Desigualdade de direitos: Em Ipatinga, mesmo com o aumento de número de casos do Covid-19, comércio e feiras de rua permanecem abertas enquanto shoppings estão fechados

0
96

Atualmente, em Ipatinga, cidade que não aderiu ao Minas Consciente, 83% dos leitos de UTI destinados ao tratamento de Covid-19 estão ocupados, assim como 89% das vagas de enfermarias. Com esta situação, o munícipio deverá antecipar a instalação do hospital de campanha na Escola Estadual Canuta Rosa de Oliveira Barbosa.

Mesmo com esta situação, o comércio de rua e feiras continuam funcionando enquanto os shoppings permanecem fechados, situações que fez com que representantes dos empreendimentos que seguem em desvantagem, se manifestem.

Rafael Martinez, Gerente Geral do Shopping Vale do Aço, um dos estabelecimentos prejudicados afirma: Não somos especialistas em saúde e não sabemos dizer a hora certa de abrir. O que queremos realmente são direitos iguais. A partir do momento em que o comércio de rua e feiras livres estão funcionando, não faz nenhum sentido o shopping estar fechado. Em pelo menos 6 cidades mineiras os shoppings centers estão abertos. Para os munícipios que não aderiram ao Minas Consciente, resta ser esclarecido em todo o Estado de Minas Gerais a autonomia legislativa dos municípios para definirem assuntos de interesse do comércio local frente à Deliberação nº 17 do Comitê Extraordinário COVID-19 do Estado de Minas Gerais, que veda a abertura dos Shopping Center neste momento, haja vista que, se tal deliberação efetivamente possuir caráter obrigatório, deve ser aplicada de modo uniforme em todo o Estado para não criar situações díspares entre comerciantes em situações idênticas”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here