mais de uma década, a princípio escrevendo canções para oferecer a outros intérpretes. E desde o início, revelou-se um criador versátil: um mineiro muito à vontade no samba, no baião e outros ritmos brasileiros, além das várias modalidades da nossa canção popular e do jazz. Essa versatilidade está evidenciada nos três discos lançados por ele de forma independente: “Tempo pra Canção” (2007), produção de Wolf Borges e Omar Fontes, e que contou com participação de Lucinha Lins, Gilson Peranzzetta, Flávio Fontenelle, Ladston do Nascimento e o Grupo Nós e Voz, entre outros; “O Mundo É Cada Um” (2014), com produção musical de Thiago Nunnes e presenças de Toninho Ferragutti, Toninho Horta e Vander Lee; e “Cada Um É o Mundo” (2018), no qual se encarrega da voz principal, ainda que conte com outros intérpretes, como Sérgio Santos (em “Lumbago”) Mila Conde e Elisa Paraíso (“Sal e Pimenta”).

“Eu sou primeiramente compositor. Cantor, pra mim, é Frank Sinatra”, brinca Murilo, aferindo suas habilidades. Mas é fato que ele está aperfeiçoando sua técnica vocal, com o cantor Anthonio, e incluindo uma ou outra composição de outros autores (Cartola e Chico Buarque) em seu repertório de shows, no sentido de apurar seus modos de intérprete. “O trabalho com o Anthonio está sendo muito bom, me preparando melhor para enfrentar o palco. Se o estúdio é uma fortaleza, te dá segurança, o palco é como uma arena”, avalia.

Assista:

 

Idea Casa de Cultura recebe Murilo Santiago. Dia 26 de outubro, sábado, às 20 horas. A Idea Casa de Cultura fica à rua Bernardo Guimarães, 1.200 – Funcionários – Belo Horizonte (telefone: 3309-1518). Ingressos: R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia). Ingressos antecipados: www.sympla.com.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here