Lumiar Festival Interamericano de Cinema Universitário começa dia 3/11

0
439
Processed with VSCO with preset

Entre os destaques da 7ª edição do evento, estão os debates sobre assédio e poder, com as jornalistas do The Intercept Brasil, e sobre produção teatral, com Gilberto Scarpa e Inês Peixoto

 

Uma boa notícia para quem curte cinema. O Lumiar 7º Festival Interamericano de Cinema Universitário acontece de 3 a 9 de novembro, totalmente online, com transmissão pelo Looke e pelo youtube. Promovido pelo curso de Cinema e Audiovisual do Centro Universitário Una, essa edição traz o tema Estado de contingência.

O Lumiar se caracteriza por ser um espaço de exibição e reflexão sobre a produção cinematográfica universitária das Américas. E isso não mudou. São 43 curtas-metragens e um longa, produzidos entre 2019 e 2020, vindos de diferentes países como Argentina, Brasil, Colômbia, Cuba, México e Peru.

Sobre o tema, “contingência é a dúvida quanto à possibilidade de algo acontecer ou não, aquilo que é possível, porém incerto. Nem necessariamente falsa, nem necessariamente verdadeira, a contingência indica que algo poderia ter sido outra coisa. Viver em estado de contingência é estar imersa na incerteza, mas nunca na impossibilidade. Como o audiovisual responde a esse estado? Construindo algo que não é necessário, nem impossível, algo que poderia ser outro, caso o estado não fosse de contingência. Reagindo a circunstâncias que mudam vertiginosamente. Capturando o incerto. Libertando o acidente. As obras aqui incluídas encaram esse estado com o vigor da invenção, desafiando as especificidades das linguagens. Por um lado, a contingência do isolamento e os desafios que essa limitação espacial/temporal impõe à criação. Por outro lado, a trama entre cinema e teatro, gestos criativos que evidenciam a ‘impropriedade’ das expressões artísticas. É, pois, tateando as bordas da incerteza nesse Estado de Contingência que mergulhamos nessa edição do Lumiar”, assina a curadoria.

Na sessão de abertura, que acontece na terça-feira (3/11), às 19h30, será exibido ao vivo o filme Looping, do ex-aluno da Una Maick Hannder (MG, 2019), seguido da live musical com o mineiro Arthur Melo.

Um dos destaques da programação é o Debate Assédio e estruturas de poder na curadoria de festivais, que acontece na quarta-feira (4/11), às 18h, com as participações das jornalistas Nayara Felizardo e Schirlei Alves, do The Intercept Brasil, e as coordenadoras de festivais e curadoras Amaranta César, do CachoeiraDoc (BA), Ana Siqueira, do Festcurtas BH (MG), Marilha Naccari, do FAM (SC). A mediação é da curadora Joana Oliveira.

Para discutir os novos arranjos de produções audiovisuais terá a Mesa Produções em confinamento, que acontece no sábado (7/11), às 19h30, com as participações dos realizadores Gabriel Martins (MG), Germano Melo (MG), Ricardo Alves Jr. (MG) e Safira Moreira (BA). A mediação é da curadora Ramayana Lira.

Uma conversa sobre as produções teatrais também está na pauta do Lumiar. No domingo (8/11), às 19h30, acontece a Mesa Teatro e Cinema: diálogos na quarentena, com os diretores do projeto de websérie #Quarentemas Gilberto Scarpa (MG) e Inês Peixoto (MG). A mediação é da curadora Tatiana Carvalho Costa.

Entre os curtas temos diversas produções universitárias distribuídas em Mostra Competitiva Interamericana (com cinco sessões e que terá premiação do Júri Oficial), Mostra Paralela (duas sessões) e Mostra Especial – Filmes no isolamento.

Em Produção em confinamento, será apresentado o curta Coisas úteis e agradáveis, de Germano Melo e Ricardo Alves Jr. Na Pré-estreia estrangeira, terá o longa-metragem argentino La protagonista, de Clara Picasso. A roteirista e diretora argentina Clara Picasso ainda participa mais duas vezes do Lumiar. Na sexta-feira (6/11), às 9h30, ela e sua parceira na empresa de consultoria de roteiros, Eugenia Ratcliffe, conduzem a Masterclass Desarrollo de Guión (com inscrições prévias).

No sábado (7/11), às 17h, acontece o Bate-papo Pré-estreia estrangeira – La Protagonista, com Clara Picasso (diretora) e Rosario Varela (atriz). Ambas atividades têm mediação da curadora Joana Oliveira e tradução simultânea.

No último dia do Lumiar, segunda-feira (9/11), às 20h, acontece a Sessão de Encerramento, com o anúncio do Prêmio do Júri Oficial da Mostra Competitiva Interamericana e a Live musical, com a artista pop belorizontina Lua Zanella.

Todos os filmes ficam disponíveis para visualização, durante os dias do festival, na plataforma Looke, em www.looke.com/lumiarfestival. As demais atividades serão transmitidas ao vivo pelo youtube, no canal do Centro Universitário Una.

Toda a programação do Lumiar pode ser conferida em www.una.br/lumiarfestival.

Serviço:

Lumiar 7º Festival Interamericano de Cinema Universitário | Estado de contingência

De 3 a 9 de novembro | Online e gratuito

Canais de comunicação:

una.br/lumiarfestival | facebook.com/lumiarFestivalUniversitario | instagram.com/lumiarfestival | looke.com/lumiarfestival

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here