EVENTO GRATUITO E ABERTO AO PÚBLICO CELEBRA E DEBATE A CULTURA MAKER

0
104

Promovido pela Casa Fundamental, Festival será dividido em duas partes: a primeira na Praça Manoel de Barros com música, feira e apresentações gratuitas. E workshop com palestras e debates que dialogam com a temática maker, educação e tecnologia.

Celebrar o movimento maker, debater como ele se dá no contexto da educação e ainda conhecer os principais makers de Belo Horizonte. Esta é a proposta do “Maker Day: somos todos maker” que acontece na capital mineira no próximo dia 1º de setembro, das 10h às 16h, no bairro Castelo. Idealizado e promovido pela escola Casa Fundamental, o evento será realizado em dois espaços, na Escola (R. Castelo de Lisboa, 392, Castelo) e também na Praça Manoel de Barros, que fica a 100 metros da entrada da Instituição.”Queremos celebrar a capacidade de pensar com sabedoria, agir criativamente e de compartilhar generosamente”, destaca Maria Carolina Mariano, diretora de inovação da Casa Fundamental.

A programação terá início pela manhã na Praça Manoel de Barros, no bairro Castelo, onde será montado um palco que receberá show musical, apresentação de robôs autônomos da Trincabotz e intervenções dos alunos da Casa Fundamental. Entre os destaques da programação: venda de produtos com lucro revertido em doação para o Santuário de Elefante Brasil e seus projetos em prol da manutenção da vida natural dos elefantes. “A proposta da Tenda com os trabalhos dos nossos alunos é que os participantes do workshop sejam imersos em um universo lúdico de muito aprendizado, consciência ambiental, makerativismo e tecnologia”, destaca Maria Carolina.

A praça também será o local para o lançamento da campanha para proteção dos elefantes africanos #CasaElefanteConta. A Manoel de Barros também terá uma área gourmet com os foodtrucks Tá Com Tudo, Rota dos Sabores e TikiBike. A programação também terma ma edição especial da Feira Fresca, com a venda de alimentos feitos por produtores de BH. O Maker Day da Casa Fundamental também terá um espaço exclusivo para produtores locais apresentarem suas criações na Feira Maker.

Para a Casa Fundamental o aprendizado passa pela experiência e, também, resultado do processo de fazer, construir e criar nossas próprias teorias. “Somos seres naturalmente criadores, exploradores e pensadores inovadores. Nós não apenas consumimos, nós também podemos criar. É da nossa natureza como indivíduos reunir os materiais à nossa volta e transformá-los em coisas completamente novas. Isso é ser maker e é isso que o Movimento Maker traz em sua raiz”, destaca Maria Carolina Mariana, diretora de inovação da Casa Fundamental.

No período da tarde, as atividades serão realizadas na sede da escola. As palestras especiais dialogam com a temática do Maker Day, educação e tecnologia. A primeira palestra será “Por que eu deveria ser um Educador Maker” com a diretora de inovação da Casa Fundamental Maria Carolina Mariano, às 12h. Na sequência, às 13h, é vez deHavilah Lucas, cofundadorda FuzzyMaker, debater sobre “STEAMWorkers – os profissionais do futuro”. A Fuzzy trabalha com a metodologia STEAM (Science, Technology, Engineering, Art, Mathematics) e acredita que essa metodologia será o futuro da educação. A proposta deles é levar educação STEAM e a cultura Maker para crianças, desenvolvendo as competências do futuro.

Às 14h20 Fred Paulino, da Gambiologia, apresenta a palestra “Gambiologia: gambiarras eletrônicas na arte”. Fred é artista audiovisual, designer e pesquisador em arte e tecnologia. Coordena desde 2008 o Coletivo Gambiologia, premiado com menção honrosa no Prix ArsElectronica 2011 (Áustria). Foi idealizador e curador das exposições “Gambiólogos – a Gambiarra nos Tempos do Digital”, realizadas em Belo Horizonte em 2010 e 2014. É editor da “Facta – Revista de Gambiologia”

Encerrando a programação do Maker Day, às 15h, a Casa Fundamental recebe Ronaldo Gazel com a palestra “Realidade Extendida e as Profissões do Futuro”. Gazel é CreativeTechnologist nas startups Kriativar e Bibimbap, onde desenvolve protótipos e experiências interativas em realidade mista. Como produtor de jogos e aplicativos já atendeu a alguns dos maiores players do mercado nacional (B2B) e também é palestrante e professor, presente em alguns dos mais relevantes eventos sobre tecnologia e comportamento do país, tais como Festival Path, TEDx Mauá, Corporate Startup Summit.

As atividades na Praça Manoel de Barros são gratuitas. Já para para participar das palestras na Casa Fundamental, os ingressos devem ser adquiridos por R$ 12 na plataforma Lets.Events no link https://bit.ly/2LYDSqG

Programação

Praça Manoel de Barros

– Show Musical

– Apresentação de robôs autônomos – Equipe Trincabotz

– Intervenções dos alunos da Casa Fundamental

– Lançamento da campanha para proteção dos elefantes africanos #CadaElefanteConta

Espaço Casa Fundamental

12h – Palestra: Por que eu deveria ser um educador maker? – Palestrante: Maria Carolina, diretora de inovação da Casa Fundamental

13h – Palestra: SteamWorkers, os profissionais do futuro – Palestrante: Havilah Lucas, cofundador da FuzzyMakers

14h20 – Palestra: Gambiologia, gambiarras eletrônicas na arte – Palestrante: Fred Paulino, coordenador do Coletivo Gambiologia

15h – Palestra: Realidade extendida e as profissões do futuro – Palestrante: Ronaldo Gazer, creativetechnologist nas startups Kriativar e Bibimbap

A Casa Fundamental

A Escola Casa Fundamental nasce, em Belo Horizonte, sob o comando de seus jovens fundadores-educadores, os irmãos Maria Carolina, Marina Mariano e Thiago Mariano. Localizada no bairro Castelo, região da Pampulha, a instituição acredita que é seu dever primordial formar cidadãos críticos capazes de analisar, sintetizar, comparar, compreender e, a partir de conclusões, interferir em situações diversas. Garantir a manifestação da essência humana é o princípio da Casa Fundamental e corresponde ao propósito da construção de uma escola de educação básica para crianças da Educação Infantil e Ensino Fundamental. A escola atende crianças a partir de dois anos completos (maternal) até 6 anos e 11 meses (1º ano Fundamental). A implantação das turmas será gradativa, na a ano, até o 9º do Ensino Fundamental.

O espaço que abriga a Casa Fundamental é inovador e diferenciado. Uma intervenção transformou um galpão, antes ocupado por uma indústria, em espaço de aprendizagem. Os arquitetos Marcos Franchini, Gabriel Castro e Pedro Haruf foram os responsáveis pela transformação do espaço. A intervenção manteve a aparência externa de galpão industrial. Porém, alterações significativas foram realizadas na estrutura interna do imóvel. Materiais de vedação foram substituídos por telhas perfuradas e blocos do tipo cobogó, criando aberturas e aumentando áreas de iluminação, foram algumas das intervenções realizadas. No ano passado, o projeto foi vencedor na premiação de arquitetura do Departamento de Minas Gerais do Instituto de Arquitetos do Brasil, na categoria Edifícios para fins Religiosos, Atividades Sociais, Institucionais, Culturais e Educativas.

Serviço

Maker Day Somos todos maker! – Casa Fundamental

Data: 01 de setembro, sábado

Horário: 10h às 16h

Local: Casa Fundamental (R. Castelo de Lisboa, 392, Castelo)

Informações:www.casafundamental.com.br

 

Informação para imprensa e agendamento de entrevistas

Pessoa. Agência de Relações Públicas – (31) 3235-9159

Erika Pessôa – erika@pessoacomunicacao.com.br – (31) 99347-3993

IaçanãWoyames – iacana@pessoacomunicacao.com.br – (31) 99226-8697

Igor Basilio – atendimento3@pessacomunicacao.com.br – (31) 99443-8170

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here