André Sá bate campeões do Australian Open de 2015 e busca o título do Brasil Open, em São Paulo

0
335

Tenista radicado em Blumenau (SC) tenta a segunda conquista no ATP 250 brasileiro neste domingo às 14h

Crédito: Marcelo Zambrana

André Sá (Elemidia/Phoods/Ferraz, Cicarelli & Passold Advogados/Wilson), 57º do mundo e terceiro do Brasil, se classificou, no fim da noite deste sábado, para a decisão do Brasil Open, segundo maior torneio do país, evento ATP 250 com premiação de US$ 455 mil, disputado no saibro.

Ele e o parceiro brasileiro Rogério Dutra Silva derrotaram os italianos Fabio Fognini e Simone Bolelli, campeões do Australian Open de 2015, por 2 sets a 0 com parciais de 6/3 6/2: “Emoção enorme de estar em mais uma final no Brasil Open. Poucas oportunidades de jogar em casa perto da familia e amigos. Realmente especial”, vibrou André que foi campeão em 2008 quando o mesmo evento era jogado na Costa do Sauípe (BA) ao lado de Marcelo Melo.

Sobre a partida, Sá pontuou: “Hoje foi show. Jogamos muito bem nos momentos importantes. Ganhamos os pontos decisivos jogando bem e usamos a energia da torcida a nosso favor”.

Na decisão deste domingo, às 14h, os dois enfrentam o brasileiro Marcelo Demoliner e o neozelandês Marcus Daniel: “Jogo muito duro, os dois estão bem esse ano, será uma final apertada”.

André joga sua primeira decisão do ano e 29ª na carreira onde busca o 11º título. O tenista radicado em Blumenau (SC) desde 2003 possui 10 títulos em 28 finais com currículo de ter sido 17º do mundo na categoria com semifinal de Wimbledon em 2007 e duas quartas de final do US Open, a última ano passado. Em simples fez quartas de Wimbledon em 2002 e alcançou o 55º lugar. Muito atuando nos bastidores, André já foi membro do Conselho dos Jogadores por três vezes onde atuou com Roger Federer.

unnamed

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here